Ego

Membro
  • #Conteúdo

    1794
  • Registado Em

  • Última Visita

  • Feedback

    100%
As minhas Músicas Preferidas

Reputação

121 Reputação Excelente

Sobre Ego

  • Aniversário 27-01-1982

Informação de Perfil

  • Sexo
    Masculino
  • País
    Portugal
  • Cidade
    Barreiro
  • Instrumento
    Guitarra

Quem visitou o meu perfil

6410 visitas ao perfil
  1. Reparação Amp Aveiro/Coimbra

    Se tiver fx loop (send/return), limpa as entradas com um produto próprio (deoxit, por exemplo) e vê se fixa bom. Os meus amps que fizeram isso, bastou limpar os inputs do fx loop.
  2. Orientação Humbucker

    Eu uso a "zona dos polos" afastada da ponte (no humbucker da ponte), mas no neck uso-o virada para o espaço entre os pickups. A diferença não é abismal, mas noto, no caso da ponte, que o som não é tão tight e ligeiramente menos harmónico, enquanto no neck, noto que não tenho aquele gravalhão solto, mas essencialmente tenho a posição intermédia (os 2 pickups) a soarem mais nivelados. Mas é como o Marco diz, é uma questão de ouvidos e aquilo que se pretende.
  3. Substituição para Digitech RP1000

    Eu também tenho um HD500 e ligo-o ao input óptico dos monitores. Já a usei ligada a poweramps e não tenho razão de queixa. Distorção não considero que seja o seu forte, pelo menos em pedais, no amps acho-o mais orgânico. De resto, eu uso o "fx-loop" dela para usar um pedal de distorção. Mas tendo em conta o orçamento, acho que é procurares nos sitios do costume em 2ª mão, a que tiver melhor preço para ti, aproveita.
  4. Uma das bandas a que pertenço, Ivan Pedreira, fez o "peditório". A ideia parece boa, mas não é fácil. Tem de estar tudo documentado e orçamentado, ainda que não haja verificação do mesmo. Depois tens de andar a fazer publicidade, ou seja, a chatear os teus contactos para fazerem o depósito. E como tudo o que é "chatear"... Uns dizem que pagam depois e dizem-te 2 dias depois do termino que se esqueceram, os que te apoiam realmente pagam logo, e o Facebook bloqueia-te as publicações, porque todos os dias estás a chatear, contudo, se pagares a publicidade, é na boa. Depois, como tens de oferecer algo, naturalmente ninguém quer um password/link para fazer download, preferem um cd, pelo que tens de gastar outro tanto, mesmo que venha contemplado no valor do peditório. Assim, por alto, um albúm barato com gravação, mistura, masterização não te fica mais barato que 2500€, se juntares orçamento de video, cd e publicidade, gastas outro tanto no mínimo. Portanto 5000€ é dificil de juntar. A questão dos auditórios é uma farsa. Ou pagas o aluguer e com sorte consegues que alguém duma CM te veja/oiça e ofereça o aluguer, mas os bilhetes cobram-se sempre. Quem quer sair de casa e pagar 5€ para ver um zé-ninguém? Pois... As editoras ou procuram apenas uma lista de artistas, ou procuram o novo hit. Portanto entra-se de novo no mercado de pescadinha-de-rabo-na-boca.
  5. (TESTE) - Rock em Portugal

