John10

Membro
  • #Conteúdo

    679
  • Registado Em

  • Última Visita

  • Feedback

    100%

Tudo postado por John10

  1. Os barretes e relíquias do OLX

    O moço deve é andar tocado pelo Jack Daniel's ou o raio. Alguém tem que lhe dizer que ter posto a guitarra encostada à TV durante uma repetição do filme "Escola de Rock" não conta.
  2. Orange Rocker

    Nunca experimentei o Rocker, mas dado que quando esse saiu terminaram a produção do Tiny Terror não penso que seja assim muito diferente. E do que ouvi é semelhante em termos de som. Penso que as diferenças essencialmente são no facto de ter um canal clean e um dirty. Tem FX loop. E tem mais opções de regulação do power. O TT é só 7W ou 15 W. Esse é 0.5, 1, 7 e 15 W O que menos me agrada no Rocker é que tenha um speaker de 10". Na minha opinião, pela experiência que tenho no TT, vale bem um speaker de 12" neste amp.
  3. Ruído no amplificador

    Eu penso que isso possa ser algo no amplificador. Qualquer componente ou ligação que não esteja a funcionar correctamente. Se for o caso o melhor é levar a alguém que entenda do assunto.
  4. Apresentacao

    Bem-vindo.
  5. Os barretes e relíquias do OLX

    É para o guitarrista que queira acompanhar uma voz de cana rachada. Cana rachada? Guitarra rachada! Mais uma vez o pessoal aqui é muito hostil para com estas pessoas que vêem além. Agora, quando não se sabe tocar guitarra nada afecta o funcionamento da mesma. Acho que o moço está a ser sincero. -- Relativamente à Squier. O pessoal fala mas o tipo até inclui um "escudo de alumínio" que estou certo é daquelas moedas de alumínio que dá para jogar nos matrecos à borla. 1200€? Um guitarrão Squier "costumizado", um amplificador com um fusível e um escudo de alumínio (no qual podem pôr um cordel e tentar sacá-lo para o reutilizarem nos matrecos/matraquilhos/pessebrico do tasco!)? Pff, pechincha! Já dizia o Scolari. Pimbolim é matraquilho!
  6. Os barretes e relíquias do OLX

    Não sejas mauzinho! Olha-me bem para aquele custom artwork! Se tivesse cheques aqui em casa passava já um!
  7. Os barretes e relíquias do OLX

    Somos dois então!
  8. Setup de Guitarra

    E que guitarra compraste? À partida a viagem não deverá ser razão para um setup novo. A não ser que já venha mal afinada de lá. O pior que pode acontecer na viagem é ela vir danificada por vir mal acomodada, mas penso que é raro isso acontecer. Truss rod é um sistema, controlado por parafuso no topo do braço, onde acaba o fretboard, que podes utilizar para ajustar a curvatura do braço. Não deve estar nem muito curvo nem demasiado plano. Não aconselho a mexer nele se não fazes ideia do que ele faz e qualquer ajuste que faças deve ser sempre pequeno. Mas sim faz isso. Recebe a guitarra e toca nela um bocado e se já tocas guitarra acústica se houver algo de muito anormal deverás notar as diferenças.
  9. Setup de Guitarra

    Mas vais comprar nova? Nem todas as guitarras precisam de um set up, se vais comprar nova, à partida, já vêm decentemente afinadas e prontas a tocar. Se for usada pode ser mais questionável, mas também não é forçosamente necessário fazeres um setup a todas as guitarras que te chegarem às mãos. Compra a guitarra e quando ela chegar analisa a guitarra. Se tem as cordas demasiado altas, se estão em alturas diferentes e sem sentido (nas selas na ponte), se tens dificuldade na afinação. Podes verificar o ajuste de truss rod pressionando a corda de mi agudo no primeiro e último traste ao mesmo tempo e verificando a altura da corda no 12º traste. Verificas e fazes aqui as perguntas que precisares e o pessoal ajuda no que puder. Não vale a pena enfiares logo 50€ ou mais num setup sem saberes se ele é necessário. De qualquer das formas como é a primeira guitarra eléctrica que vais, provavelmente nem entenderias muito bem a diferença entre o antes e o depois. Mas isto é só uma opinião.
  10. Saudações!

