jlcosta

Membro
  • #Conteúdo

    723
  • Registado Em

  • Última Visita

  • Feedback

    100%
As minhas Músicas Preferidas

Reputação

752 Reputação Excelente

Sobre jlcosta

Informação de Perfil

  • Sexo
    Masculino
  • Instrumento
    Guitarra

Quem visitou o meu perfil

2933 visitas ao perfil
  1. Tendências e futuro da música

    Eu sigo este gajo (adoro-o basicamente), e nota-se que ele está bem chateado. Isto é uma estupidez, não sei mesmo onde é que vai dar o moralismo moderno. Talvez na sarjeta!
  2. Tendências e futuro da música

    Tanta gente a morrer à fome no mundo e esse gajo ainda respira. Depois de o ver a defender a lei da cópia provada em 2015... só em saber que ele queria uma percentagem do valor dos meus telemóveis e dos meus computadores fosse para a sua conta bancária... Num tempo de música streaming... Até me arrepia a espinha. Aquele preservativo que não havia no tempo do pai dele... dava tanto jeito porra!
  3. A música e a matemática

    Copyrighting, plágios, cópias... etc... é tudo uma tremenda fantochada. Fantochada! Em Portugal, nos states e em todo o lado. É um tema podre! Plágio é plágio e é muito fácil de identificar, não me venham com merdas. É à pala da falta de sensatez global, sensatez jurídica que depois surgem estes artistas a estupidificarem as burocracias de caca que estragam a música e a arte em geral.
  4. Tendências e futuro da música

    Dois Gigantes!!! Fonix!
  5. Que guitarra comprar? (Opiniões)

    Não é errado dizer-se que P90 são uma espécie de single coils, foram a resposta da Gibson aos single coils da fender há muitos anos. O formato mais quadrado e grosso foi para ser similar à imagem de marca formato humbucker das les paul. Resultaram numa gama de som parecida com os single coil, com menos pujança do que os humbuckers, sendo que acabaram por ficar num meio termo que lhes conferiu outra identidade. Há quem adore o crunch de um P90. Isto de definir pickups é muito teorico, até porque há humbuckers e single coils diferentes entre si, mas na teoria é isto.
  6. Que guitarra comprar? (Opiniões)

    Um amigo meu tem a extreme e gosta. É daqueles negócios com boa relação qualidade/preço. Versátil Q.B.,minimamente equilibrada a nível e peso e desafina "pouco"... Desculpa a expressão, parece-me é que vais passar de cavalo para burro, diria que a tua epiphone é melhor... parece-me!
  7. GAS por AMPS

  8. Os barretes e relíquias do OLX

    AHAHAHAHAHAHAHAHAH. Eu vou-lhe fazer uma proposta só por me ter feito rir hoje.
  9. Ui...Até dói!!

    Epah ninguém começa um hobby a pensar que é caro, acho que o problema é esse. Compras uma "viola" por 100 € e passados 4 anos tens a reforma derretida em material sem te aperceberes. Hoje tenho mais pena de não ter tempo para praticar, do que dinheiro para comprar material novo.
  10. Montra do nosso Gear

    Que tal essa Streamliner?
  11. Os barretes e relíquias do OLX

    Opah, faz-me muita confusão também. É um hábito absurdo.
  12. The New Pedalboard topic

    Cingi-me apenas ao facto de achar esses pedais verdadeiros tanques de guerra, só com defeito de fabrico ou com um uso muito negligente é que corres riscos no negócio. Penso eu. Quanto ao resto era sarcasmo... vamos entrar por questões de ordem pessoal, maneiras que coiso... Cada um sabe de si
  13. The New Pedalboard topic

    O único problema que vejo aí é detestar ambos os pedais De resto... mais facilmente há um novo terramoto em Portugal do que esses pedais se estraguem.
  14. Criação de Solo

    É muito comum que tendo poucos anos de guitarra: - Primeiro, não ter a destreza para "embelezar as notas" através da técnica. - Segundo, não ter a destreza mental e ouvido para se perceber o que se está a fazer certo ou errado mesmo que alguém te diga que a escala a usar é a "X". - Terceiro, a teoria musical é igual para todos, como cada um lhe pega depende do gosto pessoal, da criatividade e do talento e todos estes se trabalham. - Quarto e não menos importante, é normal não gostares de te ouvir quando gravas, acontece com todos os vocalistas quando iniciam carreira, guitarristas, baixistas... todos. Há que relativizar isso, gravar mal, não ser demasiado exigente numa primeira instância e aceitar que faz parte e ninguém nasceu ensinado. Há gajos que têm bom gosto, criatividade, identidade, diferença, é isso que separa os grandes músicos dos normais, os génios dos mortais. Mas tudo isso de uma forma ou de outra é possível de trabalhar, com tempo, com dedicação e sobretudo... muita humildade. Sugiro aprenderes muitos solos, tira covers fáceis, médios e depois difíceis para ganhares destreza. Olha para os "fáceis" para perceber que nem sempre a beleza de um solo está diretamente ligada à velocidade e às 500 notas por segundo, mas sim na emoção das notas. De resto, ficar chateado por não conseguires fazer um Solo hoje, mas voltares a tocar no instrumento amanhã... já faz de ti um bom músico, daqueles que não desistem! Não desistas.
  15. Os barretes e relíquias do OLX

    Conversa bullshit do gajo! É a minha opinião. 500 paus por aquilo nunca vai receber, pode inventar o que quiser!