    Acabei de fazer este teste. A minha Nota: 40/100 O meu Tempo: 106 segundos
  6. E calibras, na GT10, a diferença de opções? Ou seja, ligado no input do amp é diferente de no loop de efeitos. De qualquer modo, experimentar rodar o switch e ver se quando dá Treble no pickup da ponte e Rhythm no pickup do braço. Verifica se tens os tones no máximo. Experimenta baixar o pickup do braço até ao nível do ring e depois calibras o da ponte até ficar nivelados, em termos de som. Depois sobes a zona dos graves no TB6 e baixas no Gibson.
  7. Diria que tens o switch ao contrário, pois se no braço te dá agudos, é porque o switch está a encaminhar o sinal para o pickup da ponte e não do braço. Basta rodares o switch na cavidade. Mas se ou tens agudos ou graves, terás de ver se não tens um problema no wiring, só com fotos é que se pode ajudar. Depois esse pickup, desde que seja colocado baixo e com a zona grave mais elevada, é capaz de fazer o que pretendes. Agora se queres ir gastar mais dinheiro, terás de ver o que usam os guitarristas das bandas que gostas, porque clássico e alternativo na mesma frase, torna-se complicado. O "inicio" dos humbuckers começa com os PAF, seja a versão em alnico 2 ou posteriormente a alnico 5. Portanto começas a ver a partir deste e vais avançado no output/dc resistance e afins para chegares onde pretendes. Ligas a pedaleira diretamente no input do amp, ou usas só efeitos, ou tudo é controlado pela pedaleira?
  8. As vossas próximas guitarras

    Já tive Teles, 1 SX Tele, 1 HB (corpo) com braço de Squier, 1 J&D e de todas a melhor era a HB, porquê? Porque tinha o braço de outra guitarra. É que em guitarras baratas, o som unplugged pode não ser o melhor, mas com pickups melhores, ligada a um amp, podes nunca saber se é uma bagatela ou realmente uma guitarra cara, mas o braço não dá para disfarçar. Eu sou a favor de se fazer mudanças nas guitarras, braços e corpos trocados e, a conclusão a que cheguei, é que o braço faz imensa diferença no som. Não é se é maple, mogno ou outra coisa qualquer, é simplesmente se o braço faz com que o conjunto soe bem, ou mal. Portanto, compra aquele que te parecer melhor para ti, e pensa em comprar um braço em 2ª mão (o Nónio já falou num vendedor do ebay que vende braços baratos e bons), mandas fazer um set up decente e vais ver que ficas com uma óptima guitarra. Pode não valer o preço, mas o valor de mercado pouco tem a ver com as capacidades da guitarra.
  9. Strap para guitarra

    Um cinto nos chineses para pessoas com um bom perímetro abdominal?
  10. Projecto - Guitarra do Metal

    Isso deve ser como os "asiáticos" de 8, mas em que o contacto do meio é que segue para o volume ou jack, consoante o wiring escolhido. É o que me parece.
  11. Amplificador Acoustico

    Já tive uma altura em que procurei algo semelhante e, o melhor que consegui a um preço barato, foi um SS com um altifalante full-range, ligado no return, de resto, como já fou dito, tem de ser algo bom para conseguir dar aquele extra de acústico.
  12. Pickup personalizado

    Os pickups, apesar de ter a sua sonoridade, soam mais a "som eléctrico" que à acústica natural, isso só mesmo com um micro é que se consegue, portanto o ideal será ter 2 sistemas: micro e pickup/piezo. O mais barato, em formato pickup e não peças que se colam no tampo, serão os dean markley ou os artec. Se puderes escolher, opta por humbucker para diminuir a hipotese de apanhar o ruído da corrente. Depois tens várias hipoteses, desde pickups mais caros, a tampas para o buraco com pickup. Eu optei por comprar um piezo da Shadow com jack, sem pré na guitarra, assim não alterei a construção/vibração da guitarra e posso usá-la ligada a um pré externo (a Artec tem um barato) e a 1 ou 2 micros e ter um som cheio. É uma questão de carteira.
  13. Amplifi fx100

    O pedal tem algum parafuso sextavado de lado? Se sim, pode estar muito apertado e haver essa resistência.
  14. Dean só parte Corda Lá (A)

    Se reparares, tens a sela mais atrás que todas as outras. Porque não a viras como no bordão? Assim evitas que a corda bata no parafuso, parece-me que será esse o problema. Tal como disse o sergio.cunha, o ângulo não é o melhor.
  15. GAS por AMPS

    Se vais pra 1x12" tenta que não seja totalmente fechado, pois soará boxy. O problema dessas cabinets é não saberes como irá soar com o TT e, geralmente, os altifalantes têm pouca eficácia (dbs) e tendenciosamente bright. Uma HB vintage fica por 120€, se não gostares do V30 é mais fácil venderes ou trocares.