Liquid

Membro
  • #Conteúdo

    644
  • Registado Em

  • Última Visita

  • Feedback

    100%
As minhas Músicas Preferidas

Reputação

161 Reputação Excelente

Sobre Liquid

  • Aniversário 07-03-1969

Informação de Perfil

  • Sexo
    Masculino
  • País
    Portugal
  • Cidade
    Lisboa
  • Instrumento
    Guitarra

Quem visitou o meu perfil

7982 visitas ao perfil
  1. Os barretes e relíquias do OLX

    Falando de uma forma genérica: Podes acionar a garantia para problemas relacionados com a tocabilidade. Se a guitarra tiver por exemplo um fret ou outro mais alto/baixo, obviamente que a garantia resolve, mas posso dizer-te que normalmente não passa por um fret leveling já que é uma operação bastante agressiva para os frets. Uma coisa são frets descolados/mal metidos, outra coisa são os frets completamente descalibrados em termos de altura. Se o braço estiver com o frets de tal forma desnivelados, ou leva um braço novo ou a guitarra é trocada por outra. Esse tipo de situação, apanha-se logo após a compra.
  2. Os barretes e relíquias do OLX

    Há situações maradas de resolver e que necessitam de uma analise mais cuidada. As vezes nem a assistência técnica local consegue solucionar, e é necessário escalar a situação para a marca/fabrica diretamente. Seja como for, é o que tinha escrito anteriormente, o facto de retirar o braço não é razão para invalidar a garantia, deste que o problema não esteja relacionado com essa operação. Se a marca achar que a rachadela foi causada, por exemplo ao aparafusar o braço novamente, vai ser uma situação complicada de solucionar. Mas digo-te novamente, quando a guitarra ou outro artigo qualquer estiver em garantia, o melhor é deixar a garantia resolver.
  3. Os barretes e relíquias do OLX

    Estou a falar de setups/manutenções simples que não invalidam a garantia do instrumento. Se fizeres um leveling e acionares garantia logo a seguir, acho que o facto de teres retirado o braço é o menor dos teus problemas. Se a guitarra estiver a precisar de um fret leveling a garantia existe para resolver esse tipo de problemas. Vais a loja e explicas o problema, a garantia encarrega-se de resolver a situação.
  4. Os barretes e relíquias do OLX

    O setup faz parte da manutenção regular de uma guitarra. Retirar ou não o neck pode ser essencial para o ajuste do Truss Rod. Por acaso as PRS têm todas o ajuste no headstock mesmo a serie Bolt On que tem o braço aparafusado. A questão pode ter a ver com algum dano que tenha ocorrido quando se retirou ou colocou o braço de volta. Em guitarras de gama mais alta, a junção do corpo com o braço é muito justa e é preciso algum cuidado ao fazer essa operação... como não sei o que aconteceu, é a única explicação que consigo ver. De uma forma geral, não é um simples setup que vai invalidar a garantia, mas pode dar-se o caso de durante o setup alguma operação tenha corrido mal e invalidado a garantia...Exemplo disso é o ajuste do truss rod, que faz parte do setup, se for apertado demais e partir, obviamente que a garantia não cobre. (Mas também não estou a ver a necessidade de retirar o braço numa bolt on da PRS para fazer o setup.) Mesmo a troca de um pickup não invalida a garantia total de uma guitarra, mas se depois de trocar um pickup, fores a marca queixar-te que a guitarra não dá som e o problema estiver relacionado com a montagem do pickup, a marca é capaz de não achar muita piada. Cada caso é um caso e não dá para generalizar.
  5. Os barretes e relíquias do OLX

    Pela minha experiência a área dos instrumentos musicais é do mais pacifico que há no que diz respeito a garantias, quando por exemplo comparada com o ramo automóvel. Ai sim, há verdadeiros berbicachos para resolver, a começar pelos valores envolvidos que são muito mais altos. Eu já tive uma meia dúzia de situações em que a resolução foi complicada, umas resolveram-se outras nem por isso...
  6. Os barretes e relíquias do OLX

    Não ficas em nenhum dos casos, por isso é que acho que olhar para a questão das garantias sem olhar para a marca e assistência técnica oficial, não faz sentido. Posso dar-te um exemplo de uma loja muito conhecida que ainda à relativamente pouco tempo fechou em Lisboa (Av Berna), em que uma guitarra que foi comprada lá, veio aqui para a loja para reparação, em conversa com o cliente veio a verificar-se que ainda tinha algum tempo de garantia, posso dizer-te que a marca assumiu a reparação sem problema nenhum, alias essa questão da loja existir ou não nem sequer se colocou. O cliente tinha a fatura da loja e a coisa foi resolvida sem qualquer tido de stress. Eu acharia estranho era se a marca, se "escondesse" atrás do facto da loja já ter fechado...digo eu.
  7. Os barretes e relíquias do OLX

