nunofrg

qual é o vosso método de criar uma musica?

57 posts neste tópico

Eu adoro compor... e já tentei de tudo que é jeito. Depois de ter feito dezenas de canções eu reparei que as minhas preferidas são as poucas que saíram sozinhas, sem nenhum tipo de premeditação. Existem ótimas músicas que você poderia compor matematicamente usando todos aqueles métodos teóricos, mas se um dia você chegar a gravar um CD inteiro, vai perceber que a sua canção favorita será justamente aquela que escorreu de você (ou vocês) como resultado inconsciente de todas as suas influências.

 

Depois que tiver gravado manda o link pra gente ouvir como é que a banda tem se saído!

 

Abç!

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Eu adoro compor... e já tentei de tudo que é jeito. Depois de ter feito dezenas de canções eu reparei que as minhas preferidas são as poucas que saíram sozinhas, sem nenhum tipo de premeditação. Existem ótimas músicas que você poderia compor matematicamente usando todos aqueles métodos teóricos, mas se um dia você chegar a gravar um CD inteiro, vai perceber que a sua canção favorita será justamente aquela que escorreu de você (ou vocês) como resultado inconsciente de todas as suas influências.

 

Depois que tiver gravado manda o link pra gente ouvir como é que a banda tem se saído!

 

Abç!

 

É mesmo isso :) algumas simplesmente saem de forma tão fácil que ás vezes nos surpreendemos a nós próprios!

 

Mas lá está a ordem certa não existe, é o que vier... riff, acordes, letra, melodia de voz...

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Não tenho método, porque não componho uma música sempre que quero...Mas por norma, quando fico nos copos com os amigos e tenho uma guitarra acústica à mão saem coisas do rock engraçadas -_-

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Ora Boas.

 

Bem isso de metdo musical para criar musicas é um pouco relativo, isto porque cada dia é um dia e cada dia é diferente um do outro logo, hoje há inspiração amanhã pode não haver mas isso não quer dizer que não se crie uma musica nas duas situações, porque uma pode vir com mais sentimento e alma que a outra mas tudo depende do nosso estado de espirito diário e das ideias que nos surgem em momentos de pura inspiração!!

 

De onde ela vem?

 

Facil os melhores temas que conheço a maior parte delas vieram do mundo negro: drogas e alcol!! lolol há quem diga que é a melhor fonte de criação musical....

Em certa parte concordo mas nem sempre é assim.

 

Eu no meu caso em termos musicais em conjunto com outros musicos gosto de ir pelo lado do improviso e dai recolher o melhor de cada improvisação e depois aprefeiçoar melhor o que saiu dos improvisos e dai dar um lado mais sério há coisa!!

 

se estiver a produzir sózinho tenho alguns metodos e que já são viciosos, por vezes tento sair deles mas já é tarde de mais, isto porque?

 

Porque primeiro: como baterista e compositor de musica electronica, a primeira coisa que começa a dar ritemo aos meus temas é sempre a parte percussionista e ritmica da musica logo começo sempre pela batida/ percução e só depois sigo para outros elementos tais como baixo, teclas, strings, leads, fx, ambientes etc... para preencher a musica.

 

Enfim para conclir, não há metodo certo para se fazer musica mas há dias em qe ela poderia ter saido bem melhor que outros, tudo depende da disposição, tempo, desponibilidade e inspiração.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Em termos académicos há 3 métodos de composição ( claramente não consideram o pormenor - letra)

1- trial and error

2-improvisação

3-premeditação

eu uso muito o 2o para procurar ideias e chegando a tal, acabo por me apoiar muitíssimo em teoria tonal para compor, aqui diria que já entra o 1o para rematar partes soltas ou indefinidas.

 

 

Vou deixar a minha experiência de novato falar

.

