Tópicos

  1. Dumble SSS 002# Clone

  2. Curiosidades


  • Posts

    • Aproveito para partilhar algum do progresso, não do “Dumble”, mas do “Spitfire”. Algumas curiosidades: ao contrário do original vai ter uma ponte rectificadora e apenas uma saída para speaker de 4 ohms. Os transformadores eram de um amplificador alemão, estilo Marshall, vão alimentar duas El84 e duas 12ax7.  

      Amanha continua a construção do projecto que iniciou este tópico.    
    • Olá @Danicafd   A minha abordagem neste assunto de banda/canções/registo é a seguinte: 1. Escolher 2 ou 3 nomes para a banda/projecto, listados por ordem de preferência 2. Verificar, no Google, se já existe o nome pretendido 3. Criar perfis, com o nome pretendido, nas plataformas online pertinentes (youtube, facebook, instagram, bandcamp, soundcloud, etc) 4. Subir canções para uma agregadora/plataforma digital online (onerpm é gratuita) que fará a distribuição para spotify, itunes, amazon, entre outros – começam aqui os dividendos financeiros para os autores, de acordo com vendas e streaming.   Para tudo o que foi mencionado acima não será necessária a “bênção” da SPA, IGAC e demais entidades canónicas.   Depois de dados estes passos, passas a ter a tua banda “registada”. Quem se “apropriar” do teu nome ou das tuas canções terá de ter “muita lata”, pois tens tudo registado em datas anteriores. Poderás até aproveitar qualquer “uso” indevido para dar a conhecer a tua música a um público mais vasto – com uma boa dose de ironia na receita (mas não esperes compensações financeiras – esse é outro campeonato).   Em suma, numa primeira fase é fazer música e divulgar, tocar ao vivo (actualmente fora de questão, por razões evidentes) e procurar parcerias artísticas.   As questões de propriedade e direitos autorais a seu tempo serão colocadas e solucionadas.      O que tiver de acontecer, acontecerá!   Nota: Uma “banda rock” é um objecto/universo de estudo digno de uma tese de doutoramento na área da Psicologia e/ou Sociologia. As dinâmicas comportamentais de cada um dos intervenientes são extremamente inquietantes e complexas.
    • Boa, bem-vindo nunca é tarde.
    • Viva aos recem chegados.
    • Eu costumo dizer que quem fica na História de um país, quem cria uma identidade nacional, são ou os Artistas ou os grandes ditadores. Acho que todos nós fizemos uma boa escolha
  • Próximos Eventos

    Sem eventos