phillipric

Membro
  • #Conteúdo

    1484
  • Registado Em

  • Última Visita

  • Feedback

    0%
As minhas Músicas Preferidas

Reputação

256 Reputação Excelente

Sobre phillipric

  • Aniversário 12-11-1984

Informação de Perfil

  • Sexo
    Masculino
  • País
    Portugal
  • Cidade
    Póvoa de Varzim
  • Instrumento
    Piano/Orgão
  1. Sério? Olha que eu sou das pessoas mais esquisitas nesse parâmetro e quem foi dando ajudas aqui ao longo dos anos deve lembrar-se que para mim era quase tudo como estar a ver o abecedário pela primeira vez, e achei a interface do MODX bem acessível... com muitos tutoriais a ajudar e um pouco de clica e experimenta. O que noto é que a curva de aprendizagem é mais longa do que difícil e convém repetir os passos "n" de vezes para interiorizar. Senão acaba por esquecer. Mas os fundamentos base são relativamente acessíveis. A meu ver.
  2. Sim, é dentro do.separafor arpegiator. Não é esse o problema.
  3. Feito... Coisas simples. Estava a criar os pattern sequence e guardava. Depois tinha de os ir buscar novamente. E não era isso que eu queria. Faltava guardar o pattern como arpegiator e tem de se carregar num botão edit/job. Estava a faltar esse passo. É a tal questão dos tutoriais. A fazer há muito. A guardar e a dar um uso prático, é raro. Olha, o stress de hoje é ter criado uma performance com bateria e arp, feito, duas partes com guitarra com arps, feito, uma parte de piano. Carrego para tocar e dispara o aro com a bateria e as guitarras. O arp já está em hold. Mas ao começar a tocar o piano pára os arps da guitarra.
  4. Estou farto de ver vídeos e tutoriais... o pessoal faz os ritmos e ficam a tocar direito. Os meus, quando os vou buscar, tocam só o som da tecla que estou a carregar... Sou um nabo nisto... porra
  5. Quem já tinha aí criado os pattern sequencer? Estou a fritar com isto. Consigo criar o que me apetece, mas daí, gravar, e usar aquilo que criei numa performance está a dar-me uns nervos que me apetece virar isto ao contrário. Já vi alguns tutoriais, criam, mas no final não mostram com guardar. Carregam em Play e pronto. Eu queria criar, por exemplo, um ritmo de bateria, que só disparasse ao carregar em determinada tecla, por exemplo.
  6. Entraste por um mundo para o qual estou completamente ao lado. No que referes dos sons humanos concordo plenamente, assim como a expressividade dos strings. Em termos de rhodes tenho uma biblioteca extra, embora não sejam sons que use muito habitualmente. Maioritariamente pianos, e.piano, pads, strings e pouco mais. Para já. Ainda tenho de descobrir os assign para os knobs que ainda me fazem confusão. A edição de FM para já, deixo de lado, além de não me fazerem falta, tenho de perder tempo com outras coisas. Por exemplo, leio muitas vezes falar em envelopes, lfo e afins e são conceitos que nada me dizem. Já fizeste a actualização? A 2.5 traz uma ferramenta para edição dos FM muito interessante. Depois saiu a 2.5.1 que é para corrigir um pequeno bug.
  7. @resolectric na Mauser não têm. Vou tentar a outra que não conhecia.
  8. Seleccionas no menu category o Init, escolhes qual a síntese que queres, AWM2 ou FM. Clicas em cima do nome, surge o menu lateral, carregas em EDIT, no Part Settings tem o sub-Menu General, e tens lá a opção de Mono ou Poly. Esse Split de panoramico que queres fazer, sou sincero, que nunca fiz nem sei se tem essa possibilidade. Quanto ao pedal, desde que tenha hipótese de escolher polaridade, que nos menus não encontrei (ao contrário de noutros teclados), deve ser tranquilo. Já usei um pedal que tem cerca de 25 anos e um M-Audio dos mais baratuchos. Não tem nada para reconhecer, deve ser sem stress. P.S. - O que é um "glide"? Um bocadinho off-topic... chegaste a ver a mensagem privada que te deixei por causa do componente que me sugeriste?
  9. E então? Factory reset resolveu alguma coisa? Admito que estou a curtir este teclado como nunca fiz com nenhum outro. E não me parece nada pouco intuitivo como vinham afirmando. Claro que há menus em que pareço um "burro a olhar para um palácio" mas acho que se vai aprendendo bem.
  10. Espero estar enganado, mas li alguns relatos de modelos que saíram com defeito e quer me parecer que é o que se passa contigo. Tudo o que relatas é muito estranho.
  11. Microfone Voz

    Continuo a pesquisar lojas e nada...
  12. Alguma descoberta no uso do teclado? Acabei há poucos dias a edição dos sons para concertos Live, para o set list que temos de momento e vou começar a fazer mais alguns para um medley que vamos preparar. Tenho-me entendido bem com aquilo que preciso, não entrei ainda pelos sons FM, já fiz a nova actualização mas ainda não utilizei o novo modo de edição dos FM. Gostava era de conseguir trabalhar melhor os "endereçamentos". Pelos tutoriais, é fácil colocar o volume, reverb e coisas assim mais simples no superknob, por exemplo. Mas não consegui ainda ir a um FX (INS A ou INS B) e direccionar o efeito para aí. Ou até direcciona, mas estava a tentar com um Rotary e não faz qualquer diferença. terei de tentar com outro FX a ver se o problema até está no Rotary. Outra coisa porreira, era o que existe de base em alguns sons de estar com um som e rodar o superknob e ir juntando o outro ou passar só para o segundo som, ou seja, devem saber, há sons que no meio tem o volume igual para os dois, rodando para a esquerda fica só um dos sons, rodando para a direita, fica o outro som. Dava-me jeito e não é nada que não se consiga fazer com os 4 volumes, mas aí é preciso ter a certeza de qual o volume que se está a mexer e em live pode sair erro. Estando no Superknob, não há que enganar. Depois, outras coisas que mesmo em outros synths não percebi. Usar o Assign 1 e 2, para quer serve, como usar e quais as vantagens... O que é o Motion Seq/ Motion Seq Hold/Motion Seq Trigger.... muito mais haverá a explorar, mas dos botões e comandos que existem fisicamente, esses ainda me passam ao lado.