Tópicos


  • Posts

    • Porque há muito mais coisas para ver e ouvir ou lêr do que até agora houve.

      Um gajo/a antes ouvia um disco todo pq não tinha mais nada para fazer, metias o disco a tocar e ou ficavas parado a ouvir ou lias um livro ao mesmo tempo. Não dava nada de  jeito na TV pq quando dava não era um Disco que se ia ouvir mas sim ver o programa. Hoje há sempre algo de jeito ou que nos interesse para ver e ouvir, mas há tanto que a nossa atenção dispersa-se. Nada tem a  ver com a horrível frase: No Nosso Tempo É quer era Bom (detesto ouvir esta merda). Tema  ver que no nosso tempo não havia nada mais para fazer e hoje há. Continuar a pensar que se vai voltar ao "antigamente" é de loucos, não não vai e a música assim como a TV ou Radio  Jornais/Revistas perderam protagonismo.  Não interessa se se vai fazer a melhor musica alguma vez feita, maioria care less, ouve por ouvir e siga há coisas para ver/ouvir/fazer.

      A semana passa fui pela primeira vez ao Louvre, isto para dar um exemplo de "excessos". Sabendo de antemão que é impossível ver tudo num só dia mesmo assim tentei ver o máximo que pude pq não sei quando lá poderei passar outra vez. Ao fim de 3 horas já se começa a ver tudo a correr sem prestar atenção a practicamente nada, vais-se ver o que prende mais a vista e olha-se na diagonal para o resto. Há tanta obra mas tanta obra com tantas salas e salinhas adjacentes que a saturação nos assola em muito curto espaço de tempo. É um quase um "crime" um gajo passar ver algo em 3 segundos e seguir para a próxima... mas é assim e pq há milhares de obras expostas num espaço gigantesco em se anda à vontade  Kms lá dentro.

      Com a Música passa-se o mesmo, há tanta e tantas outras coisas que nos prendem a atenção que ninguém vai perder horas a ouvir 1-2 discos de enfiada e não estar a fazer mais nada. Então a malta nova não o faz de certeza, a vida é curta demais para se perder muito tempo só com poucas coisa quando tens todo um Mundo de Lazer e informação ao dispor de umas teclas. Nem eu o faço há uns bons 20 anos ou mais, tenho mais que fazer que estar olhar para a capa de um Disco enquanto este toca, além de que a "tusa" que se tem pela Música ou uma banda nos anos de teen não se tem em adulto.
    • Aqui em casa há 5, duas são iguais com Floyd Rose e piezos de origem, as outras são de ponte fixa e todas têm piezos. Das últimas 3, uma é acústica, uma é fretless e a outra deu início a este tópico...
    • @John10 Concordo com tudo. Apenas uma pequena correcção: As pessoas nem musicas ao calhas ouvem. Põem a tocar parae servir de som ambiente enquanto fazem outra coisa... Hoje em dia para fazeres as pessoas ouvirem a musica precisas de um bom vídeo. E mesmo assim, um granda vídeo normalmente só te consegue 30s de atenção do ouvinte antes de ele clicar noutra coisa qualquer
    • Por acaso até gostava de uma azul ou vermelha com binding. Mas foi esta que apareceu! Isto há quem prefira uma ibanez de 7 cordas e tenha duas, há quem prefira a telecaster! E depois de rodar umas tantas guitarras diferentes é mesmo nesta que tudo fica bem.
    • @Coelho135 Uso o Klotz AC 110 e Sommer Cable XXL na minha pedaleira. O Klotz até tem uma capacitância melhor do que o Sommer Cable e arranjas mais facilmente aqui em Portugal. Mas atenção, na musifex o AC 106 está a 1.5€ por metro. O AC110 (que é muito melhor) está a 2.20€ por metro. Portanto pesquisa bem antes de comprar porque 2.50€ por metro do AC 106 é um roubo.
  • Próximos Eventos

    Sem eventos