Toco guitarra elétrica à um ano e meio, e sigo muito a ideia de improvisar qualquer coisa, e de vez em quando, sai um riff porreiro, que depois ligo a outros que criei antes, ou depois... Até agora consegui compor uma demo só com uma guitarra, nada de extraordinário. Só faço isto por me fartar de tocar o que sei (estranho, não? :hum2: ). isso leva a que improvise a toda a hora, e quando consigo tocar algo que soe bem, pratico e memorizo, ou escrevo em tab (nunca me dei bem com as pautas tradicionais, :ph34r:  enfim...). O meu objetivo não é compor uma música, pois ainda estou a aprender, mas sabe bem dizer "Eu escrevi isto" e as pessoa ficam impressionadas com o meu talento (Buuuuuuu, show-off... :flirt: ). Quem sabe, um dia começo a ter de compor à séria para a minha banda e estes dias de riffs aleatórios acabam. É melhor aproveitar enquanto posso! :hehe2:

 

Como referi, apenas toco guitarra, não uso drum machines nem nada do género, nem letras. Apenas eu e só eu.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Sou um músico muito ranhoso mas tenho algumas "obras-primas" criadas e alguns covers gravados também.

Uma coisa que considero importantíssima para qualquer músico é ter um DAW onde possa compor, registar as suas ideias e gravar as suas obras.

Geralmente as minhas músicas e covers são como programas informáticos, vão sendo recicladas, vou criando releases ou outras versões cada vez mais aperfeiçoados até ficarem no ponto. Tenho uma pasta (chamada "forno"  :P ) que mantenho sempre com algumas músicas que quero melhorar e outras em versão "alfa" (rascunhos), que começam geralmente com alguma linha melódica mal tocada ou algum groove engraçado que me veio à tola, que gravo logo no primeiro track do DAW para servir de referência e usar ou não. Backups frequentes também são obrigatórios, claro.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Os métodos que referiram anteriormente são todos válidos claro que cada banda, ou pessoa tem de verificar qual o mais eficiente para si e que composição seja feira de uma maneira mais natural para posterior aperfeiçoamento.

Também não sou uma pessoa muito experiente no assunto mas desde o ultimo ano com a formação da nossa banda o método que funciona melhor é criar primeiro a linha melódica dos instrumentos, seguida da percussão e depois os vocais. Quanto a este ultimo fica na responsabilidade do vocalista, tentando primeiro encaixar uma linha melódica para a voz sobre a dos restantes até se encontrar uma melodia que encaixe da melhor maneira. No final de ter as linhas musicais todas definidas escreve a letra que pode ser relativa a um determinado tema pensado para a musica ou criação espontânea. Coloca-se a voz com a letra a faz-se os ajustes finais.

 

espero que dê para ajudar em alguma coisa pessoal,

 

Cumps :yes:

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

A História da música é o estudo das origens e evolução da mesma, ao longo do tempo. A disciplina musical é dividida em 2 partes, a musicologia e a teoria musical.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Normalmente aparece um som na minha tola quando estou em dia sim, pego na guitarra e vou à procura do que estou a ouvir. Primeiro de uma forma rudimentar depois vou modificando até se aproximar do que ouvi na cabeça, enquanto isto acontece descobrem-se umas passagens cromáticas ou uns aumentados... para tornar a cena mais musical possível.

Outras vezes estou só a ver Tv com a guitarra ao colo e sai qq coisa que me agrada sem pensar muito no que estou a tocar.

Normalmente escrevia n letras e ia rodando as letras até acertar na que melhor se enquadrava na tonalidade da musica, modificando se necessário.

Em ambiente de banda levava algo que tinha e eles metiam a cena deles por cima ajustando a gosto. Por vezes tinha de levar mais sal...

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Regista-te ou entra para comentar!

Para deixar um comentário é necessário estar registado. É muito fácil!

Criar uma conta

Regista-te e vem fazer parte desta comunidade! É fácil!


Registar-me

Entrar

Já estás registado? Entra aqui!


Entrar agora