pipes

Membro
  • #Conteúdo

    15288
  • Registado Em

  • Última Visita

  • Feedback

    100%
  • Reacções ao conteúdo

    170

Reputação

3566 Reputação Brutal

Sobre pipes

  • Aniversário 27-11-1980

Informação de Perfil

  • Género
    Masculino
  • País
    Portugal
  • Cidade
    Cascais
  • Instrumento
    Guitarra

Quem visitou o meu perfil

6295 visitas ao perfil
  1. Edit:
  2. Fodasse, que maneira de começar o dia...
  3. A cena é essa, nunca se sabe que "tática" funciona, por isso mais vale cantar uma coisa decente... Pro ano vai tudo tentar fazer o mesmo e deve ganhar uma merda qualquer cheia de bailarinos e confetis, lol
  4. Lol, eu estava lá! Estiveste lá?! O mais curioso é que a rua estava à pinha...
  5. Merda, tudo merda Por acaso também acho Amor Eletro muito fraquinho, valendo alguma graça à Marisa e Deolinda não muito melhor. Também não sou grande fã desta vaga funk/rnb/soul de HMB, The Black Mamba. Aurea já me dá vómitos; se chamam rock a Capitão Fausto tiram-me 10 anos de vida e put# que pariu Araujo e afins! No fundo sou um infeliz pronto, lol. Pois o mainstream atual não me diz nada, e as cenas mais hipsters (Paus, Linda Martini, etc) mas que têm imenso sucesso, também não consigo ouvir. No fundo, parece que desapareceu (ou deixou de ter importância) tudo o que está no meio do espectro. Meus ricos Xutos, fdx...
  6. Ambos têm razão. Há mérito em muitos casos e há claramente alguns que são "empurrados" vá... Não quer dizer que não sejam bons, não são é melhores que outros que ficaram pelo caminho, isso é que não. Há claramente endeusamentos por parte da imprensa e rádios a artistas e bandas que são meramente razoáveis/banais. Se isto não é fabricar sucessos, então não sei... Lembro-me sempre do urinol do Duchamp Edit: Para que fique claro, não me estou a referir ao Salvador Sobral. Aliás, acho curioso o circo montado pelos media em redor do Salvador, quando a música que ele faz, não tem qualquer espaço de antena nesses mesmo media. Ninguém lhe deu cavaco quando ele lançou o disco. Ele há cenas...
  7. Há muito colinho nesta área, como em qualquer outra. Não me cheira que seja exclusivo do nosso país, apenas temos uma dificuldade acrescida por termos um mercado minusculo e por isso, muito concentrado em meia dúzia de malta (agentes, promotoras, etc) A musica é o que menos interessa por incrível que pareça, e uma vez que somos músicos acaba por ser estranho... Tens que vender um "pacote" (alguns talvez em sentido literal, lol), tens que ser apetecível em termos de produto, tens que te inserir na categoria "in"/da moda na altura em questão (nota-se claramente as tendências pois aparecrm sempre de rajada 3 ou 4 bandas/artistas na mesma onda). É o que é.
  8. https://www.superfm.com/receita-da-tournee-dos-guns-n-roses-chega-a-210-milhoes-de-euros/
  9. Brutal!
  10. O Funchal sendo uma cidade tão turística, com tanta afluência durante o ano inteiro, não tem espaços de música ao vivo? Só lá estive uma vez, durante 2 dias, mas só saí uma noite e foi apenas para beber um copo num bar, não procurei...
  11. https://www.superfm.com/hardwired-to-self-destruct-recebe-disco-de-platina-nos-eua/
  12. Verdade ^^ Da ultima década gostei muito da viragem para o folk/country com o Lost Highways, porque acho que assenta melhor na voz do Jon atualmente. Infelizmente não é isso que os fãs esperam da banda... Testemunho interessante do Eddie Trunk, que penso que não seja totalmente off-topic relativamente ao tópico em questão, pois pode aplicar-se a outras bandas/artistas: Edit 2: https://youtu.be/VIbFhJPCOz8