hypermnesium

Membro
  • #Conteúdo

    1859
  • Registado Em

  • Última Visita

  • Feedback

    0%
As minhas Músicas Preferidas

Reputação

1068 Reputação Brutal

1 Seguidor

Sobre hypermnesium

  • Aniversário 03-03-1983

Informação de Perfil

  • Sexo
    Masculino
  • País
    Espanha
  • Cidade
    Barcelona
  • Instrumento
    Baixo

Quem visitou o meu perfil

5288 visitas ao perfil
  1. Compra de guitarra eléctrica

    Eu quando vivia no Porto deixava as guitarras ao António Vinhas. Agora ele não tem loja no Porto mas tem oficina em Gaia se não me engano, é questão de encontrar o número dele e já fico a saber. Ele trabalha bem e gosta de falar e mostrar o que vai fazendo, portanto, se tiveres paciência e ele tempo, é uma pessoa que te pode dar umas dicas. Tens também o Celso (http://www.afinasounaoafinas.com/contacto.html) no porto, não sei é até que ponto ele terá tempo para te estar a explicar o que vai fazendo á guitarra mas também ficarias mais que bem servido com ele. Tens o Luís Farinha (https://www.facebook.com/luisfarinhacustomguitars) que está se não me engano em Vila do Conde, tanto quanto sei é uma excelente opção, por acaso nunca nenhum instrumento meu lhe passou pelas mãos mas conheço bastantes clientes dele satisfeitos que nem pensam duas vezes antes de o recomendar. Resumindo, tens muito boas opções no Porto e arredores, é só escolheres.
  2. Ampeg Classic Analog Bass Preamp

    Eu digo isto por uma questão prática. Imagina que vais tocar a qualquer lado e não levas o teu amp, podes sempre usar o pré com DI para passares directamente o teu som para o PA. Quanto á qualidade, eu do que me lembro do Bass Attack, acho que o Ampeg é provavelmente superior, mesmo sem o ter experimentado. Tanto o Hartke como o Edem, nunca me convenceram.
  3. Compra de guitarra eléctrica

    Tens que ter em conta que ajustar uma guitarra tem dois factores importantes. Um deles é a afinação, que a guitarra esteja afinada e que mantenha essa afinação. Depois tens um segundo factor que é experiência, ou seja, há determinados elementos numa guitarra que com a experiencia tu vais querer alterar á tua maneira. A minha recomendação é, para começares e podendo, leva a guitarra a quem saiba e que te faça um setup relativamente standard. Basicamente que os trastos estejam nivelados, o braço esteja em condições, escala hidratada, guitarra afinada e com uma acção decente para que toques comodamente. A partir desse momento toca mais e preocupa-te menos com a guitarra em si. Daqui a uns tempos, quando já tiveres melhor domínio do instrumento e já tiveres uma opinião mais bem formada sobre o tema de afinação e ajuste da guitarra, estudas um bocado o tema e já poderás chegar a um técnico e dizer-lhe o que tu queres e aprenderes a faze-lo tu mesmo.
  4. Compra de guitarra eléctrica

    Portanto, á recomendação de não tocar no truss rod, a tua reacção foi tocar outra vez no truss rod Não sei de que zona do país és, mas há bastante malta a trabalhar nesta área por esse país fora. E nada como aprender com quem sabe. Vídeos e livros ajudam muito, sem dúvida, mas se tens 0 experiência, eu não arriscaria.
  5. Compra de guitarra eléctrica

    Não sei que óleo mineral te recomendaram mas atenção a óleos que tenham abrasivos. Quanto a tudo o resto que parece que estás a fazer á guitarra, atenção porque andar a brincar com o truss rod pode trazer-te um desgosto se não tiveres cuidados, já para não falar que o "problema" pode nem sequer estar aí. Tendo em conta que estás a aprender e a começar, leva isso a alguém que saiba, te deixe a guitarra em condições e se puderes fica a ver o que ele está a fazer, como o está a fazer e que materiais está a usar.
  6. Restauro de ponte PRS

