Toda a actividade



Este stream atualiza-se automaticamente     

  1. Hoje
  2. Guitarristas fado

    Cantora e compositora de fado e música portuguesa procura guitarristas ( guitarra portuguesa e viola) para projeto de gravação de EP de originais (já compostos com letra e música) e trabalho sério continuado. De preferência, procuram-se guitarristas com conhecimento de teoria musical e com ideias para colaborar nos arranjos de composição. Contactos: Email: susana4tmc@gmail.com Telm: 933299420
  3. Guitarristas fado

    Cantora e compositora de fado e música portuguesa procura guitarristas ( guitarra portuguesa e viola) para projeto de gravação de EP de originais (já compostos com letra e música) e trabalho sério continuado. De preferência, procuram-se guitarristas com conhecimento de teoria musical e com ideias para colaborar nos arranjos de composição. Contactos: Email: susana4tmc@gmail.com Telm: 933299420
  4. Ontem
  5. Depende do instrumento em si. É difícil adivinhar no futuro o que vai valer muito. Estou certo que quando a malta comprava Gibsons LP em 1959 e 1960 não sabia que iam valer fortunas no futuro... Vejamos dois exemplos: Uma Les Paul em 1959 custava 269 dólares. Com a inflação, segundo o site https://www.usinflationcalculator.com/ hoje seria algo como 2513 dólares. Se virmos no reverb.com uma LP standard hoje é valorizada entre 128000 a 220000. Bom negócio! Em 60 anos valorizou pelo menos 127000 dólares. Não é nada mau, dá uma taxa de juro de 10% acumulada ao ano. Há poucos investimentos que valorizem isso... Por outro lado, se tivermos o azar de comprar uma guitarra de uma marca qualquer (se calhar até melhor), provavelmente nem valorizou nada e hoje temos um pau com cordas que ninguém quer...
  6. Sim, é possível, mas... Não é tão simples como, compro por X e vendo por Y (como é habitual acontecer no comércio de instrumentos novos). É necessário alguma sorte (e trabalho), preço de compra/valor de mercado e o estado da guitarra. A considerar: - Necessita de alguma reparação? - Investir em produtos (diversos), ferramentas (diversas) e conhecimento (o mais importante). - Tempo despendido na verificação e ajustes, limpeza (integral) e cordas novas. Podemos ignorar estes passos e pagar a alguém que o faça por nós e quem o faz e faz bem, tem um custo. Venda em plataformas online, como Reverb e Ebay? Taxas sobre o valor total da venda (+ PayPal). Criar um website, obrigatório! Domínio e alojamento com custos anuais "acessíveis". Investir em anúncios, manter o site actualizado. Risco associado ao transporte, existe. Pode trazer prejuízos! Boas fotos, descrições honestas sem omissões. Resumindo a minha experiência, é possível. Se o retorno que procuras é exclusivamente financeiro, seguramente existem outras áreas de negócio mais rentáveis.
  7. Boss Katana: é do catano?

    Nem de propósito: no sábado toquei num Katana (julgo eu o 50) e ainda que não tenha sido muito tempo, confirmo as impressões do som do @Thomasyoung: limpos fantásticos, distorções não gostei muito, ou seja, quanto mais para o pesado menos me agradou.
  8. Fractal Audio FM3 Amp Modeler/FX Processor

    Bem sacado! Ainda continua pro carote, mas sabendo que as simulações de amp da Fractal são muito boas, é uma boa aposta.
  9. Gostava de saber como é o FX chain, se também funciona tipo grelha como no Axe FX ou se é linear como na AX8 / FX8...
  10. Comprar com a ideia de valorizar e vender!!! Pode sair bem, e pode sair muito mal. Dou o meu exemplo pessoal. Nunca compraria nada usado, por mais do que 50% do preço original. Portanto já perdeste 50 do investimento. E há gente que se recusa a comprar usado. Ha casos de que algumas peças valorizaram-se bastante. Fender de 58, Gibson da mesma época. Portanto, comprar algo assim, daqui a 60 anos poderá ser um bom retorno...ou não, porque naquela época ninguém adivinhou que hoje uma guitarra dessas custa o que custa, porque senão não tinham partido tantas em concertos. De qualquer forma, os instrumentos que normalmente valorizam, são os que custam tanto como um carro. Os outros tendem a desvalorizar.
  11. Romplers VST - o que há por aí?

