Slide (técnica)

879 Visualizações     0 comentários    

  Denunciar Entrada

Slide é uma expressão inglesa que significa deslizar. Refere-se, nesta situação, a uma técnica utilizada em guitarras ou outros instrumentos de cordas. Pode também chamar-se de glissando, expressão mais utilizada na chamada música clássica.

Consiste em deslizar o dedo entre mais do que uma nota, mantendo a corda a soar, mas sem a atacar novamente enquanto desliza.

Nas tablaturas, esta técnica pode escrever-se com uma barra "/" ou "\" consoante se o slide sobe ou desce. Nas partituras, geralmente, aparece a abreviatura gliss.

Partilha o conhecimento!



  Denunciar Entrada

O que diz a comunidade sobre isto?


Não há comentários para mostrar



Regista-te ou entra para comentar!

Para deixar um comentário é necessário estar registado. É muito fácil!

Criar uma conta

Regista-te e vem fazer parte desta comunidade! É fácil!

Registar-me

Entrar

Já estás registado? Entra aqui!

Entrar agora


  • Conteúdo Recomendado:

    • LuisEmanuel
      Ver Slide:
       
    • LuisEmanuel
      Pull Off, é uma expressão inglesa que significa retirar. Refere-se, nesta situação, a uma técnica utilizada em guitarras ou outros instrumentos de cordas com trastos. Pode também chamar-se, em português, ligado descendente.
      Consiste em tocar uma qualquer nota pisada numa corda e, depois, sem atacar novamente a corda, retirar o dedo puxando-o para baixo fazendo soar a nota pisada abaixo desta ou a nota da corda solta, no caso de não haver outra pisada.
      Nas tablaturas, esta técnica pode escrever-se com um "p" ou "po" (de pull off) ou com uma ligadura. Nas partituras, apenas aparece da segunda forma.
    • LuisEmanuel
      Bending, do inglês dobrar, curvar, é uma técnica de guitarra, utilizada em vários estilos musicais mas afirmada sobretudo nos blues. Consiste numa nota que é subida gradualmente, em glissando, através desta execução específica: toca-se uma nota normalmente mas, deixando o dedo a pressionar a corda, empurra-se para cima ou puxa-se para baixo. Isto vai causar, inicialmente, uma desafinação na corda. Porém, se se for puxando ou empurrando mais, podemos afinar até chegar a uma nota pretendida. Geralmente, os bendings são de meio tom, um tom ou tom e meio, ainda assim, por vezes utilizam-se bendings de um quarto de tom mas também de 2 tons ou 2 e meio.
    • Jotacaster
      Estava aqui a ler este artigo (http://www.premierguitar.com/articles/Hey_You_Cant_Do_That_Know_Thy_Fretboard) e isto é uma das coisas que me tem ocupado nas últimas semanas. Arranjei uma app com exercícios para quando não posso pegar na guitarra mas também não tenho muito que fazer (o dia quase todo).
      Embora a app (Freatboard learn) seja engraçada, não sinto que tenha ajudado muito na hora de pegar na guitarra...
      Quem aqui consegue imediatamente encontrar as notas todas na escala (afinação standard) e como lá chegaram?
      Eu já tentei o método CAGED mas desisti com muita facilidade, infelizmente. Acordes? Arpejos? Dedicar horas e horas apenas a este tema?
      E se já conseguem, o que sentem que mudou na vossa forma de tocar?
      (Pus isto aqui na secção de guitarra porque acho que ninguém passa ali na da técnica e teoria)
    • Rui T
      Decidi ignorar aqui um novo tópico para se postar vídeos técnicos com artistas de que gostamos ou vídeos que acharmos bons para explicar algumas técnicas.
      Começo com o Steve Hackett: