Procura na Comunidade

Resultados de tags 'Guitarra'.



Mais opções de procura

  • Procurar por Tags

    (Opcional) As tags ajudam a encontrar este conteúdo. Escrever tags separadas por vírgulas.
  • Procurar por Autor

Tipo de Conteúdo


Comunidade

  • Geral
    • Discussão Geral E Cultura
    • Divulgação
    • Apresentações
    • O Cantinho da Thomann
  • Divulgação
  • Teoria Musical
    • Teoria e Composição Musical
  • Guitarra
    • Guitarra
    • Amplificação
    • Pedais e Efeitos
    • Instrução e Técnica
  • Baixo, Bateria, Teclas, Voz e Outros Instumentos
    • Baixo
    • Voz
    • Bateria e Percussão
    • Teclas - Pianos, Arranjadores e Sintetizadores
    • Outros Instrumentos
  • Faça Você Mesmo (DIY)
    • Projetos de DIY
  • Som
    • Estúdio
    • Ao Vivo e em Palco
    • Vintage e HiFi
  • Novidades e Ajuda
    • Novidades e Regras da Comunidade
    • O Forumusica: ajuda e opiniões
  • Banda Exemplo's Tópicos
  • MÚSICOS EM LISBOA's Tópicos
  • Músicos em Braga e arredores's Tópicos
  • Mixing in The box.'s Tópicos
  • Mixing in The box.'s Tópicos

Categorias

  • Busca Músicos

Categorias

  • Guitarras
  • Baixos
  • Peças Guitarra e Baixo
  • Bateria e Percussão
  • Pianos e Teclados
  • Amplificadores de Instrumentos
  • Pedais e Efeitos
  • Coisas para DIY
  • Áudio Profissional
  • Outros Acessórios
  • Outros Instrumentos
  • Livros e Revistas
  • Álbuns e Bilhetes

Categorias

  • Técnicos e Luthiers
  • Lojas
  • Formação e Ensino
  • Estúdios
  • Salas de Ensaio
  • Aluguer de Som e Luz
  • Fotografia e Imagem
  • Produtoras e Editoras
  • Importadores
  • Fabricantes
  • Desenvolvedores de Software Musical
  • Bares e Sítios para Tocar
  • Outros Serviços para Músicos

Categorias

  • Dicionário

Categorias

  • Guitarra
  • Baixo
  • Efeitos
  • DIY
  • Gravação e Som

Categorias

  • Música e Cultura
  • Teoria Musical
  • Guitarra
  • Electrónica Musical
  • DIY
  • Baixo
  • Teclas
  • Gravação e som

Calendars

  • Concertos
  • Workshops
  • Banda Exemplo's Calendário
  • MÚSICOS EM LISBOA's Eventos
  • Músicos em Braga e arredores's Eventos
  • Mixing in The box.'s Eventos

Categorias

  • Testes de Cultura Musical
  • Testes de Teoria Musical
  • Testes de Gravação e Estúdio

Estilos Musicais

  • Ideias (Permite Download)
  • Alternativo
  • Baile
  • Blues
  • Country
  • Folk
  • Fusão
  • Jazz
  • Metal
  • Clássica
  • Pop
  • Reggae
  • Religiosa
  • Rock
  • Techno
  • Outro
  • Banda Exemplo's Player
  • MÚSICOS EM LISBOA's Player
  • Mixing in The box.'s Player

Blogs

Não há resultados a mostrar.

Não há resultados a mostrar.


Tipo de Membro


Está online?


Com Foto?


