Sérgio_Sena

Membro
  • #Conteúdo

    156
  • Registado Em

  • Última Visita

  • Feedback

    0%
As minhas Músicas Preferidas

Reputação

84 Reputação Muito Boa

Sobre Sérgio_Sena

Informação de Perfil

  • Sexo
    Masculino
  • Telemóvel
    +447507461098
  • País
    Reino Unido
  • Cidade
    Lundin Links
  • Instrumento
    Guitarra

Quem visitou o meu perfil

1261 visitas ao perfil
  1. Comutador de colunas

    Se as duas resistencias estao ligadas em paralelo, entao o amplificador vai ver uma carga de ~110 Ohm quando o comutador estah em aberto e nenhuma coluna estah ligada. Pode acontecer a meio da comutacao, por issoas resistencias la estao. Ter essa resistencia de ~110 ohm em paralelo com as colunas de 8 ohm, resulta em ~7.45 ohm vistos pelo amplificador, perfeitamente aceitavel.
  2. Engl Z4

    Experimenta fazer como nos primeiros esquemas q puseste. mal nao vai fazer. Se nao gostares do funcionamento, volta ca q falamos outra vez.
  3. Engl Z4

    Nao entendo porque estah la essa resistencia se o botao e o LED estao em serie com o LED+Rele do amplificador. Alias, usar essa resistencia vai alterar significativamente o circuito electrico desenhado pelo fabricante. O LED extra no pedal ja altera, mas menos mal do q c a resistencia extra. O circuito de baixo eh melhor do q o de cima. Melhor ainda eh usar botoes 2PDT/3PDT e o LED num circuito independente.
  4. Engl Z4

    Segundo o esquema, as ligacoes do pedal sao p activar os reles, alimentados a 24V e normalmente com pouca corrente. Nao ha que ter preocupacao com essa ligacao pois nao pasa corrente forte nem alta-tensao, por isso "qualquer" cabo funcionarah, ateh fio telefonico.
  5. Engl Z4

    O que voces procura eh a LEI DE OHM. V = i * R , i = V / R , R = V / i Ao saberem as tensoes de alimentacao e queda no LED, eh facil chegar a uma resistencia. Exemplo assumindo q a alimentacao eh de 9V: R = (9 - 1.7) / 0.02 = 7.3 / 0.02 = 365 ohm. Nao existe facilmente, a mais comum eh 390 ohm que estah perfeita. Eu alimentaria o LED com apenas 10mA, aquece menos e dura mais. O brilho altera pouco para 20mA. Uma decisao pessoal.
  6. MIDI pedal

    Contactei por PM
  7. MIDI pedal

    Sim, entao sao 2 botoes para subir e descer o programa MIDI, de 000 a 127. E outro botao para activar/set/recall esse programa. O q faz este botao eh enviar via MIDI o novo programa. A cada programa pode estar associado mensagens Program Change (PG) ou Control Change (CC). Tudo programavel pelos botos e ecran LED numerico. Podemos falar concerteza eh com todo o gosto, mas estou longe de Lisboa e soh dah por Skype. Pode ser?
  8. MIDI pedal

    Respostas :: 1- Soh a placa electronica £35+portes. Ainda nao tenho caixas prontas p este tipo de pedaleiras. Tenho apenas para 2+1 switches (up, down, set/recall) 2- Editaveis, sim, atraves do display LED numerico. 3- Sim, 9V ou 12V de qualquer fonte/transformador de pedal.
  9. MIDI pedal

    Ola ! Eu faco pedaleiras destas ah medida. Presentemente tenho umas placas electronicas q me sobraram de um trabalho e que posso facultar ja montadas e a funcionar. Nao tem caixa, porem. Obrigado, Sergio
  10. Mostrem o vosso Laboratório!

    Thanks! Sim equipamento felizmente nao me falta, ha coisas q nao estao na foto pois sao aparelhos pequenos e estao arrumados em caixas ou gavetas. Mas sao todos usados frequentemente alguns diariamente.
  11. Mostrem o vosso Laboratório!

