Tópicos

  1. Técnicos, engenheiros e estúdios.

  2. Curiosidades


  • Posts

    • O @hypermnesium disse tudo o que precisas. Só um acrescento, relativamente aos óleos a usar nas escalas da guitarra, há muito zum zum e opiniões díspares. Pessoalmente uso óleo de amêndoas doces, daqueles que servem também para hidratar as mãos e a pele. Os motivos são simples: A madeira é um material orgânico e como tal é de minha opinião que deverá ser hidratada com um óleo orgânico, para o caso de origem vegetal. O óleo de amêndoas é relativamente inodoro o que é bom para evitar enjoo. É suave para a pele, portanto o contacto não desenvolverá problemas de maior (salvo existam problemas de alergias específicas). Tenho usado óleo de amêndoas há bastante tempo nas minhas guitarras e não tenho qualquer motivo para mudar, não me parece que ande a danificar as escalas delas. Há também quem use óleo de limão... o que uso é daquele para bébés, quando já passou do prazo de validade para uso humano em criancinhas, continua útil para uso em madeiras... digo eu... Como usar, segundo a minha experiência: Aplicar generosamente, permitindo observar uma ligeira "capa" do óleo sobre a madeira da escala. Quase 1 pingo por traste e espalhar bem de forma a cobrir toda a superfície de todos os espaços entre trastes. Deixar absorver durante uns 10 a 30 minutos, ou mais, dependendo do estado de "secura" da madeira. Limpar o excedente antes de colocar as cordas. LIMPAR BEM, sem que permaneçam pequenas zonas de humidade. Implica fazer duas ou três passagens de limpeza.  
    • @hypermnesium Pois, é encontrar a pessoa/local certo para isso na zona do porto... Aceitam-se sugestões. Entretanto, nestes dias, tenho-me dedicado a fazer exercícios cromáticos continuamente para treinar/condicionar as mãos. Tenho o mindinho da mão esquerda um pouco para o torto e fraco e, pelo que tenho lido, este tipo de exercícios ajudam. Não sei se é placebo, mas acho que realmente em três dias só a fazer isto já senti uma muito ligeira melhoria.
    • @gv bem vindo sejas, agora o fórum também é teu!...
    • Costumo "ler-vos", mas é a primeira vez que comento no vosso fórum. Não consegui resistir a pôr aqui isto. 
    • Tens que ter em conta que ajustar uma guitarra tem dois factores importantes. Um deles é a afinação, que a guitarra esteja afinada e que mantenha essa afinação. Depois tens um segundo factor que é experiência, ou seja, há determinados elementos numa guitarra que com a experiencia tu vais querer alterar á tua maneira. A minha recomendação é, para começares e podendo, leva a guitarra a quem saiba e que te faça um setup relativamente standard. Basicamente que os trastos estejam nivelados, o braço esteja em condições, escala hidratada, guitarra afinada e com uma acção decente para que toques comodamente. A partir desse momento toca mais e preocupa-te menos com a guitarra em si. Daqui a uns tempos, quando já tiveres melhor domínio do instrumento e já tiveres uma opinião mais bem formada sobre o tema de afinação e ajuste da guitarra, estudas um bocado o tema e já poderás chegar a um técnico e dizer-lhe o que tu queres e aprenderes a faze-lo tu mesmo.
  • Próximos Eventos

    Sem eventos