stratocosta

Membro
  • #Conteúdo

    6253
  • Registado Em

  • Última Visita

  • Feedback

    100%
As minhas Músicas Preferidas

Reputação

3619 Reputação Brutal

Sobre stratocosta

Informação de Perfil

  • Sexo
    Masculino
  • País
    Portugal
  • Cidade
    PT
  • Instrumento
    Guitarra

Quem visitou o meu perfil

4948 visitas ao perfil
  1. vinil, sempre decora melhor o barraco do que os cd´s podiam começar a vender as capas vazias
  2. @resolectric, em 80 era um miúdo , não tinha capacidade para "entender" esse género. acho que comecei a ouvir o Mike quando tinha uns 15 anos. estava habituado ao que passava dele na radio / tv , quando ouvi o Tubular foi um choque mas o que é isto ? não tem nada a ver com o que ouço na rádio , fui enganado ( comprei a box com os 4 primeiros vinil , complementarmente as escuras , era Mike Oldfield tinha de ser bom ). depois de várias audições entranhou-se e quis mais , era algo diferente que desafiava a mente acho que nasceu ai o gosto por rock progressivo citação do @resolectric: "mas que algo vai mal, vai." falta de exposição é o que é, a minha filha ( 14 anos ) gosta de D.A.M.A mas não gosta de HMB e gosta de Led Zeppelin , Michael Jackson , Skunk Anansie , ( não sei aonde ela ouviu isso a 1º vez ) . de vez em quando aparecem anúncios com clássicos do rock e os putos curtem e cantam os riff´s portanto , falta de exposição de outros géneros nas gerações mais recentes , imho
  3. Os barretes e relíquias do OLX

    é sempre barato para quem vende e caro para quem compra. até compreendo , o € custa a ganhar para a maior parte de nós , mas realmente aparece cada um.... e hoje em dia com a facilidade de cruzamento de preços, não se compreende. pior é gato por lebre e já me aconteceu. pedal com ruído de fundo horrível , contactei o fulano e o bandalho nunca me respondeu. revendi-o mas com a devida informação do problema. quem o comprou arranjou-o e agradeceu-me o negócio
  4. Os barretes e relíquias do OLX

    O preço justifica-se porque o olx está cheio de "engraçadinhos" a oferecer metade do pedido
  5. 1 - e melhor condições acústicas , espaço para uma banda / orquestra completa ,mais e melhor material ( supostamente ) 2 - Mau ? não , quem me dera a mim ter um daw para gravar quando comecei a "brincar" as gravações. e hoje tens daws excelentes e de borla. comecei a gravar com um gravador portátil de k7, depois na hi-fi do meu velhote ( consegui avariar o deck de k7 com umas experiências , tipo por o deck de gravação em pausa , ligar a guitarra direta ao deck com um pedal de chorus , sonzaço até que avariei o deck , não sei como o meu pai não ficou f... comigo ) andava sempre a namorar uns 4 pistas ( k7 ) nas lojas , mas custavam uns 3 ordenados mínimos . adiei , adiei e o meu primeiro multi-pistas foi um pc com uma placa oem com chip Yamaha , basica 2 ins 2 outs , fichas mini-jack, basicamente uma copia das soundblaster. deu para aprender muita coisa. o Mike Oldfield gravou a obra prima dele num multi-pistas de fita , com muito suor e lágrimas. estou a espera do Mike Oldfield do século 21 , supostamente com a tecnologia actual , isso agora era brincadeira. mas ainda não se materializou
  6. sr @Antonio já há muitos anos que existem daws e plug-ins que permitem manipular audio além do que alguma vez a "velha guarda" imaginava , no entanto não se viu/vê grande inovação. tem tudo a ver com imaginação e não inovação. os Beatles não tinham essa tecnologia de ponta e no entanto inovavam criando eles ( e os eng. da altura ) mesmo os sons / efeitos que precisavam e que não estavam acessíveis só com o carregar de um botão como agora. "project studios" com recurso à tecnologia digital. " os grandes estúdios também têm disso e melhor: têm o espaço e técnicos com a experiência que os caseiros não têm. mas isso custa € , sem vendas significativas não há € para "luxos"
  7. Pickups PRS #6

    esse pickup é do caraças !
  8. Ajuda - Como iniciar-me no vinil?

    @hypermnesium, o móvel era uma piada isso e os cabos de audio e alimentação mágicos
  9. Ajuda - Como iniciar-me no vinil?

    começa logo pelo móvel , não podes comprar uma merdice qualquer no ikea : só 280 paus http://www.atacama-audio.co.uk/p/eris-eco-5-0-hi-fi-2-shelf-base-module
  10. Flanger Electric Lady

    *
  11. http://www.noise11.com/news/r-i-p-pono-neil-young-kills-off-his-digital-player-20170423 é um debate interessante a questão do audio HD e vai de encontro ao tópico ( modestamente iniciado por mim ) até porque cada vez mais e como também o @resolectric referiu a qualidade pode estar logo perdida a nascença. cada mais se grava em casa e provavelmente a maior parte não está equipada para gravar / misturar / masterizar em HD. essa parte nem é a que me "preocupa" mais , mas sim o desaparecer de produções de qualidade aonde se investia o que fosse preciso para que a musica sobre representada no seu máximo esplendor. é claro que uma má música será sempre má , mas acho que entendem a ideia
  12. 99% dos ouvintes não querem saber , desde que seja de borla. eu a partir do momento que deixar de existir suporte físico ( não deve acontecer tão cedo ) não vou querer pagar por formatos inferiores. posso nem notar a diferença , mas se é para pagar quero a melhor qualidade possível.
  13. ligeiramente off-topic ( ou não ) @resolectric, já sabes disto : https://eco.pt/2018/04/17/o-primeiro-vinil-hd-podera-chegar-as-lojas-em-2019/ "para criar um “vinil HD” é necessário converter o áudio, digitalmente, num mapa topográfico 3D. Os lasers são depois usados para “imprimir” este mapa no vinil." e que audio ? o analógico , digital ? não era preferir apostar no audio digital HD , que parece estar esquecido ou mais caro só porque os ficheiros para download são maiores ? e isto partindo do principio que o audio originalmente já foi gravado em HD e não estejamos a ser enganados com uma simples conversão
  14. @mpexus e Motorhead nada ? fartei-me de ouvir e ouço o Iron Fist. a entrada do ( dont need ) religion é do caraças. curtia ter um baixo rickenbucker , também por causa do Chris Squire