GANHA 1 pedal Digitech TRIO Band Creator aqui no Forumusica! Consulta aqui o regulamento!

pipes

Membro
  • #Conteúdo

    15395
  • Registado Em

  • Última Visita

  • Feedback

    100%
As minhas Músicas Preferidas

Reputação

3397 Reputação Brutal

Sobre pipes

  • Aniversário 27-11-1980

Informação de Perfil

  • Sexo
    Masculino
  • País
    Portugal
  • Cidade
    Cascais
  • Instrumento
    Guitarra

Quem visitou o meu perfil

6738 visitas ao perfil
  1. Tudo indica que estará. O próprio já disse que não coloca qualquer obstáculo em juntar-se à banda para o evento. Até se diz que estará presente o Alec (baixista original que saiu em '94)! Seria brutal...
  2. Mas o que é que não é um caminho complicado, ainda para mais nas artes e ainda para mais na música? lol Não estou a perceber... É a fazeres o que gostas, que terás mais possibilidade de sucesso, pois vais aplicar-te mais, investir mais tempo, energia, foco e é onde supostamente terás mais vocação/talento, etc. Não podes meter-te num estilo a pensar que vai vingar porque está na moda, pois quando conseguires montar a coisa em condições, já a moda rodou e perdeste tempo numa merda que nem te dá grande gozo e a "agulha" já mudou de direção quando finalmente conseguiste montar o projecto/banda. É simplesmente estúpido. Quantas bandas de funk, soul, pimba, quizomba ficaram pelo caminho? Muitas, tal como no rock, pop, soul... Tens que fazer o que gostas, tentar ser cada vez melhor, investir na coisa (tempo e dinheiro, isto é) e acima de tudo tens de resistir. É uma maratona, não um sprint. É tentar aguentar o barco até que a "moda" mude e até lá, aproveitar as (poucas) oportunidades que surjam... Se resistires e se trabalhares bem e se tiveres conteúdo de qualidade, é uma questão de tempo. Pode é demorar 10 anos e podes não ter a energia para aguentares a coisa, porque a vida vai acontecendo (trabalho, mulher, filhos, despesas, cansaço, falta de paciência), mas as coisas acontecem.
  3. Atenção que eu não estou a fazer nenhuma crítica aos estilos e/ou artistas que mencionei. Também gramo uma boa funkalhada, e gosto de blues, soul, gospel, country, folk, whatever
  4. 1º bold) Cá é um pouco o mesmo. Tens claramente vagas/ondas/modas. De momento a cena funk/soul/whatever parece que é a ultima bolacha do pacote, com bandas como Black Mamba, HMB, Expensive Soul ou mesmo Aurea. Notam-se tendências, nada de novo portanto. Ainda há pouco tempo dei uma entrevista, em que perguntavam pelas referências de rock em Portugal e eu dizia que quando se fossem os Xutos (mal eu sabia do Zé Pedro...) ou os UHF, qual seria a grande banda de rock cantado em português?Capitão Fausto?! Fdx... 2º bold) Isso é verdade ou estás a caricaturar? lol 3º bold) Não é preciso ter singles no top de vendas para conseguires ter sucesso e viveres da música, embora perceba o ponto de vista do produtor. Desde Wolfmother a Rival Sons and so on, não têm singles no topo das tabelas e têm 100 datas por ano em grandes festivais em todo o mundo.
  5. https://www.superfm.com/bon-jovi-dire-straits-e-the-cars-entram-para-o-rock-roll-hall-of-fame/
  6. Não sei bem como abordar este tópico... lol
  7. Curiosidades

