Ego

Membro
  • #Conteúdo

    1790
  • Registado Em

  • Última Visita

  • Feedback

    100%
As minhas Músicas Preferidas

Reputação

115 Reputação Excelente

Sobre Ego

  • Aniversário 27-01-1982

Informação de Perfil

  • Sexo
    Masculino
  • País
    Portugal
  • Cidade
    Barreiro
  • Instrumento
    Guitarra

Quem visitou o meu perfil

6336 visitas ao perfil
  1. (TESTE) - Rock em Portugal

    Acabei de fazer este teste. A minha Nota: 40/100 O meu Tempo: 106 segundos
  2. E calibras, na GT10, a diferença de opções? Ou seja, ligado no input do amp é diferente de no loop de efeitos. De qualquer modo, experimentar rodar o switch e ver se quando dá Treble no pickup da ponte e Rhythm no pickup do braço. Verifica se tens os tones no máximo. Experimenta baixar o pickup do braço até ao nível do ring e depois calibras o da ponte até ficar nivelados, em termos de som. Depois sobes a zona dos graves no TB6 e baixas no Gibson.
  3. Diria que tens o switch ao contrário, pois se no braço te dá agudos, é porque o switch está a encaminhar o sinal para o pickup da ponte e não do braço. Basta rodares o switch na cavidade. Mas se ou tens agudos ou graves, terás de ver se não tens um problema no wiring, só com fotos é que se pode ajudar. Depois esse pickup, desde que seja colocado baixo e com a zona grave mais elevada, é capaz de fazer o que pretendes. Agora se queres ir gastar mais dinheiro, terás de ver o que usam os guitarristas das bandas que gostas, porque clássico e alternativo na mesma frase, torna-se complicado. O "inicio" dos humbuckers começa com os PAF, seja a versão em alnico 2 ou posteriormente a alnico 5. Portanto começas a ver a partir deste e vais avançado no output/dc resistance e afins para chegares onde pretendes. Ligas a pedaleira diretamente no input do amp, ou usas só efeitos, ou tudo é controlado pela pedaleira?
  4. As vossas próximas guitarras

    Já tive Teles, 1 SX Tele, 1 HB (corpo) com braço de Squier, 1 J&D e de todas a melhor era a HB, porquê? Porque tinha o braço de outra guitarra. É que em guitarras baratas, o som unplugged pode não ser o melhor, mas com pickups melhores, ligada a um amp, podes nunca saber se é uma bagatela ou realmente uma guitarra cara, mas o braço não dá para disfarçar. Eu sou a favor de se fazer mudanças nas guitarras, braços e corpos trocados e, a conclusão a que cheguei, é que o braço faz imensa diferença no som. Não é se é maple, mogno ou outra coisa qualquer, é simplesmente se o braço faz com que o conjunto soe bem, ou mal. Portanto, compra aquele que te parecer melhor para ti, e pensa em comprar um braço em 2ª mão (o Nónio já falou num vendedor do ebay que vende braços baratos e bons), mandas fazer um set up decente e vais ver que ficas com uma óptima guitarra. Pode não valer o preço, mas o valor de mercado pouco tem a ver com as capacidades da guitarra.
  5. Strap para guitarra

    Um cinto nos chineses para pessoas com um bom perímetro abdominal?
  6. Projecto - Guitarra do Metal

    Isso deve ser como os "asiáticos" de 8, mas em que o contacto do meio é que segue para o volume ou jack, consoante o wiring escolhido. É o que me parece.
  7. Amplificador Acoustico

    Já tive uma altura em que procurei algo semelhante e, o melhor que consegui a um preço barato, foi um SS com um altifalante full-range, ligado no return, de resto, como já fou dito, tem de ser algo bom para conseguir dar aquele extra de acústico.
  8. Pickup personalizado

    Os pickups, apesar de ter a sua sonoridade, soam mais a "som eléctrico" que à acústica natural, isso só mesmo com um micro é que se consegue, portanto o ideal será ter 2 sistemas: micro e pickup/piezo. O mais barato, em formato pickup e não peças que se colam no tampo, serão os dean markley ou os artec. Se puderes escolher, opta por humbucker para diminuir a hipotese de apanhar o ruído da corrente. Depois tens várias hipoteses, desde pickups mais caros, a tampas para o buraco com pickup. Eu optei por comprar um piezo da Shadow com jack, sem pré na guitarra, assim não alterei a construção/vibração da guitarra e posso usá-la ligada a um pré externo (a Artec tem um barato) e a 1 ou 2 micros e ter um som cheio. É uma questão de carteira.
  9. Amplifi fx100

    O pedal tem algum parafuso sextavado de lado? Se sim, pode estar muito apertado e haver essa resistência.
  10. Dean só parte Corda Lá (A)

    Se reparares, tens a sela mais atrás que todas as outras. Porque não a viras como no bordão? Assim evitas que a corda bata no parafuso, parece-me que será esse o problema. Tal como disse o sergio.cunha, o ângulo não é o melhor.
  11. GAS por AMPS

    Se vais pra 1x12" tenta que não seja totalmente fechado, pois soará boxy. O problema dessas cabinets é não saberes como irá soar com o TT e, geralmente, os altifalantes têm pouca eficácia (dbs) e tendenciosamente bright. Uma HB vintage fica por 120€, se não gostares do V30 é mais fácil venderes ou trocares.
  12. Mas quando sai uma gama inteira, o código será o mesmo, apenas o processamento muda, certo?
  13. A questão entre gama baixa/média/alta deixa de se colocar, quando a diferença está apenas no processamento, porque o código binário é o mesmo. Quando saiu a Boss GT3, paguei quase o mesmo que paguei pelo HD500.
  14. Lancheira maneirinha

    Ó @Jotacasteranda um THD à venda no OLX por 250€, não seria algo que te interessasse?
  15. That Pedal Show!

    Tive essa cabeça, mas optei por vendê-la. Tinha um bom som de distorção de base, mas como só tem 1 canal, tem que se jogar com o que se pretende.