hypermnesium

Membro
  • #Conteúdo

    1789
  • Registado Em

  • Última Visita

  • Feedback

    0%
As minhas Músicas Preferidas

Reputação

947 Reputação Excelente

1 Seguidor

Sobre hypermnesium

  • Aniversário 03-03-1983

Informação de Perfil

  • Sexo
    Masculino
  • País
    Espanha
  • Cidade
    Barcelona
  • Instrumento
    Baixo

Quem visitou o meu perfil

4518 visitas ao perfil
  1. Gibson põe Hamer em tribunal

    A Hamer quando começou era precisamente "cópias" boutique de guitarras Gibson e até se não estou em erro, este nem sequer é o primeiro processo que a Gibson lhes mete. Lembro-me de experimentar umas quantas Hamer USA numa loja que havia no porto e eram muito boas guitarras, tenho a minha Slammer Series das primeiras e é uma excelente guitarra (para o preço, que não era especialmente baixo na altura), mas a dada altura a qualidade de construção foi descendo, a visibilidade da marca também e foi até praticamente desaparecerem do mapa. Se tentarem voltar ao mercado com guitarras da gama XT ou as últimas Hamer (non usa) não vale a pena, que se deixem estar quietos.
  2. Ordem de pedais

    A ordem que eu usaria seria exactamente a mesma que disse o @xtech mas provavelmente não usaria o loop por questões práticas, menos cabos, loops de qualidade duvidosa... Mas lá está, nada como experimentar e decidir se o loop e os cabos extra valem a pena.
  3. Gibson põe Hamer em tribunal

    Vamos lá ver, a quem é que a Gibson ainda não processou??
  4. Crowdfunding para músicos - o que acham?

    Tendo em conta o pouco tráfico que actualmente tem o fórum e as complicações legais de montar um sistema deste género, eu diría que é má opção. Tens sempre formas de contornar o aspecto legal, trabalhando por exemplo com uma plataforma já existente de crowdfunding como afiliado por exemplo ou arranjar uma empresa que gestione os pagamentos sem que o fórum tenha rigorosamente nada a ver com o assunto mas tendo em conta o pouco volume de "vendas" do fórum, há que ter em conta que uns 30% do dinheiro doado no crowdfunding ficaria nessa mesma empresa. Been there, done that. Há uns anos apresentei essa mesma ideia e as coisas ficaram em águas de bacalhau. Falei com vários bares, salas de concertos, bandas e por aí fora e o feedback foi negativo. Bandas apareceram muitas, sítios interessados no projecto e gente disponível para ajudar também foi praticamente zero.
  5. Paco Bandeira cilindra 50 mil discos seus

    - Gente que clica em links errados - Aparentemente, o Paco Bandeira!!
  6. Paco Bandeira cilindra 50 mil discos seus

    O engraçado é que o vídeo é de 2010, o Paco Bandeira anunciou á imprensa que queria gravar esse vídeo a destruir os discos e ninguém quis saber disto, agora, 7anos depois, á falta de listas de mortos nos incêndios, a imprensa resolveu noticiar algo que tem 7anos como sendo actual. Eu acho um bocado ridículo este tipo de protestos, vindos de quem vem. As playlists das rádios e as quotas não são actuais, já existem há mesmo muitos anos e, durante muitos anos, artistas como o Paco Bandeira beneficiaram delas, hoje em dia, quando ligo a rádio portuguesa, ainda continuo a ouvir artistas portugueses, não ouço é José Cid, Paco Bandeira, Zeca Afonso, etc, etc. Os serviços de streaming, downloads ilegais e por aí fora, mudaram radicalmente a indústria e não propriamente para melhor e não acho que seja mais fácil para ninguém este novo mercado, mas, apesar de ser um mercado menos rentável, as regras continuam a ser claras e quem controlava a indústria, continua a controlar. Fabricar 50000 discos em Portugal, mesmo que fossem 5 álbuns diferentes a serem fabricados, fariam com que esses discos entrassem nos tops de vendas nessa semana, no mínimo, se fosse apenas um disco, em 2010, dava para dupla platina e um ouro, o que me leva a crer que, esses discos, já estavam armazenados desde o seu lançamento, que já tinham sido fabricados com intenção de adulterar os tops (coisa que todos fazem) e que estavam algures na garagem do Paco Bandeira a apanhar pó. Onde quero chegar, as regras do jogo podem ser sujas (que o são), injustas. Se és capaz de gerar vendas e dinheiro, há sempre alguém disposto a pagar-te essa fabricação de discos extra para entrar nos tops, há sempre quem vá de rádio em rádio com o teu disco e um envelope para que entres nas playlists, que fale com as organizações dos grandes eventos para que entres no cartaz, nos programas de TV, etc, etc. A grande maioria dos "artistas" que agora se queixam são os mesmos que quando beneficiaram desta máquina, não a denunciaram, não a criticaram e agora que perderam o comboio e a máquina saltou para outros artistas mais jovens, resolveram queixar-se.
  7. União Musical Lisboa, o que passou?

    Se a loja de Lisboa fosse como a de Barcelona, não se perdeu nada por ter fechado. O material por norma era fraco, os preços altos e o atendimento deixava mesmo muito a desejar. Ainda assim, infelizmente não foi a pior loja onde fui aqui.
  8. AJUDA Sff - Iomega ZIP Drive 250Mb

    Também tens versões USB, pelo menos a minha drive era.
  9. Os barretes e relíquias do OLX

    Já me aconteceu discutir isso com um vendedor e ouvir a resposta "Não é Japonesa? E onde achas que fica Taiwan?". Toda a gente sabe que os asiáticos são todos iguais...
  10. Os nossos Hi-Fi

    Não metes nojo, desconfio que essa malta ainda ganha menos que eu Já agora, os primeiros 2min parecem saídos das minhas aulas de maquinagem na faculdade lol
  11. The New Pedalboard topic

    Eu tenho uma que uso pouco mas é realmente um brinquedo porreiro falta-te só uma pedalboard ikea como a minha!!
  12. Washburn S2HMBL, Squier affinity, SX SST ARH ou SX SST ARH

    Para complicar a coisa, já experimentei alguns baixos SX e é uma marca que constrói muito bem A Washburn não conheço e a Squier é sempre uma opção decente para o preço. Dessas 3 se calhar arriscava na SX, caso contrário iría para a Squier.
  13. Os nossos Hi-Fi

    McIntosh Infelizmente é material que não é para o meu bolso mas quem sabe um dia posso derreter as poupanças nuns brinquedos dessa marca Há uma loja aqui que se dedica á venda e reparação de material audio/video vintage (e não só) e tem uns bons 10 McIntosh lá, sempre que lá passo, vou ver se perderam a cabeça e baixaram os preços, mas não tenho tido sorte.
  14. Os nossos Hi-Fi

    Então @PCanas funciona o B&O??
  15. Artistas... Então, seleccionas antes de começares a tocar o pickup que vais usar e é sempre o mesmo até ao fim do tema!!! O tone está nos dedos Por acaso, também não me ajeito muito ao selector das LP.