  8. Embaixador procura baixista e baterista

    É isso, procuramos dupla de centrais no mercado de Inverno. Esta é a nossa página de FB: www.facebook.com/embaixador.rock Esta é a nossa página no Instagram: www.instagram.com/embaixador.rock Deixo em baixo alguns clips dos singles que lançámos. Tudo o resto podem ouvir nos Spotifys, iTunes dessa vida. Aos interessados, por favor, leiam com atenção o texto seguinte, pois irá poupar muitas chatices, constrangimentos e perdas de tempo para todos (nós e vocês): -Não procuramos hired guns. Quem entrar, entra para a banda, para o gang! Não pagamos a ninguém para ensaiar connosco. Todas as despesas são a dividir por todos (ensaios, gravações, clips, fotos promocionais, tudo!). Por isso se a vossa motivação for financeira, vai ser uma desilusão brutal! Não se metam nisso... -Se estão com a vida toda encrencada a nível de horários (trabalho, famelga, eventuais outras bandas) e procurarem apenas uns gajos para fazerem umas jams e para arejar a cabeça dos problemas da vida, também não vale a pena. Todos temos os nossos compromissos pessoais e familiares igualmente, e isto é para ser encarado de forma séria, mas igualmente leve e prazerosa. Juntarmo-nos para ensaiar, gravar, whatever, não pode ser um sacrifício ou um quebra-cabeças. -Não sei se vamos ter 1 data, 10, 20 ou nenhuma no próximo ano. O que não pode acontecer, é desmarcar datas por falta de disponibilidade ou eventual falta de vontade. Já é tão difícil para uma banda de originais conseguir mostrar a sua música em palcos decentes, quando aparecer a oportunidade, não se recusa. Faz-se o que for preciso para tocar. Lembrem-se que nem sempre os concertos são à 6ª ou Sábado em Lisboa e arredores. Pode muito bem ser no Porto ou Algarve a uma 3ª ou 4ª feira e agendado com um par de semanas de antecedência. E se for uma boa oportunidade, é para ir! Caso contrário, estamos a perder tempo e não vale a pena, ok? -Somos uma banda de rock essencialmente. Com influências clássicas, não necessariamente uma banda revivalista, mas com as influências bem explícitas, mas cantamos em português, o que acaba por mudar um pouco o paradigma. Não necessitamos de virtuosos, necessitamos de malta que goste realmente da música, que queira fazer parte, que queira lutar connosco e que em termos de perfil/estilo, se enquadre na estética da banda. Não têm obrigatoriamente que tocar de P-Bass e a bateria não tem de ser igual à do Bonham, mas se tocam com o baixo no pescoço e gostam é de slaps ou se gramam martelar no pedal duplo, secalhar também não é muito a vossa cena, digo eu, não sei Procuramos gajos com bom som, boa onda, que queiram contribuir para a música e não tanto para o ego. Não fazemos música para músicos. Tocamos alto, com atitude e fazemos a nossa cena. Procuramos malta sólida, coesa e bem resolvida, lol. Temos influências desde Foo Fighters a Aerosmith, de Zeppelin a Hendrix, de Stones a Beatles, desde The Rival Sons a Oasis, de Bush a Stereophonics, de Nirvana a Pearl Jam, de Xutos a Ornatos, de Abrunhosa a Palma... -Em termos de ensaios, nesta fase inicial, até o alinhamento estar bem ensaiado e até ganharmos entrosamento, é natural que se ensaie com maior intensidade (nunca superior a 1x por semana), mas quando a coisa estiver a rolar e não houver nada marcado, basta 1x por mês. Ensaiamos na zona de Sintra/Abrunheira nos estúdios Santa Rosa, durante a semana, em horário pós-laboral, geralmente entre as 22h e as 00h. Algumas reviews de concertos: http://www.artesonora.pt/galerias/embaixador-oeiras/ http://madeinportugalmusica.pt/reportagem-embaixador-deixa-os-dedos-e/ http://madeinportugalmusica.pt/reportagem-embaixador-apresentou-outra/#.U9Jx9fldWwU Clips/singles: Podem responder para o meu e-mail pessoal sff. Se tiverem vídeos vossos a tocar, melhor. Desde já, muito obrigado a todos os eventuais interessados. Mail: gtpipes@hotmail.com Abraço do rock, Filipe
  9. Embaixador: em nome do rock

    http://marta-omeucanto.blogs.sapo.pt/rx-embaixador-724725
  10. Nunca fiz nenhum "casting", pois sempre integrei bandas nas quais fundei ou co-fundei. Fdx, vocês dão-se com malta estranha, lol
  11. Embaixador: em nome do rock

    Obrigado a todos