Número de posts

Entre e

Idade

Entre e

Último post

Entre e

Telemóvel


Cidade

Encontrado: 250 resultados

  1. Neste tutorial vamos discutir uma das formas mais simples de construir caixas de madeira para altifalantes (pavilhões acústicos). A técnica de montagem não é nova mas merece a discussão de alguns detalhes para que se possa perceber como funciona e se possa repetir. A técnica de construção é simples e não requer qualquer tipo de máquinas sofisticadas. Vamos usar dois exemplos diferentes: o primeiro é a reciclagem de um amplificador que usei no fim dos anos 80 um Torque, no segundo vamos usar um woofer de 5'' com um cone de Kevlar que funciona muito bem para guitarra. Este é o projecto ideal para reaproveitar aquele altifalante que não tem casa ou aquele amp velhinho que tens e já não usas. Fica connosco nas próximas páginas! O altifalante que vou usar tem origem num combo dos anos 80 da marca Torque. Ao longo deste tutorial será transformado em outra coisa: Já tinha anteriormente retirado o amplificador (ver entrada no Forumusica) A caixa está neste estado: Com pó e sujidade acumulada ao longo dos anos. Vou aproveitar a grelha metálica e a baffle que me parecem estar em condições. Uma vez retirado a grelha e o altifalante está na altura de ir buscar algumas ferramentas. O esquadro metálico dá muito jeito para medir e garantir que temos ângulos rectos, note-se a prancha de madeira que está por baixo e que será usada para a construção da caixa. Poderia ter usado tábuas de pinho maciço, mas esta prancha estava em promoção. A caixa foi dimensionada de modo usar a grelha e a baffle do Torque. Foi usada uma prancha de 18mm de espessura para cortar os lados e construir as ripas para fixar o fundo e a baffle. Depois de cortadas as madeira com as dimensões certas é necessário montar a caixa propriamente dita. A ideia é usar parafusos e cola para fazer as junções. Esta madeira tem 18mm de espessura e por isso começo por marcar uma linha à distancia de 7mm do bordo para colocar os parafusos. Repito esta operação em todos os lados e as vezes necessárias. De modo a embutir os parafusos uso um berbequim pequeno com uma ponta adequada. A colagem é feita aparafusando as duas partes depois de colocada a cola, este método tem a vantagem de evitar o uso de grampos de pressão e permitir um ajuste de precisão forte. A parte interior já colada ficou assim. Não esquecer a marcação de cada parte, de modo a se saber, depois de feitos os furos, onde cada parte encaixa. Passo a passo vamos colando cada parte. A parte detrás tem já o furo para se colocar o suporte do jack efectuado com uma broca craniana de 30mm. Já me esquecia, se por acaso a parte vertical ficar mal furada, ou se for usada uma brocaligeiramente mais larga, não há nada que um fósforo não resolva. Usei uns batentes de porta como pés e coloquei uma anilha no interior para maior robustez mecânica Depois de tudo colado, deixado de lado durante 24 horas, está pronta para ser lixada. Há que ter algum cuidado de modo a conseguir-se um acabamento consistente e duradouro. Há várias formas de fazer o acabamento final, receitas tradicionais para coloração da madeira, produtos comerciais, vernizes etc. Optei por usar um produto do IKEA que permite uma aplicação consistente e dá à madeira o seu tom natural, permitindo à madeira um envelhecimento natural, resistente à humidade e não tóxico (pode ser novamente aplicado no futuro). Apesar de ter medido tudo várias vezes, por um ou dois mm se estraga a ideia de perfeição e se interrompe o fluxo de trabalho que até ai estava a correr tão bem. Acontece frequentemente no DIY. Mas não há nada que não se resolva com paciência e algum jeitinho. Tive de cortar 5mm de modo a que a baffle encaixasse na caixa, mas nada de grave apesar da baffle ser de aglomerado de madeira que se esfarela com muita facilidade com a serra tico-tico. Pintei as arestas e os lados acabados de cortar com tinta acrílica que era a que tinha cá em casa. E o resultado final nem ficou mal. Note-se os pezinhos de madeira elevados onde irá encaixar a grelha. O DIY tem os seus bons e maus momentos, este é um dos bons. A segunda parte deste tutorial diz respeito a construção de uma cab para um speaker de 5''. O método de construção é semelhante. O altifalante é um Skytronic de 5'' de 200W /também já descontinuado)! É um speaker com um cone de Kevlar e tem meaty break up que gosto muito. .A técnica de construção é semelhante. Nesta cab usei, como anteriormente, uns patentes de porta como pés. Mas usei umas protecções de malões para proteger os cantos da cab. Pelo que percebi já não são fabricados mas pode ser que fora das grandes cidades ainda se consiga arranjar nalguma drogaria. A coisa mais curiosa desta caixa é o grill-cloth. Usei uma rede de protecção para jardim que encontrei à venda numa grande superfície comercial (conhecida por malha de ocultação: http://www.leroymerlin.pt/Site/Produtos/Jardim/Vedacao-e-ocultacao/Ocultacao-e-cercados/Canicos-urzes-sebes-e-malhas/14048391.aspx. Funciona lindamente! Vejamos com foi feita a montagem. Claro que precisamos de um agrafador. Este tutorial tinha como objectivo mostrar como construir uma caixa para acomodar um altifalante de um combo dos anos 80 e mostrar em como a mesma técnica se aplica à construção de uma nova caixa. Utilizamos materiais acessíveis em qualquer loja de ferragens, por exemplo, batentes de porta como suporte das caixas, e como é possível usar malha de ocultação em substituição dos vulgares gril-cloths nas cabs. Nunca é demais referir a satisfação que é tocar usando uma cab feita por nós! Boas construções.
