hypermnesium

Membro
  • #Conteúdo

    1796
  • Registado Em

  • Última Visita

  • Feedback

    0%
As minhas Músicas Preferidas

Reputação

973 Reputação Excelente

1 Seguidor

Sobre hypermnesium

  • Aniversário 03-03-1983

Informação de Perfil

  • Sexo
    Masculino
  • País
    Espanha
  • Cidade
    Barcelona
  • Instrumento
    Baixo

Quem visitou o meu perfil

4628 visitas ao perfil
  1. Os barretes e relíquias do OLX

    E atenção, há trafulhice e desconhecimento. Há muita gente que simplesmente não tem noção do valor do que tem.
  2. Os barretes e relíquias do OLX

    Mas olha lá a personalização!! Já para não falar que vem com um IBZ-5!!
  3. Também parava para ver a Miss Portugal, não pela paixão que havia no país pelo festival ou concurso de misses, mas por falta de opções. Honestamente, no que toca a cunhas, este formato não é menos "limpo" que o tradicional, na prática a diferença é que tudo é ás claras, a RTP convida músicos e já está.
  4. RIP Tom Petty

    Mais um grande que nos deixa.
  5. Bem... eu acho que este sistema fechado é para evitar coisas como estas que se passaram aqui em Espanha. Um programa de humor fez um sketch e como piada decidiram inscrever-se no festival. Resultado, esta é a representação Espanhola em 2008.
  6. Warwick baixa preço dos baixos em cerca de 50%

    Parece-me bem que baixem os preços dos RB em 50%, assim já passam a ter preços mais justos para a qualidade que tem e ainda assim, estão caritos alguns. Em abono da verdade, há uns anos atrás a Warwick melhorou bastante a qualidade dos RB mas ainda assim não se justificam os preços de 1000€ em alguns modelos nem a subida de preços que sofreu a Warwick há uns anos atrás.
  7. Os barretes e relíquias do OLX

    Por esse preço vendo o meu Já vi esses baixos de 900 até aos 1800€, mas 3500 é esticar demasiado a corda.
  8. Gibson põe Hamer em tribunal

    A Hamer quando começou era precisamente "cópias" boutique de guitarras Gibson e até se não estou em erro, este nem sequer é o primeiro processo que a Gibson lhes mete. Lembro-me de experimentar umas quantas Hamer USA numa loja que havia no porto e eram muito boas guitarras, tenho a minha Slammer Series das primeiras e é uma excelente guitarra (para o preço, que não era especialmente baixo na altura), mas a dada altura a qualidade de construção foi descendo, a visibilidade da marca também e foi até praticamente desaparecerem do mapa. Se tentarem voltar ao mercado com guitarras da gama XT ou as últimas Hamer (non usa) não vale a pena, que se deixem estar quietos.
  9. Ordem de pedais

    A ordem que eu usaria seria exactamente a mesma que disse o @xtech mas provavelmente não usaria o loop por questões práticas, menos cabos, loops de qualidade duvidosa... Mas lá está, nada como experimentar e decidir se o loop e os cabos extra valem a pena.
  10. Gibson põe Hamer em tribunal

    Vamos lá ver, a quem é que a Gibson ainda não processou??
  11. Crowdfunding para músicos - o que acham?

    Tendo em conta o pouco tráfico que actualmente tem o fórum e as complicações legais de montar um sistema deste género, eu diría que é má opção. Tens sempre formas de contornar o aspecto legal, trabalhando por exemplo com uma plataforma já existente de crowdfunding como afiliado por exemplo ou arranjar uma empresa que gestione os pagamentos sem que o fórum tenha rigorosamente nada a ver com o assunto mas tendo em conta o pouco volume de "vendas" do fórum, há que ter em conta que uns 30% do dinheiro doado no crowdfunding ficaria nessa mesma empresa. Been there, done that. Há uns anos apresentei essa mesma ideia e as coisas ficaram em águas de bacalhau. Falei com vários bares, salas de concertos, bandas e por aí fora e o feedback foi negativo. Bandas apareceram muitas, sítios interessados no projecto e gente disponível para ajudar também foi praticamente zero.
  12. Paco Bandeira cilindra 50 mil discos seus

    - Gente que clica em links errados - Aparentemente, o Paco Bandeira!!
  13. Paco Bandeira cilindra 50 mil discos seus

    O engraçado é que o vídeo é de 2010, o Paco Bandeira anunciou á imprensa que queria gravar esse vídeo a destruir os discos e ninguém quis saber disto, agora, 7anos depois, á falta de listas de mortos nos incêndios, a imprensa resolveu noticiar algo que tem 7anos como sendo actual. Eu acho um bocado ridículo este tipo de protestos, vindos de quem vem. As playlists das rádios e as quotas não são actuais, já existem há mesmo muitos anos e, durante muitos anos, artistas como o Paco Bandeira beneficiaram delas, hoje em dia, quando ligo a rádio portuguesa, ainda continuo a ouvir artistas portugueses, não ouço é José Cid, Paco Bandeira, Zeca Afonso, etc, etc. Os serviços de streaming, downloads ilegais e por aí fora, mudaram radicalmente a indústria e não propriamente para melhor e não acho que seja mais fácil para ninguém este novo mercado, mas, apesar de ser um mercado menos rentável, as regras continuam a ser claras e quem controlava a indústria, continua a controlar. Fabricar 50000 discos em Portugal, mesmo que fossem 5 álbuns diferentes a serem fabricados, fariam com que esses discos entrassem nos tops de vendas nessa semana, no mínimo, se fosse apenas um disco, em 2010, dava para dupla platina e um ouro, o que me leva a crer que, esses discos, já estavam armazenados desde o seu lançamento, que já tinham sido fabricados com intenção de adulterar os tops (coisa que todos fazem) e que estavam algures na garagem do Paco Bandeira a apanhar pó. Onde quero chegar, as regras do jogo podem ser sujas (que o são), injustas. Se és capaz de gerar vendas e dinheiro, há sempre alguém disposto a pagar-te essa fabricação de discos extra para entrar nos tops, há sempre quem vá de rádio em rádio com o teu disco e um envelope para que entres nas playlists, que fale com as organizações dos grandes eventos para que entres no cartaz, nos programas de TV, etc, etc. A grande maioria dos "artistas" que agora se queixam são os mesmos que quando beneficiaram desta máquina, não a denunciaram, não a criticaram e agora que perderam o comboio e a máquina saltou para outros artistas mais jovens, resolveram queixar-se.
  14. União Musical Lisboa, o que passou?

    Se a loja de Lisboa fosse como a de Barcelona, não se perdeu nada por ter fechado. O material por norma era fraco, os preços altos e o atendimento deixava mesmo muito a desejar. Ainda assim, infelizmente não foi a pior loja onde fui aqui.
  15. AJUDA Sff - Iomega ZIP Drive 250Mb

    Também tens versões USB, pelo menos a minha drive era.