    O meu laboratorio e zona de trabalhos. Nao estah muito arrumadinho pois eh usado todos os dias
  12. Voltagem e intensidade num speaker de guitarra

    Tive muito pain, mas agora estou a ter muito gain
  13. Voltagem e intensidade num speaker de guitarra

    Design electronico Mas nao engloba processamento de sinais, o q aih entao teria mesmo de usar muita matematica.
  14. Voltagem e intensidade num speaker de guitarra

    Grande livro, merece o esforco financeiro. A potencia debitada numa carga nao ideal e num mix de Resistiva/Capacitiva?indutiva, levaria-nos fazer matematicas onde entrariamos em valores imaginarios, etc. Sinceramente, os temos de faculdade vao mt longe e da matematica ensinada nem 5% se usa no dia-a-dia da engenharia. O simulador trata disso dando-nos logo as tabelas e os graficos calculados. A contribuicao do @tca estah a ser valiosa, bem-haja ! De acrescentar q o esquema electrico equivalente acima, eh um esquema tipo e nao de todos os speakers no mercado. Cada referencia de speaker tem valroes diferentes nesse esquema equivalente. Mas, p efeitos de aprendizagem e simulacao, esse serve perfeitamente.
  15. Voltagem e intensidade num speaker de guitarra

    Ora bem, vamos lá ver. O meu multímetro disse-me que a corrente era AC e deu-me o valor de pico e a frequência (50Hz). Portanto, eu sei que a voltagem anda constantemente mudar de fase, tipo onda sinusoidal com média 0. Agora uma questão: um osciloscópio aguenta que voltagens? Isto é que não percebi. Se o speaker recebe um sinal AC, com a polaridade a ser invertida 50 vezes por segundo, isso não inverte os pólos?? Porque é que o speaker, tendo polaridade, não é antes ligado a um rectificador de corrente? Se estahs a medir 50Hz, estahs a medir a frequencia da rede electrica. Injectaste um sinal de 50Hz no amplificador ? Estahs a ter inteferencias da rede. Eh normal, sem stress. O importante eh q nao oucas os 50Hz na saida. O osciloscopio aguenta "normalmente" 300Vrms como ja disseram, o q dah uma tensao de pico ~425V peak. mas pensa em RMS q eh o q os multimetros medem nos 230VAC na tomada. Atencao ahs pontas do osciloscopio, teem q aguentar essa tensao. Normalmente 1000V. Outra coisa, se pensarem em medir essas tensoes, deverao isolar o osciloscopio da tensao da rede. isto eh, usar um transformador 1:1 (entrada 230, saida 230) e desligar o fio de terra. Assim teem o scope a flutuar em termos de potencial, mas a medir perfeitamente os sinais sem por em perigo o utilizador e os aparelhos medidos. A circulacao da corrente, observando a Regra da Mao Direita, gera um campo magnetico numa determinada direccao, de acordo como o condutor estah no espaco, ou como estah enrolada a bobina. Uma bobina tem impreterivelmente um sentido de enrolamento. E esse sentido de enrolar, a bater c a corrente naquela direccao, faz c q haja um campo magnetico na direccao no enrolamento, gerando um fluxo magnetico no ferrite/transformador acoplado. Neste caso o acoplamento eh do cone do speaker. O cone do speaker for projectado p expandir p fora. Essa expansao estah de acordo c o sentido do fluxo magnetico q for aplicado. Se for no sentido correcto, o cone expande para fora. Se for no sentido inverso, eh chupado p dentro e eventualmente estraga-se. Agora voces dizem q o sinal eh AC e q o cone oscila nos dois sentidos. Correcto. Mas reparem, se estiver bem ligado, qd o cone estah p fora, o sinal inverso vai leva-lo p a posicao neutra. Se estiver mal ligado, vai oscilar entre o "chupado" e o neutro. Fiz-me entender agora?