  2. Tutorial - Caixas em madeira para altifalantes: reciclagem e construção Resumo: Neste tutorial mostramos-te como construir uma caixa para acomodar um altifalante. Se tens um combo antigo que não uses e meia dúzia de materiais muito acessíveis em qualquer loja de ferragens, então não podes perder este tutorial! ... Ver tutorial completo
  3. Boas povo... tou farto de gastar dinheiro e o problema persiste vou passar a explicar.... Guitarra gibson les paul studio 2011, um pick-up original no braço e um seymour duncan ( não sei modelo , pois comprei usada e dessa forma ) boss gt 10 pedaleira marshall valvestate combo 200 bi chorus ou marshall valvestate 8008 de rack com coluna laney 4x12 celestion conclusao com pick-up do braço o som por muito que altere parâmetros sai sempre muito agudo e estridente com o pick-up da ponte fica demasiado grave e tirando todos os graves da pedaleira nem assim tenho o som decente será que invertendo os pick-ups resolvo ( o do braço passaria para a ponte e este para o braço ) experimentei com outra guitarra e problema resolvido Obrigado desde já
  4. Por sugestão do @John10, a pergunta da semana é "Que grossura de cordas usas?" Digam o que usam para aí e sugiram votações para as próximas semanas no tópico do costume.
  5. 1. Cabeça, Mão ou Headstock A O Headstock é a extremidade da guitarra. Este bocado de madeira é uma extensão do braço da guitarra e é normalmente feito do mesmo material. No headstock estão também os afinadores/tarrachas/cravelhas/tuners que servem para afinar a guitarra. Normalmente estão todos em linha ou 3 na parte de cima e 3 na parte de baixo, e são tantos quantos as cordas da guitarra. Outra funcionalidade que normalmente está no headstock é o parafuso de ajustamento do braço, também chamado "truss rod" (há quem lhe chame também "parafuso mágico" ), visível na imagem seguinte (com uma chave de ajustamento): Este parafuso serve para configurar o arqueamento do braço. Rodando-o para um lado ou para o outro fará com que o braço possa ficar mais côncavo ou mais convexo. 2. Braço/Neck e Escala/Fingerboard Se a guitarra fosse um computador, o braço seria o teclado! É aqui que a maior parte da informação é inserida na guitarra: que notas vamos tocar, se é solo, acorde, dedilhado: esta é a interface principal do utilizador! E é a parte da guitarra que dá mais "feeling" ao utilizador, pela sua textura, forma, espessura. É aqui que a mão esquerda (para destros) agarra a guitarra. O braço serve de base à escala da guitarra: Na imagem acima, podemos ver escalas feitas de rosewood (as duas primeiras e a última) ou em maple (a terceira). Normalmente, as escalas em maple conferem uma sonoridade com mais agudo e mais estridente ao som. As escalas podem ter marcadores (as bolinhas que se vêm na imagem) que podem ter vários formatos e marcam o 3ª, 5ª, 7ª, 9º , 12º, 15º, 17º, 19º, 21º e 24º trastos. Os trastos são as barras verticais que dividem o espaço musical e físico da escala em meios tons. 3. Corpo/Body O corpo tem um conjunto de funções, e a mais importante delas... é segurar o braço! A conexão do braço ao corpo pode ser feito aparafusando ou colando o braço. Além disso, o corpo segura as cordas, os pickups/captadores e aloja toda a a electrónica da guitarra. Outra função do corpo é conferir características tonais, e os diversos tipos de madeiras influenciam este aspecto em particular. Há corpos feitos de outros materiais, como o acrílico e outros materiais compostos, apesar de não serem muito comuns. O corpo também pode ser sólido ou oco, dependendo do tipo de guitarra. A forma do corpo e o acabamento são o que mais influencia a estética visual da guitarra. A figura seguinte ilustra os tipos principais de formas do corpo: 4. Outras partes importantes Os pickups/captadores da guitarra eléctrica são responsáveis por captar a vibração das cordas e transformá-la em corrente eléctrica que é o "sinal" da guitarra que será transformado em som através de um amplificador e colunas. Os pickups podem ser montados no guarda-unhas/escudo/pickguard da guitarra, que é um pedaço de plástico que protege a guitarra de arranhões, em aneis de plástico ou diretamente aparafusados no corpo. A imagem seguinte mostra os pickups de uma guitarra stratocaster montados numa pickguard. A ponte/cavalete/bridge é onde as cordas se seguram, e pode ter vários tipos: fixa ou flutuante (se permite oscilações, através de um mecanismo de molas), por exemplo: Os potenciómetros/Pots/Knobs são resistências variáveis que controlam aspectos do som da guitarra, como seja o volume ou o timbre (agudos/graves/etc) através da alteração das características do sinal eléctrico captado pelos pickups. Normalmente vêm com capas em plástico ou metal que permitem que sejam segurados mais facilmente pelo guitarrista: O comutador de pickups/pickup switch é uma pequena alavanca que serve para definir qual o pickup (ou combinação de pickups) que captará o som: A guitarra é ligada a um amplificador através de uma entrada para o cabo: E é tudo! Agora é só pegar na guitarra e desfrutar dela!!
  6. Tutorial - Partes da Guitarra (Anatomia da Guitarra) Resumo: Quando se entra no mundo da guitarra, pode ser uma tarefa complicada saber para que serve cada parte. Por que não olhar mais de perto a anatomia de uma guitarra? Vamos começar de cima para baixo. ... Ver tutorial completo
  7. Aproveitem este tópico para tirar dúvidas sobre a compra de amps!
  8. As vossas próximas guitarras

