admin

Como micar um amp de guitarra?

12 posts neste tópico

Micar um amp de guitarra é uma tarefa que pode ser mais fácil. Aqui vão algumas dicas!Quando ouves um riff de guitarra, provavelmente não imaginas como foi gravado. Será que foi num chão com um tapete? O microfone estava a 5 ou a 30 centímetros? Mas são esses detalhes que contribuem para o som que ouves na gravação. Então, como é que se mica o som de uma guitarra elétrica?

Em primeiro lugar, tu queres gravar o amplificador. Enquanto que a guitarra pode ser gravada diretamente (e atualmente há muitas opções, mais ou menos virtuais até!), há muitas vezes em que nada substitui o som real do amplificador. Os amplificadores de guitarra tem etapas de amplificação que facilitam aquele "crunch". Enquanto que a modelação digital e sistemas de processamento têm o seu lugar (e de certa forma, são cada vez mais omnipresentes) podem não ter o mesmo realismo que o som de um amplificador. Um pequeno amplificador de guitarra pode ser tão eficaz para esta tarefa como uma stack brutal, isto porque não precisas de levar o amp ao volume máximo. Em vez disso, vais querer aumentar o ganho do pré amp para atingir a quantidade certa de distorção.

Tipicamente, um amp de guitarra é micado perto para atingir o maior som direto. Colocar o microfone a uns 10 centímetros da grelha da coluna, apontado diretamente ao centro do speaker dá o som mais "edgy", com mais presença e agudos. Se mexeres o microfone, o som começa a fica mais macio.

Agora, se vais colocar um microfone muito perto do amp, é melhor veres se o microfone suporta grandes pressões sonoras (SPLs - Sound Pressure Levels). Não tem necessariamente que ser um microfone dinâmico, um microfone de condensador (ou dois :) ) podem ser o suficiente. Um bom microfone de instrumento pode desempenhar bem a sua tarefa em vários instrumentos, inclusivamente numa coluna de guitarra.

A distância a que se põe o microfone da fonte não é a única coisa que afeta o som. A orientação do microfone influi muito. Apontando mais o microfone "off axis" (fora do eixo do speaker) para a parede vai adicionar mais "room sound". Aqui, a experimentação é um fator chave para atingir o som que pretendes. Podes usar dois microfones: um mais perto da grelha e outro um bocadinho mais longe: desta forma vais captar o som da cab mas também o som do quarto uma vez que é refletido também pelas paredes.

Imagem Postada

Um microfone de fita também pode dar essa mistura de som da cab e do quarto. A figura de captação em 8 capta o som da frente e da traseira do microfone sem necessidade de posicionamentos "criativos": é para isso que são feitos os microfones de fita.

O posicionamento do amplificador também é outro fator importante. Se o amplificador fica em cima de um chão alcatifado, a quantidade de brilho e claridade no som vai diminuir. Da mesma forma, elevar o amp do chão vai fazer com que o som seha pobre em low end. Para ter um som muito reverberante, há quem use o amplificador num sítio cheio de azulejos... sim, na casa de banho!! Os azulejos duros e outras superfícies refletoras podem fazer maravilhas para um som muito "morto". Neste caso, põe o microfone mais longe do speaker e... aumenta o volume!!

Micar um amp de guitarra tem muito de experimentação, mas estas são dicas úteis. Quem sabe se não inventas uma melhor captação que as conhecidas??

Clica aqui para ver o artigo

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Convém referir que no caso de usar mais que um microfone tem de se ter máxima atenção no posicionamento para evitar problemas de fase.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Convém referir que no caso de usar mais que um microfone tem de se ter máxima atenção no posicionamento para evitar problemas de fase.

Excelente dica! Provavelmente é por isso que o preamp que tenho (2 canais) tem um "phase inverter" para os dois canais!

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Sim, na verdade esses switches que se encontram em preamps são de inversão de polaridade, podem resolver algumas situações de captação com mais um microfone mas não funciona sempre, depende do grau de desfazamento, portanto, salvo algumas excepções, é um problema que deve ser resolvido sempre na captação com o posicionamento dos microfones e não depois de já estar tudo gravado.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

...Apesar com qualquer DAW se consegue meter em fase (Dentro do possível), melhor que com o inversor de polaridade. ;)

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

A baixos níveis com SPL's controladores microfones de membrana larga como o http://www.clickplus.pt/p57597, funcionam extremamente bem para captar o que os membranas pequenas e dinâmicos não conseguem.

 

Lembro-me de uma gravação de guitarra que fiz com uns amps vintage que até usei dois membranas largas para apanhar o som da sala para fazer uns testes e acabou por entrar no mix final.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Regista-te ou entra para comentar!

Para deixar um comentário é necessário estar registado. É muito fácil!

Criar uma conta

Regista-te e vem fazer parte desta comunidade! É fácil!


Registar-me

Entrar

Já estás registado? Entra aqui!


Entrar agora