A.G.E.N.T.E.

Membro
  • #Conteúdo

    445
  • Registado Em

  • Última Visita

  • Feedback

    0%
As minhas Músicas Preferidas

Reputação

126 Reputação Excelente

Sobre A.G.E.N.T.E.

  • Aniversário 20-04-1976

Informação de Perfil

  • Sexo
    Masculino
  • Cidade
    Lisboa / Tavira
  • Instrumento
    Baixo

Quem visitou o meu perfil

3009 visitas ao perfil
  1. Fiquei com alguma pena de não construir a minha própria guitarra com aqueles kits do workshop para os miúdos Apesar da pouca quantidade de guitarras (baixos então.. só havia um) acho que estas iniciativas são sempre de louvar. Curti bastante os pormenores construtivos e acabamentos da guitarra elétrica da Ergon.
  2. Supremíssimo cansaço?

    há vários tipo de cansaço... o que advém das consecutivas frustrações relacionadas com os projetos musicais e o cansaço gerado pelas outras tretas todas do quotidiano. Uma gajo motivado e com objetivos é muitos menos permeável a qualquer um destes. No meu "caso" com a música, e outras atividades que quero desenvolver, tive que assumir que, ou faço cansado ou não faço... portanto, ando sempre estoirado Felizmente motivado!
  3. saco para pedaltrain novo32 - alternativas

    Se te referes a esta última da rockboard, serve perfeitamente para a Pedaltrain Novo 32".
  4. saco para pedaltrain novo32 - alternativas

    Entretanto, já tenho uma negociata apalavrada com uma Mono em 2ª mão, mas descobri uma outra alternativa... a quem possa interessar.
  5. Supremíssimo cansaço?

    Epá, não ligues ao Álvaro que ele escreveu isso em Tavira, numa tarde de agosto, à torreira do sol e num dia assim não tens como não te sentir estafado
  6. saco para pedaltrain novo32 - alternativas

    Também me parece demasiado "soft". Talvez até mais fraco que o saco de origem da pedaltrain, que tem o fundo e o tampo (se se lhe pode chamar assim) num material semi rígido. De momento o que anda debaixo de olho são este modelos: Reparei entretanto que a thomann tem esta gama Voyager que em termos de materiais e construção, é parecido com a Mono. Pena não terem uma versão para pedalboard.
  7. saco para pedaltrain novo32 - alternativas

    Entrar pelo DIY, neste caso não é o caminho que quero percorrer. Precisava fazer um levantamento de materiais adequados, tecidos, como conceber uma "frame" que mantivesse a integridade da mala, ganchos...é muita loucura Em relação aos sacos para teclados e mesas... sim, são uma opção a considerar. Boa! parece uma boa alternativa. "tudo lá dentro"??? andaste a rever as curtas do Tomás Taveira?
  8. Os barretes e relíquias do OLX

    Não sei se percebi bem a tua leitura, mas se percebi, estás a assumir que qualquer revendedor está habilitado a fazer uma peritagem sobre os eventuais problemas que possam surgir em todas as marcas que têm na loja. Na realidade isso é praticamente impossível, a não ser que vendam um número reduzidíssimo de produtos/marcas/referências. Dou-te um exemplo que conheço bem e nada tema a ver com o mercado de instrumentos. Um laboratório de dispositivos médicos vende material a farmácias (que vende milhentas marcas e produtos diferentes), o cliente compra à farmácia um termómetro de infra vermelhos "state of the art" com 3 anos de garantia. Passados 3 meses o cliente aparece na farmácia a dizer que o equipamento não funciona. Achas que os farmaceuticos vão abrir o aparelho e ver se tem componentes danificados? O que vão fazer é recolher informação para facultar ao representante da marca quando este for avaliar o produto danificado. Obviamente neste processo, e como em todo o lado, há bons e maus profissionais e a recolha de informação ou falta dela pode em alguns casos definir a responsabilização da marca. No entanto quem define se a reparação/substituição do item danificado está coberta pela garantia, é a marca. Caso isso não aconteça, é o revendedor que come a reclamação do cliente final com batatas. Daí que as lojas optem por trabalhar com o fornecedor A em detrimento do B.
  9. Rapaziada, adquiri há algum tempo uma Pedaltrain Novo32 que é um "pequeno" trambolho. Acontece que o saco de origem é uma treta e está longe de oferecer uma proteção decente aos pedais. Visto que carrego muitas vezes o material em transportes públicos, tenho andado à procura de sacos alternativos já que as malas rígidas são mais pesadas e incómodas de alombar. - O saco da Mono tem muito boa pinta, toda a malta que usa tem bons comentários sobre a qualidade mas 199€ parece-me uma bocadinho excessivo. https://www.thomann.de/pt/mono_cases_pedalboard_tour_2.0.htm - O saco premium da pedaltrain, ronda os 139€, e apesar de mais barato li uma review (na thomann) bastante má no que toca à qualidade dos materiais e construção. https://www.thomann.de/pt/pedaltrain_soft_case_classic_pro_novo_32.htm -Há algumas malas de teclados onde se calhar conseguia fazer a festa por menos dinheiro, não sei se será o mais adequado. Alguém tem outras sugestões ou opinião sobre o material referido. muchas gracias
  10. Os barretes e relíquias do OLX

    Name and shame !!!
  11. Os barretes e relíquias do OLX

    Saber é poder!!
  12. Os barretes e relíquias do OLX

    Interessante! Não foi isso que a Thomann me respondeu O que me disseram é que a garantia está associada ao comprador e não era transmissível. Sondei-os diretamente para saber se avançava com um negócio que ainda estava na garantia. Em artigos em segunda mão, no caso de ser necessário uma troca ou reparação, ter que chamar o comprador original... parece-me inviável.
  13. Os barretes e relíquias do OLX

    Para o efeito a que destina este material é mais recomendável ...
  14. Guitarra em cortiça expandida

    Acabei de me esbarrar com esta notícia sobre as inovações musicais aqui no nosso quintal Será que isto soa? https://www.noticiasaominuto.com/cultura/1231635/som-da-1-guitarra-de-cortica-expandida-do-mundo-vai-ouvir-se-em-viana?utm_medium=social&utm_source=facebook.com&utm_campaign=buffer&utm_content=geral&fbclid=IwAR0vKz70eIn3k6rZFgVGxc0bsRIxY-bp2N-Efpgz-nqisrd1d14FmJi7ZS8
  15. Pedais de efeitos

    Plenamente de acordo com o @hypermnesium na parte do "investimento". No entanto há outra questão que não pode ser equacionada em apenas em termos financeiros, que é a forma como cada um vive a aventura exploratória dos efeitos. Explico melhor... Há uma grade diferença no processo de descoberta entre os multi efeitos e os pedais individuais. No caso dos multi efeitos, temos uma série de presets, alguns deles que servem de catálogo de possibilidades. Para explorar as potencialidades de uma pedaleira, exige algum estudo e uma disponibilidade mental adequada. Os pedais individuais, são completamente diferentes, no sentido em que são, plug and play... conheço muito poucos pedais individuais que requeiram estudo. Rodas uma série de botões e a experiência está encaminhada. Ambas as abordagens têm prós e contras dependendo do utilizador. @Danicafd, se queres uma sugestão, a Zoom B3n é sem dúvida uma máquina do catado com montes de possibilidades, até relativamente simples de explorar. Pelo preço de um bom pedal individual tens uma monte deles com muito boa qualidade.