A.G.E.N.T.E.

Membro
  • #Conteúdo

    423
  • Registado Em

  • Última Visita

  • Feedback

    0%
As minhas Músicas Preferidas

Reputação

91 Reputação Muito Boa

Sobre A.G.E.N.T.E.

  • Aniversário 20-04-1976

Informação de Perfil

  • Sexo
    Masculino
  • Cidade
    Lisboa / Tavira
  • Instrumento
    Baixo

Quem visitou o meu perfil

2771 visitas ao perfil
  1. Problema em material recebido

    Ainda bem que @Alguém deu por isso
  2. Os barretes e relíquias do OLX

    Deixem de ser más línguas, fáxavor. O moço só está a cobrar o extraordinário trabalho de restauro que fez nessa peça de lenha, guitarrona. Para não ser muuuito careiro só está a contabilizar a mão de obra altamente especializada a 300€/h. E Já nem falo do custo acrescido da lata de tinta de spray do continente.
  3. Os barretes e relíquias do OLX

    é uma Ibanhadaz!!! custom made in china com madeira de pau feito
  4. Fonte de alimentação para pedais

    Eu diria que isto deve safar bem. sobre esta e a da concorrência:
  5. Problema em material recebido

    Resumindo, queres reclamar porque o material que te ofereceram não está em conformidade com o que pretendias
  6. Dúvida de Ligação de Baixo ao AMP

    @phillipric Acho que Podes usar o teu material de várias maneiras. Não vejo nenhuma como melhor ou pior, mas como mais ou menos conveniente ou adequada às necessidades. 1- Baixo> Amp Como esse amp tem DI, caso estejas satisfeito com o som que tiras usando apenas o preamp do baixo + equalização do amp, nem precisas da Behringer. Neste caso tens monição de palco + saída DI do amp para a mesa de mistura (PA) que podes optar por pré equalização (som direto do baixo) ou pós equalização.( Eq do baixo + eq do amp) Setup simples e pode ser bastante funcional. 2 - Baixo > Pré/DI > Amp Podes ligar o baixo ao Pré/DI e usar a equalização da behringer para fazer o teu som, mantendo o amplificador flat ou com algumas correções consoante a sala. Com esta opção, podes ainda usar o pré do baixo como som base e ao ativares o pedal teres um som diferente para solar ou slapar ou outra coisa que te apeteça. As principais vantagens que vejo nesta abordagem, são o facto de ser prática de montar e fácil de obter resultados relativamente consistentes de sala para sala. Podes optar pela DI do amp ou do pedal. Mas acho que este pedal não tem uma saída exclusivamente inalterada. Desligado está direto ao baixo, ligada, aciona a equalização. 3- A opção de usar o send/return do amp, permite-te usar a behringer como pré, descartando a equalização do amp com todas as vantagens e desvantagens que isso acarreta. Desta forma a behringer fica diretamente ligada ao poweramp , devendo o knob de volume do pedal controlar o volume geral da tua monição de palco.
  7. Fonte de alimentação para pedais

    Parecem, mas não são. Há um vídeo de um moço no youtube que testa as duas, concluindo que a a Fame (musicstore) é uma "daisy chain in a box" ao passo que a Harley Benton tem de facto saídas isoladas. Assim sendo a mais cara também é melhor.
  8. Caríssimos, workshop à borlix sobre temáticas bastante interessantes. http://www.fundacaogda.pt/pt/formacao-e-desenvolvimento/cursos-de-formacao/clay-ross-os-negocios-da-musica-para-musicos/programa-clay-ross-os-negocios-da-musica-para-musicos
  9. Baixo para gravações caseiras.

    @kyuuga A minha ideia era descrever sucintamente sem entrar em grandes pormenores sobre a temática Mas essa dos jazz só terem alguns sons funcionais em banda... também é um bocado mito. (só para chatear) Boa!
  10. Os barretes e relíquias do OLX

    Este moço é o tal "luthier com muitos anos de experiência", mas que depois quando vai descrever o madeirame usado na construção dos instrumentos, não acerta uma. Qualquer voltinha básica no google permite distinguir maple de wenge, mas ainda assim, um moço tão experiente troca as patas.
  11. Baixo para gravações caseiras.

    Diferenças práticas entre jazz e precision? Assim rápidamente, versatilidade. O Jazz é considerado por muitos a configuração mais versátil e é usado em tudo e mais alguma coisa... do pop, pimba, jazz, funk, metal.. tudo. Precision, é encontrado em muitos estilos diferentes, mas não tantos. Apesar disso muita malta do rock, metal, usa. Ativo/passivo. Sinceramente, nesta gama de preços acho tentava fugir dos ativos e manter a coisa simples. As eletrónicas ativas podem trazer alguma flexibilidade na modelação do som, mas nestes valores o mais provável é apanhares material muito fraquinho. Um pré amp decente custa mais do que o valor que estás disposto a dar pelo baixo completo Posto isto, no teu lugar, atacava os usados e investia num jogo de cordas e num bom setup. Nos usados, o mais provável é precisares de ambos. ... ou ia uma coisa tipo isto: https://www.thomann.de/pt/harley_benton_jb_75mn_black_vintage_series.htm#bewertung
  12. Os barretes e relíquias do OLX

    Ainda sobre o assunto acima... confirma-se! o olx fabrica anúncios (se calhar eu era o único aqui que ainda não o tinha percebido). Contactei os site a referir que havia algumas coisas estranhas em relação a este anúncio e ao comportamento do vendedor e retiram-no de imediato. Não admitiram que o anúncio era treta, mas a celeridade na eliminação do post trata disso por eles.
  13. Os barretes e relíquias do OLX

    Barrete!!??? fosgass então este "user" há dias chamava-se Manoel Torres, agora chama-se OLX???. Não responde nem lê as mensagens enviadas apesar do site informar que esteve online "50" vezes nos ultimos dias. Baixou o preço depois de lhe ter oferecido mais do que está a pedir no anúncio!!! Este user só poder ser burro ou não querer de todo vender o que anúncia. Isto é espéculação, clickbait, ou é só para parecer que há aqui bons negócios? Rajjjparta!!! e eu a pensar que era desta que arranjava um fretless
  14. Montra do nosso Gear

    Nice! Isso são DiMarzios?
  15. Os barretes e relíquias do OLX

    Voto nisso!!! avança é isso e pedir para experimentar sem compromisso e depois dizer que não deve ser original porque as malhas de metallica não estão a soar iguais ás originais.