    Se estão a pensar comprar guitarras, negócios apalavrados e coisa e tal, escrevam aqui. Ora então depois de um negócio por uma Epiphone G400 falhado (a guitarra afinal era uma SG Special, que nem set neck tinha), o meu próximo alvo é de uma marca francesa. Já tenho o negócio combinado: Nunca toquei nenhuma Lag nem faço ideia que tal é. Gosto do facto dos pickups serem direct mounted, não gosto dos knobs, esteticamente não se enquadram, mas isso fica para depois. Também não gosto da ponte (não gosto de pontes "semi" flutuantes". Já tocaram em alguma destas?
  9. Ibanez Artcore AS53 - Vale a pena comprar?

    http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-875031303-guitarra-ibanez-artcore-as53-trf-_JM Estou querendo comprar uma guitarra Ibanez pelo Mercado Livre usada,vale a pena? Vale a pena comprar guitarra usada? O que acham da Ibanez?
  10. Boas, Gostava de saber qual a vossa maior dificuldade na guitarra, do tipo o que sentem que quando querem tocar vos é mais dificil... Eu no meu caso é mesmo a "gramatica musical" por vezes sinto que estou a soar sempre ao mesmo
  11. Nome desta música apartir deste solo

    Vinha aqui pedir-vos ajuda para descobrir o nome da música que esta banda toca dos minutos 1.20 até ao 1.50 ... Já procurei bastante e não consigo encontrar nada . Cumprimentos
  12. Por sugestão do @John10 esta semana a votação é "Qual é a tua espessura de palheta favorita?" Digam de vossa justiça e aproveitem para sugerir próximas votações no tópico do costume.
  13. Zoom AC-2

    Não é todos os dias que há pedais novos para guitarras acústicas. A zoom lançou o novo AC-2, um preamp com afinador e boost para acústica. Um bom pedal para quem quer melhorar o som da sua acústica ao vivo e em gravações e podcasts: Os preços deverão ficar na zona entre os 160 e 200€.
  14. EHX Tone Corset Compressor

    A Electro harmonix sacou mais um pedal de compressão. 4 knobs para configurar o habitual e um mini switch de pad para atenuar o sinal de entrada para evitar distorção com um sinal de entrada potente (pickups alto ganho, baixo, etc). É true bypass e ainda não há preços nem datas de lançamento até ao momento, portanto podemos ver quem acerta na lotaria. O meu palpite: 150€.
  15. Cápsulas do do café, dos ice teas ou do leite com chocolate são para meninos. Homem de barba rija, usa cápsulas do tone A Roland tem um conjunto de cápsulas disponíveis para a sua linha de amplificadores Roland Blues Cube, cada uma delas com o seu sabor característico. Cápsulas em formato válvula . Antes de ver o vídeo, vale a pena fazer contas: não são propriamente baratas (cerca de 200€ cada) e o amp mais barato da gama (Blues Cube Stage) fica por volta de 700€. Aqui vai o comparativo de 4 cápsulas para o amp.
  16. Ajuda! Empaquei no aprendizado