    Sinceramente eu não vejo isso como uma "desresponsabilização" da Worten...mas cada um é como é, a perceção das coisas varia. No final quem acabou por fazer a reparação foi a assistência da Asus, certo? Eu já dei esse conselho e acabou por ser mais fácil ao cliente ir diretamente a assistência, porque era mesmo ao pé de casa dele... À pouco não tive tempo de acabar o que queria dizer...Levanto-te uma questão, no seguimento dessa linha de raciocino. Suponhamos que a loja onde compraste o artigo, fecha 1 mês depois de o comprares. Levando esse raciocino à letra, se a loja é a única responsável pela garantia, os restantes 23 meses foram há vida?
  8. Os barretes e relíquias do OLX

    Claro que sabe, a começar pela marca escarrapachada no produto. Se qualquer forma, parece-me do senso comum que o consumidor exija que o produto quando em garantia, seja revisto e reparado pela assistência oficial da marca e não por um "jeitoso" qualquer. A loja tem responsabilidade, obviamente, mas quem decide sobre o que é garantia ou não, é a marca e não a loja, e não podia ser de outra forma. Por exemplo, se tu levares um artigo à loja para acionar a garantia e quem esta atrás do balcão disser taxativamente, isto não é garantia...eu por exemplo, como consumidor, exigia que fosse entregue aos serviços técnicos da marca para uma avaliação e ser revisto, depois consoante o relatório, logo se dá outro passo. As situações de garantia são sempre um potencial de conflito e o problema começa quando as posições se extremam e o bom senso deixa de imperar. Em ultima instância terá sempre resolução num tribunal qualquer, mas acho que não interessa a ninguém. Eu acredito que as lojas devam fazer tudo para manter o cliente satisfeito, mas a máxima do cliente tem sempre razão, a experiência encarrega-se de desmentir. Obrigado pelo voto de confiança!
  9. Os barretes e relíquias do OLX

    Epa, eu não escrevi nada disso. Lê outra vez o que escrevi. Seja como for, estas redondamente enganado. Achas que é o empregado que está atrás do balcão que desmonta, por exemplo, o teu amp e vê se o problema é garantia ou não, quando um dos pressupostos da garantia é que os artigos sejam apenas mexidos pelos serviços técnicos autorizados das marcas?! Achas que cada loja tem que ter um serviço técnico autorizado multi marca, com peças, esquemas e um técnico credenciado em 40 ou 50 marcas e que saiba avaliar os problemas de cada aparelho/instrumento?! Pegando no exemplo do amplificador, quando a garantia é acionada pelo cliente, a marca recolhe o dito amplificador na loja e leva para os seus serviços técnicos onde todos os testes e reparações são efetuados. Depois de reparado (ou não) é devolvido à loja para o cliente levantar. É assim em qualquer loja/revendedor autorizado. O custo das reparações em garantia são suportados pelo importador/representante da marca e não pela loja. O que significa que se dependesse da loja, tudo seria reparável em garantia, certo?! (...e ate mesmo no caso dos carros, quem suporta a reparação é o importador, e qualquer intervenção em garantia é sempre feita com a autorização deste)
  10. Os barretes e relíquias do OLX

    A garantia é dada pelo Importador (ou a própria Marca), não é dada pela loja. Normalmente o cliente aciona a garantia na loja por uma questão de conveniência mas quem decide o que é garantia ou não, não é a loja mas os serviços técnicos da marca. O que acontece é que quando a marca não assume quem paga as favas é a loja.
  11. Os barretes e relíquias do OLX

    ...Ou então foi comprado numa loja alemã por um preço inflacionado.
  12. ...sim, mas o preço de venda ao publico é calculado em função de muitos fatores e não apenas do IVA. Basta haver um aumento de preço de custo, como normalmente há no inicio de cada ano para os 8% de desconto irem à vida. Pelo que tenho visto, são mais a lojas estrangeiras que não mexeram nos preços, do que as lojas em Portugal. No meu caso houve uma baixa generalizada de preços nos instrumentos musicais, e sei que maior parte das lojas portuguesas fizeram o mesmo. No caso da restauração, a AHRESP apressou-se a informar que mesmo depois da baixa de IVA não ira haver baixa de preços porque não houve aumento de preços quando o IVA subiu....
  13. Fiscalização do quê exatamente?
  14. Já está em vigor os 13% de IVA para instrumentos musicais (apenas instrumentos musicais) Os preços do site da Mr. Jack ainda estão calculados com 23%, mas o preço final a pagar será com 13%. Como é óbvio este tipo de alteração não é instantâneo, mas em principio durante o fim de semana os preços serão atualizados para a taxa de IVA de 13%.
  15. Black Friday Deals - postem aqui!

    www.mrjackguitars.com BLACK FRIDAY @ Mr.Jack 10% em guitarras e amplificadores 15% em efeitos de marcas selecionadas |JHS | Wampler | Rockett | Xotic | Fulltone | Bogner | Keeley | Diago| - Válido de 23NOV a 25 NOV. - Válido apenas para produtos em stock. - Válido online & in store. - Não aplicável a produtos em promoção. Descontos aplicáveis automaticamente no checkout.