    Bem-vindo!
  11. Buraquinho das LP Parte 6

    Podes sempre trocar o knob com outro que esteja normal só para ter a certeza.
  12. Os barretes e relíquias do OLX

    Hey pois é. Que borrada
  13. Que coisa mai liiiinda

    Comprava só pela beleza estética.
  14. O corner das stratocasters

    Se não fosse o neck radius das G&L ser mais flat que as fender e já era rapaz para ter comprado uma. A gama mais baixa da G&L é bastante atractiva. @mpexus Da minha experiência entre MIA e MIM muitas das diferenças em que se nota melhoria nas MIA só são mais aparentes se já estiveres muito habituado a uma MIA. Na minha opinião, nota-se que MIA é uma guitarra com uma construção mais cuidada e equilibrada. Mais polida por assim dizer. Em alguns modelos MIA, penso que nas 2005/2006 a ponte é a mesma que se encontra hoje nas deluxe (se não estou em erro), com o two point tremolo (superior na minha opinião, em termos de afinação) e as selas diferentes das MIA mais recentes.
  15. Os barretes e relíquias do OLX

    Não entendo. Quer dizer que comtractaste o tipo para o informar do preço elevado da gitarra ilétrica? Cheira-me que ele não vai achar grande piada. Na descrição diz que não vende por menos de 500€, SEM PEDAL!!!
  16. (TESTE) - Rock em Portugal

    Acabei de fazer este teste. A minha Nota: 30/100 O meu Tempo: 75 segundos
  17. Upgrade De Amplificador

    No meu Peavey Bandit tinha duas entradas e cheguei a ligar a guitarra e um microfone ao mesmo tempo. Era grande borrada mas funcionavam ao mesmo tempo.
  18. Upgrade De Amplificador

    Este post do @tmo devia de ir para um sticky acerca de comprar 1º/novo amp. Contudo, isso foi tanta info que o OP desistiu de comprar um amp.
  19. Téras um som "Mais para si" Agora a sério, amplificador LIDL = GAS -- Se desejares utilizar as emulações de amplificadores uma coluna é de facto o melhor. Além do mais eliminas a imprevisibilidade de alguns amplificadores e consequentes impactos que efeitos têm nos mesmos. Se usares a pedaleira só pelos efeitos, como uma pedalboard tradicional, então iria para um amplificador. E se fosse o caso dependeria sempre do orçamento que tivesses disponível.
  20. Hello!

    Bem-vindo @May!
  21. Viva! Como sabem tenho um Tiny Terror. E se por um lado gosto bastante do som do amp, por outro, dada a existência de apenas três controles, o mesmo torna-se limitado em termos de ajuste de som. A minha questão é, se eu metesse um pedal equalizador à frente do amp, dado que não tem Fx loop, conseguiria modelar o som de forma a poder ter pelo menos dois sons estáveis e distintos sem ter de estar sempre a mexer no amp e outros pedais da cadeia? Ou o equalizador vai ter efeito aparente, mas menor? Com isto não estou à espera de transformar o TT num Twin Reverb ou coisa do género, claro está! Agradeço as vossas respostas, e já agora, recomendações de pedais equalizadores. Bom e barato (à tuga) de preferência Obrigado.
  22. Equalizar ou não equalizar? Eis a questão

    Essa era a minha ideia inicial. Mas no final e do que pude ler e ouvir na net não me parece que vá fazer tanta diferença que me valha a pena o investimento. O meu drive já tem EQ de três bandas e já consigo algum impacto. Não creio que o EQ fosse mudar muito para além disso. A minha intenção era dar alguma polivalência a um amp com limitação em termos de equalização. Mas como disse, e tu também, não creio que a diferença seja muito grande.
  23. Delays

    Ora aqui está o meu Flashback já no sítio e a delayar!
  24. The New Pedalboard topic

    Depois da aquisição do Flashback x4 a minha pedalboard está assim. Podem estar descansados que já limpei o pó entretanto Tenho o Pulsar e o Memory Boy de parte agora. Ando indeciso se vendo ou não. A ver vamos.