JRM

Membro
  • #Conteúdo

    641
  • Registado Em

  • Última Visita

  • Feedback

    0%
As minhas Músicas Preferidas

Reputação

148 Reputação Excelente

Sobre JRM

  • Aniversário 09-03-1973

Informação de Perfil

  • Sexo
    Masculino
  • País
    Portugal
  • Cidade
    Lisboa
  • Instrumento
    Guitarra

Quem visitou o meu perfil

2247 visitas ao perfil
  1. The Complete Telecaster Vol II

    Acabamento mauzinho dos frets sobretudo. Falhas na madeira não mas talvez o verniz seja diferente. A verdade é que habituado à suavidade do braço da strat que dá vontade de tocar sempre mais um bocadinho, aquele parecia-me muito agressivo e... desconfortável. Não sei explicar melhor.
  2. The Complete Telecaster Vol II

    Grande trabalho, ficou 100000000x melhor!
  3. The Complete Telecaster Vol II

    Até hoje só experimentei uma HB. Tipo LP, salvo erro. Não era nada feia mas em termos de conforto do braço, por exemplo, estava ao (baixo) nível das Squier Affinity. Acho que está tudo dito. Dá para safar mas... não fiquei fã. Se alguém experimentar alguma mais recente, diga de sua justiça.
  4. The Complete Telecaster Vol II

    O que é bom para quem quer comprar usado para experimentar. Eu estou a gostar da compra que fiz. Sobretudo porque não arrisquei muito (dinheiro) e como tal ainda dá para, se me der na mona, fazer um upgrade em alguma coisa (PU, ferragens) se vir que ganho alguma coisa com isso. Como 2ª eléctrica para mim está boa (agora que já não desafina porque lá a limpei, apertei as porcas dos tuners pois estavam todas meio soltas e pus as cordas como deve ser). Mas agora já percebo quem mete um Bigsby numa tele: quem está habituado a ter tremolo na strat, passa a vida a ir à procura da respectiva barra... Mas para isso há a Strat. A Tele é ponte fixa e ponto final.
  5. The Complete Telecaster Vol II

    As chaves da Strat Americana não servem para ajustar nada nesta Estive a ver e enquanto na truss rod da Strat se usa uma chave Allen de 1/8" (3.175mm) e nas saddles uma 0.050" (1.27mm), na Squier é necessário uma de 4 ou 5mm para a truss rod e de 1.5mm para as saddles. Apenas consegui verificar e ajustar a altura dos pickups. A pestana está realmente a precisar de manutenção/mudança pois devem ter deixado umas cordas literalmente apodrecer na guitarra: há marcas de ferrugem nos slots da pestana. Tem mais uns danos/marcas e estou mesmo no limite de decidir se a limpo bem e deixo ficar ou a troco.
  6. The Complete Telecaster Vol II

    Já me tinha lembrado disso também. Falei nos afinadores porque não me pareceram tão consistentes como os da strat. Acho que a guitarra está a precisar de uns carinhos, um check aqui, passar o lápis acolá, mais um aperto ali... No fundo, é mais uma prova que as guitarras são como as mulheres, não pode ser logo à bruta... A ver se hoje à noite tenho um tempinho para isso.
  7. The Complete Telecaster Vol II

