SantiagoRamires

Membro
  • #Conteúdo

    92
  • Registado Em

  • Última Visita

  • Feedback

    0%
As minhas Músicas Preferidas

Reputação

43 Reputação Boa

1 Seguidor

Sobre SantiagoRamires

Informação de Perfil

  • Instrumento
    Guitarra
  1. Critique My Mix

    Percebo as tuas sugestões, mas já fogem um pouco da visão que tenho para este tema específico. Claro que as tuas opiniões são totalmente válidas.
  2. Critique My Mix

    Where I No Longer Live You don't have to explain it to me It's not worth it I knew before I knew What you feel only matters to you Just breathe on it While there's something you can do And We Both know The walls are closing in No matter where i go I'm not who I should've Been Somethings can't be fixed so why should we even bother to conflict Letting go will set you free but is it worth it? I don't think it will be And We Both know The walls are closing in No matter where i go I'm not who I should've Been You're a place i visit, but where i no longer live And I don't know If time is on my side Should I listen to my mind Our should i just let it go You're a place i visit, but where i no longer live LOUD Just stared outside the window and left everything undone I walked back to the real world drowning in concern Everyone says it gets easier so I'll wait for a while Keep dragging my old skin and put on a fake smile The city is getting too loud The city is getting too loud The city is getting too loud The city is getting too loud And I can't hear My voice I can't hear my voice The roads are closed and i don't know if i'll be home Its all a story we tell ourselves there's no way around it There's no king among us now that sorrow took the crown I'm gonna hit at seventeen its too late for me to quit Fear i won't feel anything new so i'll just feel like shit The city is getting too loud The city is getting too loud The city is getting too loud The city is getting too loud And I can't hear My voice I can't hear my voice The roads are closed and i don't know if i'll be home My arms are weak, my legs are numb, I should've known And I can't hear my voice I can't hear my voice And I can't hear My voice I can't hear my voice The roads are closed and i don't know if i'll be home My arms are weak, my legs are numb, I should've known Tento ao maximo escrever letras relativamente ambiguas e abertas a interpretação As minhas criticas: - Acho que a voz está relativamente baixa e precisa de mais compressão. Nota-se algumas variações de volume ao longo das frases. Parece muito ao vivo - As harmonias ao centro conferem um carater meio robótico à voz que nao me agrada. talvez se forem mais panned causem mais impacto. - A voz à esquerda e a guitarra à direita soa-me estranho. Acho que a voz principal deve estar sempre ao meio. - O solo de guitarra, e as guitarras lead em geral, estão muito baixas O que gostei mais: - O groove: as guitarras aos lados, o baixo e a bateria. Isso acho qu está spot on.
  3. Sequoia Guzmán - antevisão do album

    Tudo o que dizes faz de facto sentido. E lá está, aqui é uma opção de gosto pessoal e de abordagem à sonoridade. A cena está de facto bem conseguida, disso nao aponto nada. Eu é que faria diferente (faria ou sugeria como produtor). Mas nem Cristo agradou a todos não é E aqui o teu trabalho seria agradar ao músicios em questão acima de tudo.
  4. Sequoia Guzmán - antevisão do album

    Está de facto uma sonoridade porreira, assim meio para tame impala. No entanto, isto é o meu ouvido viciado, acho que esta estética puxava para umas vozes menos naturais. E se calhar mais em coro, nao sei se me faço entender. A voz não me atraí particularmente, também em termos de performance. Obviamente esta é a minha opinião e vale o que vale e nao sei até que pontos terias poder de os influenciar nesse sentido.
  5. Critique My Mix

    Trago-vos aqui outro tema para ser escrutinado. O que mudariam?
  6. Curso de Produção Musical no Porto

    Não conhecia esse curso, parece de facto interessante. Pelo que percebi até parece ser bastante geral e com bons professores. A pergunta que te faço é se é mesmo isso que queres fazer: Ser um producer ou teres forma de reproduzir as ideias que tens para os teus trabalhos. Se for a primeira, acho que fazes bem, é um investimento numa carreira. Podes também considerar os cursos online (RecordingRevolution, Produce Like a Pro, Pro Mixing Academy) se bem que aí nao tens a vertente de captação de som. Se for a segunda opção, não tenho a certeza se será o melhor investimento. Eu sou muito adepto da abordagem DIY, especialmente como produtor. Primeiro, porque sou pobre (forreta, vah). Segundo, porque me dá mais prazer. A questão é que se calhar a curva de aprendizagem é muito mais prolongada. Ou seja, em vez de investir dinheiro, invisto tempo. E se calhar nao aprendo tanto mas é o que me dá mais gozo. A minha ambição como proucer é apenas ter ferramentas para expor as minhas músicas. Tal como a minha ambição como guitarrista diga-se. (Btw, acho que em tempo falei contigo quando estava a formar banda! Bom ver-te por aqui e com o bichinho da música!)
  7. Critique My Mix

