Tópicos

  1. Pedais provocam GAS(es)


  • Posts

    • A palha de aço também se vende na Thomann? Para limpar depois de raspar posso aplicar logo o lemon oil?
    • Que tananho é que usas? OOOO?  
    • É uma pergunta um pouco extensa, mas vou tentar resumir. 1º Antes de ir para o estúdio em casa tento fazer os Riffs para quando for gravar já ter algo em mente, e não perder tempo.
      2º No Reaper, abro o EZdrummer e programo a bateria para as linhas dos Riffs da guitarra, depois de ter programado a bateria, gravo a guitarra ritmo.
      3º Depois gravo o baixo.
      4º Ficando agora com uma backing track, gravo o solo e filmo.
      5ª Faço a masterização, usando plugins da Waves, FAB entre outros
      6ª Meto toda a produção no Play e simulo que estou a tocar varias partes da musica apenas para efeitos de filmagem.
      7º Uso o PowerDirector para carergar os varios videos que fiz, sincronizando com a track formato WAV do Reaper.
      8º No Powerdirector podes fazer o upload automatico no Youtube. Done! Espero ter passado o passo a passo mesmo que resumido é isso que faço, o que ajuda IMENSO nas gravações e ter o Metronomo ligado. Em questões de gear neste momento estou a usar o seguinte: Amplificador: Marshall JVM205h
      Microfones: Sennheiser E906 juntamente com o AKG P220
      Guitarras: Schecter Banshee 6 FR, Fender Stratocaster, LTD EC1000
      Baixo: Harley Benton B-75MN LH NA Vintage Series
      Cabinet: ENGL 112PRO
      Placa de Som Focusrite Forte
      Pre Amp: ART Tube MP/C
      DAW: Reaper 6.15
      Plugins: Demasiados, perdi a conta. Abraço 
      Nuno
    • É 10€/h a banda toda sim...já fui a várias salas de ensaios aqui no Norte e os preços rondam sempre entre os 10€/h e 15€/h mas é pela banda toda.

      Mas há que ver que estes estúdios que oferecem salas de ensaio não vivem destas práticas de ensaio - o objetivo deles é mesmo gravar/produzir/mixar. As salas de ensaio é quase como um "side business" mas que atrai bandas que depois podem querer gravar lá. Concordo com os pontos referidos que ter esse material todo e uma sala boa e fazer preços destes não é uma prática super viável em termos de negócio, mas lá está, é tudo um "means to an end".
    • Palha de aço para uma primeira passagem. Se arranjares um íman, enrola-lhe um papel de cozinha e usa-o para aplicares a palha de aço na escala e nos trastos. Evita que se espalhe limalha de aço por todo o lado.  Depois de tirado o sarro, uso um produto de limpeza da Dunlop (o frasco 01 deste kit https://www.thomann.de/pt/dunlop_formula65_fingerboardkit.htm que já inclui o produto para hidratar a escala). Para hidratar a escala (depois da limpeza), gosto de usar este https://www.thomann.de/pt/big_bends_fret_board_juice_1_oz.htm . Normalmente uso algodão ou papel de cozinha para aplicar.  
  • Próximos Eventos

    Sem eventos