    Comprei uma destas no olx: Tem um som fixe e um braço muito confortável. Está com a acção demasiado baixa (trasteja se palhetar com mais força) e a intonação (é assim que se traduz?) está longe de perfeita. Vinha sem as chaves mas as da strat devem dar. Talvez a primeira coisa a fazer seja dar um toque no truss-rod e/ou levantar as sadles. O que me chateia mais é que meia dúzia de bends e desafina. As cordas são novas (segundo o vendedor e pelo aspecto) mas dá-me ideia que os afinadores não são do melhor que há ou precisam de ajuste. Estou mal habituado da strat que tem uma afinação à prova de bala apesar de estar a precisar de cordas novas há meses E as specs: Model Name: Vintage Modified Tele® Custom Series: Vintage Modified Color / MSRP* / Part # :Black / $332,99 / 032-7502-506 Body Material: Agathis Body Shape:Telecaster® Neck Shape: "C" Shape Number of Frets: 22 Fret Size: Medium Jumbo Frets Position Inlays: Black Dot Fingerboard Radius: 7.25" (18.41 cm) Neck Material:MapleMaple Neck Finish: Gloss Polyurethane Nut Width: 1.650" (42 mm) Scale Length:25.5" (64.8 cm) Neck Plate: Engraved Neckplate Electronics Pickup Configuration:H/H Bridge Pickup: Standard Chrome Covered Humbucking Bridge Pickup Neck Pickup: Standard Chrome Covered Humbucking Neck Pickup Pickup Switching: 3-Position Toggle: Position 1. Bridge Pickup, Position 2. Bridge and Neck Pickups, Position 3. Neck Pickup Controls: Volume 1. (Neck Pickup), Tone 1. (Neck Pickup), Volume 2. (Bridge Pickup), Tone 2. (Bridge Pickup) Hardware Hardware Finish:Chrome Bridge: Vintage Style Strat® Strings-Through-Body Hardtail Bridge String Nut: Synthetic Bone Switch Tips: Aged White Switch Tip Pickguard:3-Ply Black Strings: Fender® USA Super 250L's, NPS, (.009-.042 Gauges) Unique Features: Skirted Amp Knobs
  8. Daro Guitars

    Muito bom aspecto! Specs e preços para membros do Forumúsica?
  9. Ou o abatimento em sede de IRS do IVA gasto em material pelo qual GASeasmos. Preferia isso do que o IVA da comida de plástico que às vezes sou "forçado" a comer.
  10. Infelizmente não! Só o "equivalente" Americano é que tem um 3500cc V6 de 266cv... Por cá em vez do Sienna, a Toyota vende o Verso.
  11. Sim, mas tanto paga esses impostos um carro familiar como um carro de luxo de 3 vezes o preço... Quando comprei a minha carrinha o que mais me custou foi um terço do preço ser IA+IVA quando estava a comprar um monovolume para levar a minha família em segurança, tipo as cadeiras dos 3 selvagens caberem como deve ser.
  12. A estupidez está em haver taxas diferenciadas para vários produtos da mesma "família". Que sentido faz os livros serem taxados a 6% (o mesmo da comida/bens de primeira necessidade) e os cd e dvd a 23%? OK, é para incentivar a leitura mas é por causa disso que se lê mais? Nem pensar, isso foi um lobby bem feito pelas associações de escritores, editores e livreiros. Talvez porque tenhamos um rácio de escritor/habitante excepcionalmente alto e a mania que o Português é uma língua importantíssima a nível mundial (se não fosse o Brasil era tão importante como o Finlandês). Mas também não posso concordar que uma guitarra ou um pedal pague tanto de imposto como um carro de €80.000 ou um hi-fi de €50.000 ou um relógio ou joia de €20.000. Acho que certos produtos, pelo seu elevado valor que não é mais que uma demonstração de luxo e riqueza deviam ser taxados muito mais altos (35-40%) de modo a então ser possível ter uma taxa intermédia para produtos não essenciais mas importantes.
  13. DAC

    Estive a ver o manual da TV (a Philips tem os manuais online) e tem saída áudio analógica e digital. Aquilo já é velhote (10 anos) mas é uma grande máquina. O limite é mesmo a capacidade da PS4 de ler áudio hi-res, pelo que a ideia do streamer de alta qualidade morre mesmo. A Xbox One é melhorzita mas só faz até 48kHz e não 192kHz (converte automaticamente antes de reproduzir). Na volta ainda faço mas é um streamer com um raspberry Pi! Haja tempo e dinheiro...
  14. DAC

    tenho que ver se a tv tem saída de audio. Já estava a pensar ligar a ps4 por hdmi. Parece que a ideia do streamer, pelo menos de alta resolução, já era.