    Concordo com as dicas que deram em absoluto. Se calhar as vezes é melhor ter menos gain e atacar as cordas com mais agressividade para soar mais percussivo. Nota-se alguma falta de rigor nos tempos ali para os 4:40m. Uma questão: O local onde gravam está acusticamente tratado? Falo porque as tras parecem ter um reverb "geral" que torna as coisa mais muddy. E acho que tens de definir melhor em cada momento da música qual é a parte que se deve destacar. Soa-me talvez demasiado homogeneo. Não sei se ouviste a minha track mas uso o mesmo material que tu praticamente, usando o EZ Drummer 2 para as drums. Utilizo um microfone de consesador de membrana larga (que veio com a focusrite) para gravar vozes e guitarras acusticas. As Eletricas e baixo uso o Amplitube. Para puxar mais a bateria, costumo misturar uns samples para dar mais power e presença (Sobretudo ao snare).
  8. Critique My Mix

    Se nao me engano, ate tenho algum pre-delay, pode as vezes ser mesmo na "quantidade". Ou no facto de aplicar o reverb a todas as pistas. Achas um bom método ou nem por isso? Lá está, eu faço isso, e não notei esse buzz no low end. Se calhar é porque não devo mesmo mexer. Edit: Abri a sessão e de facto, por lapso meu, tinha o pre-delay muito reduzido.
  9. Critique My Mix

    Queria dar um de dream pop à coisa. Vou experimentar reduzir um pouco a ver como fica (ainda nao esta publico, estou em fase experiências) Quanto ao low end alo nos 90hz, tenho que analisar a cena. Eu nao noto, mas nao da como pegar num spectrum analyzer Realmente é lixado. é que é mesmo sentir que mandaste dinheiro ao lixo e vais ter trabalho acrescido. Acho que no teu lugar, tentava misturar um ou dois temas a ver se a coisa melhorava. Se fosse uma melhoria obvia, era engolir em seco e por mãos à obra!
  10. Critique My Mix

    Obrigado pelo feedback. Nao estou de todo a tentar reinventar a roda, mas tento ser o mais original dentro daquilo que é o meu estilo claro.
  11. Critique My Mix

    I'll go first. Fire away!
  12. Critique My Mix

    Como ja deu para perceber, temos por aqui muita malta que percebe da poda e alguns que acham que percebem da poda (inserindo me eu no ultimo grupo). Como tal, acho que é bastante auto-explicativo: Submetam as vossas tracks e recebam feedback (bom mau, horrivel, lendário) sobre os vossos temas: Desde decisões de arranjo, mixing, mastering, producing, devias ter usado comrpessão paralela para não destruir os transients do hi-hat, tudo aquilo que, na vossa opinião, tornaria a música melhor. Please leave your ego at the door and have fun.
  13. Synaptic Room

    Antes de mais obrigado pelo feedback. Quanto a bateria e baixo, quis manter a cena simples, mais pop rock. Foi uma opção, mas percebo que aches simplista, porque é de facto simplista. Se nao estou em erro (gravei isto à uns meses valentes), acho que existem três layers de guitarra no refrão. Um ao centro (muito enterrada, com o objetivo de dar corpo) depois tenho uma à esquerda e uma à direita. Possivelmente a da esquerda tambem estará enterrada demais e passa despercebida. Relativamente à voz, certo, nao é a mais poderosa, mas é o que temos. Quanto ao som, especial obrigado, tendo em conta que isto foi gravado tudo com uma focusrite e um micro da Scarlett no meu quarto!
  14. Synaptic Room

    Todo o feedback é bem vindo!!
  15. A ultima grande banda de rock

    A nivel de Rock (Guitarras distorcidas) claramente foo fighters. Noutros tipo de rock mais alternativos: Muse, Arctic Monkeys