Tópicos

  1. GAS por AMPS

  2. Técnicos, engenheiros e estúdios.


  • Posts

    • Acabei de fazer este teste.
      A minha Nota: 100/100 O meu Tempo: 106 segundos
    • Consideração teórica Antes de avançarmos mais, convém ter em mente o seguinte: Vamos supor que temos um circuito oscilatório que produz uma frequência de 10.000 ciclos por segundo (10.000 Hz). Existe alguma maneira de se obterem frequências maiores a partir deste circuito? Utilizando circuitos passivos (compostos por componentes passivos, isto é, resistências, condensadores e bobines) a resposta é não. (Nota: Faço uma ressalva para as micro-ondas que andam à volta dos 3.000.000.000 Hz! As micro-ondas e frequências superiores começam a ter um comportamento especial (podemos falar em cavidades de ressonância onde as ondas se "alteram"). No entanto, aqui a duplicação de frequência (no fundo trata-se de uma filtragem do harmónico de segundo grau)  tem como consequência uma perda de potência associada. Ver por exemplo o artigo apresentado por este link: http://br.pasternack.com/multiplicadores-de-frequencia.html) No caso das guitarras eléctricas também estão presentes os harmónicos de diversa ordem, mas quando estas frequências ultrapassam a resposta de um pickup começam a ser fortemente atenuadas e só com circuitos activos (amplificadores específicos) é que passam a ter algum valor no espectro do som que é reproduzido. Podemos dizer que, na Física não se podem gerar frequências mais altas a partir de um dado sinal sem lhe acrescentar energia. Pelo contrário, quando se retira energia, por dissipação calorífica, a toda a coisa da Física esta degenera ou em potência ou e em frequência. Assim, a resposta à nossa pergunta seria: Para se obter a frequência de 20.000 ciclos por segundo, o mais natural, seria utilizar um circuito alimentado por corrente eléctrica multiplicador da frequência por 2. Onde pretendo chegar? Seguindo este princípio no caso de um Humbucker, que é constituído por duas bobines (pickups), não existirão frequências superiores à frequência mais alta “produzida” por uma bobine (pickup) individualmente. Isto é, se uma bobine (pickup) tem uma frequência de ressonância de 10.000 Hz, por mais circuitos passivos que se coloquem entre ela e o amplificador, esta frequência não sobe, pelo contrário, desce. Portanto, qualquer comparação de sinais que se faça independentemente do tipo de ligação das bobines (pickups) de um humbucker deve-se ter em mente que a referência é uma bobine (pickup) isolada. Uma bobine (pickup) solitária é a que proporciona a melhor resposta em frequência. É a referência pura. Tudo o que se possa ligar a esta que tenha um carácter passivo, incluindo uma outra bobine (pickup) ou potenciómetros, condensadores (condensador do circuito do tone ou os condensadores virtuais dos cabos de ligação) e bobines tem como consequência directa degenerar o “sinal puro” daquela em perda de potência e ou perda das frequências mais altas. Nota: Quando aqui refiro a bobine de um pickup coloco a seguir entre parêntesis a palavra pickup. Quando não o faço, refiro-me a bobines puras.
       
    • https://www.olx.pt/anuncio/pedaleira-midi-fcb1010-behringer-IDCK0DC.html 150€ no olx, 130€-135€ nova. Mas esta deve ser "vintage"...
  • Próximos Eventos