macalienx

Membro
  • #Conteúdo

    86
  • Registado Em

  • Última Visita

  • Feedback

    0%
As minhas Músicas Preferidas

Reputação

20 Reputação Neutra

Sobre macalienx

Informação de Perfil

  • Sexo
    Masculino
  • País
    Portugal
  • Cidade
    Évora
  • Instrumento
    Bateria/Percussão

Quem visitou o meu perfil

1824 visitas ao perfil
  1. Boss Katana: é do catano?

    ...se não encontrar essa versão do software terei mesmo que experimentar a fazer o upgrade... porque de outra forma não consigo explorar as possibilidades da app e do amp... Tenho de ver esses Sneaky amps Obrigado pelo feedback e pela dica
  2. Boss Katana: é do catano?

    Pois realmente deve ser complicado arranjar... Tenho um amigo que me disse que com a última actualização as distorções ficaram mais digitais e na banda onde toco requer muita distorção que compete com cabs de 4speakers (outra guitarra e baixo).... e eu tenho um katana 100w combo de 12"... Ainda tenho a v2 do firmware do amp só que não consigo alterar e gravar os sons personalizados do tonestudio porque está já na v3..... Queria ver se aguentava algum tempo com a v2 e poder usar a app até achar seguro fazer a actualização para a v3.... Estou sem saber o que fazer...
  3. Boss Katana: é do catano?

    Boas pessoal, alguém por aqui que me consiga disponibilizar o Tonestudio V2 para mac?
  4. Boss Katana: é do catano?

    Mais vale não ter a opção, não é nada prático... e pelo que parece não faz o trabalho muito bem.... Já agora estou com um pro e queria saber se alguém por aqui me poderia ajudar.... Queria o Tone studio versão 2 para mac... alguém tem por ai o .dmg? Já estive no site da boss e só já tem a versão 3....
  5. Boss Katana: é do catano?

    Boas, com a nova actualização do katana já é possivel aceder ao afinador? E tendo o combo de 100W é possivel ligar a uma cab extra?
  6. Amplificador para metal

    Eu sei ensaio com um de um amigo. Gosto mesmo muito do amp. O único que não gosto muito é do reverb, mas a distorção é muito fixe. Eu conheço também o RG1503 (transistor) e também é porreiro.
  7. Amplificador para metal

    Estive a ver bastantes vídeos do katana e parece mesmo muito versátil só tenho um pouco receio por ser digital de não gostar muito do som dele a nível de distorção. O pior do katana é ter de comprar o controlador à parte que custa 90 e qlq coisa euros....
  8. Amplificador para metal

    Básicamente procurava um combo com boa distorção (que não seja necessário andar com pedais) que fosse a transistor. Não sei sequer os preços dos combos da Randall uma vez que não encontro nada... Andei a ver uns katana e Blackstar ID60 mas não sei se é uma boa opção para metal... e Marshall não sei se vale a pena nesta gama de preços... Se puder sugerir alguma coisa dentro dessa gama de preços agradecia
  9. Amplificador para metal

    Boas, tenho andado à procura de combos da Randall em todo o lado e não consigo encontrar nada... Alguém sabe onde possa encontrar? Deixaram de vender na Europa?
  10. Como sempre estou atrasado no tema, mas vou aqui deixar aqui o meu feedback na mesma... Normalmente as musicas que crio surgem de pequenas brincadeiras na guitarra/piano e se surgir algo interessante a primeira coisa que faço é gravar a ideia no smartphone. Depois vou tentando idealizar um possível caminho a seguir e se surgirem novas ideias seguir gravando e tentando juntar "peças". (Acontece muitas vezes, sem querer, estar a criar novas ideias que encaixam e complementam riffs ou ideias que já tinha gravado anteriormente. Só concluo que quando há método de trabalho consistente (tocar e tentar criar coisas novas regularmente) inconscientemente as musicas criam-se quase em modo automático.) Depois faço "jams solitárias" onde gravo algumas sequências (das tais peças que gravo no smartphone) na minha DAW (garageband) com metronomo e depois vou explorando com bateria digital, linhas vocais com palavras que vão saindo (mais tarde moldo para finalizar a letra e a melodia), arranjos de segundas guitarras e teclas, etc. Depois separo os sectores que tenho (refrão, verso, solo, etc) e vou duplicando novos sectores e criando arranjos que vão fazendo sentido e que adicionem algo ao que já tenho criado. Ao fim ao cabo é um autêntico puzzle onde nós mesmo temos de fazer as peças e decidir a ordem das mesmas para de chegar ao resultado que nos satisfaça (...sem garantias que o resultado seja o que realmente se quer... mas faz parte da aprendizagem). Quanto a regras ou teorias musicais não posso colocar em prática porque sou analfabeto musical... acredito no entanto que seja uma mais valia para arranjos musicais e que pode tornar o processo de criação mais rápido... mas não é algo "obrigatório" para se podermos expressar musicalmente.
  11. Boas pessoal, apenas por curiosidade... Já alguém experimentou o serviço JamKazam para ensaiar online com banda? Fiquei curioso ... se funcionar é uma enorme vantagem para bandas formadas com músicos que não residem na mesma localidade. 

  12. Registar músicas

    Sputnik, não, não trabalho no IGAC... Isto é um forum de música e é um sitio em que nós músicos podemos trocar experiências para que seja mais rápido e fácil solucionarmos problemas e tirar dúvidas. Esse post foi em Janeiro de 2015 e os preços eram bem mais baratos. Acho que foi em 2017 que subiram esses mesmos valores. Mesmo assim é mais barato do que o fazer na SPA...
  13. In ears dos Pobres

    Muito obrigado pela explicação e pelas dicas piky2. Vou ler com atenção para ver se tenho alguma dúvida.
  14. Pratos e peles "low volume"

    LuisEmanuel, eu também penso que seja um produto interessante e que pode ser mesmo muito útil. Não só ajuda os bateristas a terem um bom "pad" para treinar com um feeling semelhante ao que tem num "kit acústico normal" e também para as bandas que tenham um cantinho para ensaiar e que não tenham forma de isolar o som e já para não falar que deve poupar muito os ouvidos nos ensaios... Agora estou mesmo curioso para saber o que isso pode significar em termos de volume num ensaio de banda.