    O Omnisphere é excelente, gosto bastante. Facil de usar, potente, já o tenho há algum tempo e é daquelas coisas que me faz esquecer por completo o hardware que por aí vai aparecendo.
  12. Muita gente faz isso, eu próprio já o fiz. Mas para que isso aconteça tens de em usados comprar por preços bastante baixos e depois vir então pedir o valor que o "mercado" estiver disposto a pagar por ele. Por vezes aparecem items que dá para se ir ganhar uns trocos maiores, mas para isso tens de ter a sorte de encontrar alguém que não saiba o que está a vender ou esteja mesmo muito desesperado para vender. Eu também já vendi coisas a preços ridiculamente baixos porque me queria mesmo desfazer no imediato daquilo. Depois quem compra que faça ou venda pelo preço que quiser.
  13. Preço são $999 (Direct buy) Ainda bem que não comprei um AX8 em Novembro/Dezembro, pois cheirava-me que algo novo ia aparecer e não me apetecia estara a pagar por "Old Tech" Mais info: https://forum.fractalaudio.com/threads/announcing-the-fm3-amp-modeler-fx-processor.149900/#post-1779185
  14. Encomenda conjunta Thomann - Porto

    Sorry, não tenho hipótese por motivos de trabalho: 9h às 18h não me dá margem para ir aos CTT...
  15. Os barretes e relíquias do OLX

    Boas Já alguém fez algum negócio com este vendedor? https://www.olx.pt/ads/user/zGYY/
  16. Instrumentos como investimento - é possível?

    Sim, se comprares os instrumentos certos. Há uns que valorizam muito rapidamente. Em alguns casos é melhor do que acções da Galp.
  17. O meu Álbum

    Vim aqui deixar o meu álbum de modo a poder partilhar, isto é um projeto em inglês que estive a trabalhar durante vários meses e que neste momento já está disponivel no spotify, espero que gostem e que possam dar a vossa opinião
  18. Boas, acham que a ideia de comprar instrumentos para depois vender com lucro é possível? Sei que o acabei de descrever é o funcionamento de uma loja comum de instrumentos musicais, mas seria possível para particulares obter o mesmo resultado com material usado? O que dizem?
  19. Boa tarde à todos, venho divulgar minha página aos que se interessam em personalizar seus instrumentos musicais de forma única. Saiba mais sobre o Arte à la carte nas páginas do Facebook e Instagram. Obrigada.
  20. Guitarrista "vocalista" disponivel

    Boas pessoal, sou guitarrista com experiência em banda de covers, tenho transporte e material próprio. Bora rockar por este Algarve fora . Posso tentar ser "vocalista" mas sem garantias . Rock on!!!!!
  21. procuro BATERISTA

    Guitarrista/Baixista/Vocalista experiente procura BATERISTA para projeto de 2 elementos. Influências: "Royal Blood", "Lightning Bolt", etc... Áreas de interesse: Experimentalismo e Improvisação. Contacto: Luís Lopes (São Domingos de Rana) jesuslopes67@gmail.com
  22. Baterista com experiência para tocar no Algarve

    Rubén Salamanca
  23. Encomenda conjunta Thomann - Porto

    Olá xtech, as coisas que mandaria vir serão pequenas, tipo cordas e assim. Será que podes enviar por correio depois? Apesar do Porto não ser longe a minha disponibilidade anda pequena....
  24. Guitarra em cortiça expandida

    A sério que a malta está a pegar no mestrado do rapaz??? Damm!!! Que fundamentalismo! Só tenho uma coisa a dizer contra, o braço não é feito por ele para que haja uma reivindicação de mérito a 100%, de resto, a iniciativa parece-me brutal, venham mais. Que o rapaz aprenda e que se torne um bom luthier como há muitos em Portugal.
  25. Última semana
  26. Esses gajos ainda vão lançar o PC10 com o ecrã do Nokia 3310
  1. Ver mais actividade