    Falta de cuidado é favor. Isso está em muito mal estado, aliás, num estado que eu, leigo nestas coisas, nunca diria que algum dia isso foi parte de uma guitarra de gama alta. Mas mesmo que estivesse em melhor estado, continuava a recomendar comprar uma nova e não devolver-lhe o dourado porque tanto quanto sei, é um trabalho caro.
  7. Restauro de ponte PRS

    Sim, isso é uma ex ponte. Isso saiu de uma PRS? Em que condições estava a guitarra em questão? Já vi muita ferragem de guitarra em mau estado, mas isso é nível "guardo a guitarra num aquário de água salgada".
  8. Ampeg Classic Analog Bass Preamp

    Bem, esperei a ver se alguém respondia, como ninguém se chegou á frente, aqui vai. Nunca testei esse pedal mas os vídeos que vi dele nunca me deram especial vontade de ir a uma loja e experimentar um. Aparte disso, um pré sem DI para mim fica-me curto, por muito que o preço seja interessante.
  9. Compra de guitarra eléctrica

    O @tmo já te respondeu a quase tudo. Tens apps de afinadores satisfatórias e além disso, pensa que um afinador não é especialmente caro (obviamente estou a falar de um afinador básico). Discordo dele num ponto, que é a placa de som em vez de amp. Eu acho que uma pessoa quando está a começar gosta de fazer barulho, simplesmente ligar um jack, amp e tocar. Sem ter que ligar o pc, usar simulações, comer com a latência, já para não falar que abres aquilo e o mais normal é, perderes horas a tentar perceber como funciona, efeitos, amps, etc. Para mim, a placa de som é algo que é muito interessante já mais á frente na aprendizagem. Quanto ás guitarras em si, são muito semelhantes em termos de qualidades mas tens que entender que por esta gama de preços, dificilmente vais conseguir uma guitarra que digas "uff, tenho guitarra para anos". Além disso, não te preocupes especialmente com a suposta versatilidade de teres um humbucker em vez de um single na ponte porque quando perceberes a diferença entre ambos, o contexto em que um é mais útil que o outro e como o usar, provavelmente já estarás a pedir uma guitarra nova Um ponto muito importante para mim, as aulas. É muito fácil desanimar a tentar aprender um instrumento sozinho e a guitarra pode ser muito ingrata e um professor que ajude, corrija erros e posturas e te consiga manter motivado, é meio caminho andado para avançares melhor e mais rápido. A ser possível, faz umas aulas.
  10. Os barretes e relíquias do OLX

    Nesse caso, retiro o que disse. Á primeira vista, parece-me um anúncio relativamente normal, com excepção do super setup.
  11. Os barretes e relíquias do OLX

    Pensei exactamente o mesmo. Em nenhum lado diz que é uma Gibson ou que é de um Luthier desconhecido do Burkina Faso com madeiras de árvores que foram deitadas abaixo por castores e outras tretas do género. Parece-me um anúncio completamente normal.
  12. Os barretes e relíquias do OLX

    E eu a pensar que eram string retainers
  13. Os barretes e relíquias do OLX

    Prendedor de cordas? 2000€?? Fender?? Eu ás vezes até duvido se esta gente publica estes anúncios de má fé ou não tem mesmo a mais pequena ideia do que estão a falar.
  14. Guitarra Flamenco

    Por curiosidade, que modelo??
  15. Entre estas 2 qual???

    O que eu te digo é, são duas guitarras mais ou menos dentro da mesma gama, mas com estilos bastante diferentes como já apontei antes. Portanto, entre as duas, a nossa opinião acabaria por ser bastante subjectiva, no fundo, gostos e estilos de tocar. Por exemplo, eu com esse orçamento iria provavelmente para uma guitarra tipo a PRS SE, single cut e ponte fixa (e ainda poupava uns trocos para arranjar forma de esconder a passarada da escala), mas lá está, gostos pessoais. Já agora, alguém tem experiencia com a PRS SE Singlecut Korina?? O @tmo deu uma opinião muito válida, eu dou-te outra diferente. Se esta vai ser a tua guitarra principal, qual delas se aproxima mais da tua forma de tocar? Portanto, tens os dois lados, procurar novas sonoridades e formas de tocar ou melhorares o material que tu já tens.