resolectric

Membro
  • #Conteúdo

    5977
  • Registado Em

  • Última Visita

  • Feedback

    0%
As minhas Músicas Preferidas

Reputação

2226 Reputação Brutal

5 Seguidores

Sobre resolectric

Informação de Perfil

  • Sexo
    Masculino
  • País
    Portugal
  • Cidade
    Viana do Castelo
  • Instrumento
    Outro

Quem visitou o meu perfil

7717 visitas ao perfil
  1. Old Jerusalem - Certain Rivers

    Existia a F1 original, uma máquina de guerra vista nas mãos de pessoal no Vietname e depois apareceu a F1-N e a New F1, ainda uma máquina de guerra (e arma de arremesso) com acessórios variados. A New F1 já é posterior à A1, a linda máquina electrónica dos LEDs vermelhos. Tanto a F1 (ou a F1N) como a New F1 valem uns cobres! Tens PM.
  2. Old Jerusalem - Certain Rivers

    Que maravilha! Eu tenho duas A1 e uma New F1 com o visor AE-FN. Estive em Marrocos a fotografar a guerra com a Frente Polisário, em 1988 e levei a New F1 e uma das A1, mais nada. Ainda hoje funcionam! Acho que levei duas baterias extra, que não usei e uns 50 rolos que me foram muito úteis. Tenho também uma série de lentes Canon FD (as manuais) mas nunca tive Tilt Shift nem tive aquela que era a minha "objectiva de sonho": a 85mm 1.2 SSC. Sempre quis ter uma e acabei por estourar o dinheiro todo em som. Acho que mesmo hoje, se pudesse, ainda comprava a 85 1.2 se me aparecesse alguma à frente. Como não posso, fica na lista dos sonhos não alcançados. Felizmente, pois não me ia servir para nada! Digitais não tenho. Ou melhor, tenho uma de diskettes 3 1/2, da Sony e o telemóvel. Para mim, fotografia continua a implicar meter o rolo dentro da máquina. Cota...
  3. Old Jerusalem - Certain Rivers

    @tmo: sim, é a técnica "tilt shift". Usavam-se essas lentes para fotografia arquitectural. Por exemplo, fotografar um arranha céus sem dar erro de perspectiva, para não "curvar" as linhas, só com uma lente "Tilt". Eu conheço A minha formação profissional foi em fotografia e video (AR.CO. e IADE) e o som foi um "acidente" que foi acontecendo no underground. Acabou por resistir. Não tenho nenhuma lente Tilt, nem nunca tive, mas pude experimentar uma uma única vez. Essa foto especificamente, essa da casa com o carro vermelho, foi tirada com uma Canon New F1, com uma lente Canon 20mm FD 2.8 mas não me lembro com que rolo. Não tem Photoshop. A digitalização do negativo foi feita com um Epson 4990 e talvez com o programa Silverfast. Não me recordo. É de uma casa que existia nos Arcos de Valdevez, logo abaixo de um parque onde existem duas igrejas e a rua é realmente inclinada. Inclinadíssima! A horizontal seria quase a linha da pintura da casa, acima do tejadilho do carro e mesmo essa linha era ligeiramente inclinada para a direita portanto, a foto está mesmo alinhada pelo horizonte e as inclinações são as reais, do local. Claro que a perspectiva fica absolutamente englobada pela lente só porque usei uma super grande angular. Com uma 28mm já não cabia aquilo tudo. @Rui T: não sei onde se encontram mas vou perguntar ao Francisco. Também só tenho um exemplar extra do "Twice The Humbling Sun" mas esse deves ter. Entretanto vê se a PAD (a editora) tem algum dos discos à venda.
  4. Old Jerusalem - Certain Rivers

    Pra semana lança-se o video com o primeiro single deste álbum e nessa altura partilharei com o pessoal do fórum os detalhes que puder esclarecer sobre as coisas que sei deste trabalho. Para já, é tudo bastante "segredo dos deuses". Entretanto, como não tenho nada a ver com o design ou com a fotografia deste álbum e desta promoção, esclareçam aí essa dúvida da perpendicular da água nessa foto com quem de direito: Ana Magalhães, a fotógrafa. Eu já fiz a fotografia de uma das capas do Old Jerusalem e que, curiosamente, também era inclinada Esta foto: deu esta capa: Depois de colar aqui o videoclip do single, avanço com mais detalhes. Entretanto, tentem lá descortinar esse oblíquo mistério!
  5. Melhores plugins ( Pagos e Free)

    Falta o link!
  6. Old Jerusalem - Certain Rivers

    Está sim. É menos perfeito, tal como as músicas do disco que foram gravadas "em cima do joelho". Direitinho seria monótono. Mas ainda assim, a data de lançamento é capicua. Também pode ser do peso do logotipo gigantesco do Fórumusica, que fica colado em cima de todas as imagens.
  7. Filmes de Rock e demais géneros musicais

    Filme de suspense e quase de terror. Muito original e interessante. https://www.imdb.com/title/tt1833844/reference
  8. Filmes de Rock e demais géneros musicais

    Para quem gosta de Blues: https://www.imdb.com/title/tt0090888/reference
  9. Mitocondrias

    Outro tema do mesmo EP (Festin de Los Cuervos), este com o título "Augardenteiro Blues". Este tema é cantado em galego e fala dos problemas causadas pelas decisões de gabinete, tomadas em Madrid (ou em Lisboa, é igual) e que não reconhecem as tradições que se aniquilam através de medidas cegas. Neste caso fala-se da produção de aguardente tradicional (bagaço) mas podia-se falar das colheres de pau ou da panela de ferro pendurada na fogueira. Até ao 1:15 é o som "live" da FNAC em A Corunha. A partir do 1:15 é o som da produção no estúdio. 5 músicas em 12 horas de produção, gravado em fita, em 2013.
  10. Mitocondrias

    Gravei misturei e masterizei. Mitocondrias, de Ourense (Galiza)
  11. RIP Bruce Swedien

  12. Os barretes e relíquias do OLX

    Acho que vou colar isto na parede da cabine
  13. Curiosidades

    Tem aqui uma boa analise a esse interface: https://www.soundonsound.com/reviews/avid-pro-tools-carbon Para ja, parece ser um sistema fechado. Se gravas 8 canais de microfone nao podes gravar mais nada ao mesmo tempo e tambem, por enquanto, nao e possivel adicionar interfaces. NOTA: desculpem a falta de acentos mas estou com um teclado ingles e nao sei onde estao essas coisas
  14. Numa onda mais Folk...Lusitânia

    Vi este doc há dias e primeiro achei que só ia "espreitar" uns minutos. Afinal, é graaaannndeee.... acabei por ver todo, já o recomendei a alguns amigos e pronto, adorei. Acho que vais gostar de ver.