    Primeiramente, um olá e obrigado adiantado a qualquer pessoa que entrou no tópico, é minha primeira postagem por aqui. Comecei a tocar violão e guitarra há 2 anos e meio atrás, eu fui auto-didata por motivos financeiros, e agora entrei para faculdade de composição, e depois de muito estudo e dedicação, apesar de estar aprendendo e progredindo em uma velocidade que eu considero aceitável, acabei encontrando problemas no caminho, que irei explicar agora. Poucos meses atrás eu passei do estudo das escalas maiores, menores, pentatônicas, para os Modos Gregos e Campos Harmônicos, e desde então, tentei muito entender ambos os conteúdos, mas tive alguns problemas, que vou citar agora: -Não consigo entender o motivo de aprender os Modos Gregos, como posso usá-los? Como eles podem ser mais úteis do que as escalas que eu já sei? -Em Campo Harmônico, vejo músicas que não usam acordes do Campo, não entendo ainda como isso funciona. Encontrei esses problemas quando quis tentar chegar a um nível de conhecimento suficiente pra conseguir improvisar Harmonicamente. Vou citar um exemplo em vídeo de uma música que gosto, e onde eu tento analisar ela, mas não consigo entender o que ta sendo feito à partir de um certo ponto Abaixo vai o link da música, If I Ever Get Around To Living de John Mayer, à partir da parte que vou citar. Começa aos 4:04 quando ele improvisa melodicamente, e aos 4:29 começa a parte em que eu não consigo entender exatamente o que ta sendo feito, assim como em 5:34. E na 2ª parte da música, aos 7:33, o guitarrista de ritmo Zane Carney, faz o mesmo de passar da improvisação melódica pra harmônica. Mas enfim, eu não tenho intenções de "ser" John Mayer nem nada, mas gostaria muito de entender como poder improvisar dessa maneira, pois é algo que me chama muito a atenção, tanto pra tocar guitarra como violão. PS: Na minha opinião é um bom solo, e se poder ouvir todo, recomendo. ^-^ Mas enfim, se você leu o post até aqui, eu já te agradeço em dobro, mesmo caso não possa responder à ele. E Valeu pessoal, caso possam me ajudar, eu agradeço ainda mais e vou ficar antenado em poder trocar ideias com vocês. Valeus!
  17. Alhambra. Qual este modelo?

    Boas. Gostaria de saber qual o modelo desta guitarra e o valor dela. Se alguém me souber ajudar agradeço.
  18. Canal de Youtube

    Boas pessoal este aqui é o meu recente canal de Youtube onde vou pôr vídeos de covers gravados no meu Home Studio. Dêem uma vista de olhos subscrevam, ponham gostos e quem quiser que ponha neste tópico o seu canal de Youtube para podermos todos ver os vídeos uns dos outros.
  19. Fret Zeppelin

    Uma das melhores coisas que já foi inventada, para aprender a tocar grandes malhas, é só sacar as tabs: Deve chegar ao mercado lá para Outubro, e em princípio o preço deve andar em volta dos 200/250€ por aparelho.
  20. Não sei se já existia, mas deparei-me com isto: Parece porreiro. 20€, não me parece exagerado para o que faz. O que acham?
  21. Projeto diferente sobre o mundo da música!

    Boa noite galera! Meu nome é Matheus Batista e estou, juntamente com meu amigo Pedro Belfort, lançando um projeto novo: produção de conteúdo online de primeira sobre tudo que rola sobre o mundo da música através de nosso canal no YouTube: Jam P.M. Notícias, artistas, discografias, covers, músicas de elevador, notícias bizarras, informações valiosas e tudo que você puder pensar sobre esse universo incrível vai estar aqui. Inscreva-se que será lançado o primeiro vídeo amanhã, dia 28/04/17: https://goo.gl/GeZdJo Curtam a página no Facebook também! facebook.com/jampmoficial/ Abraços!
  22. Alguém já experimentou este amp? O que acharam? Estou interessado em comprar um combo a válvulas nesta gama de preços e versatil, entre os 40w e 50w... Pelo que li e ouvi deste amp parece-me uma boa escolha... só queria ouvir mais uns comentários acerca deste amp... Alguma sujestão?
  23. Apresentação

    Boa tarde meu nome é yhon melhor conhecido como malakiah sou guitarrista ritmico de rock, heavy metal e deathcore estou na madeira com ganas de formar ou estar numa banda, tenho canções ja feitas, mas gosto de novos desafios
  24. Guitarras e sons do Jazz

    É isso, postem aí guitarras do Jazz! Gibson Solid Formed 17 Hollow Body: Há quem goste do jazz com solos de metais, eu prefiro de guitarra por ser mais "macio" e de mais fácil audição para mim.
  25. Por acaso de outro tópico, lembrei-me dos "gears passados" que tive, e encontrei uma foto do meu gear em "algures 2008": A minha saudosa Ibanez RGT42dx de 2007, aqui já com uns picapaus activos à maneira: e a correspondente caixa "custom", pintada a dourado e metalizado por moi même E a minha Vintage V100 de 2009, que não deixou muitas saudades, sinceramente: Postem aí as guitarras e material que por aí passaram, e que deixaram (ou não) saudades!