Miguel Trillo

Membro
  • #Conteúdo

    11
  • Registado Em

  • Última Visita

  • Feedback

    0%
As minhas Músicas Preferidas

Reputação

1 Reputação Neutra

1 Seguidor

Sobre Miguel Trillo

  • Aniversário 05-02-1999

Informação de Perfil

  • Sexo
    Masculino
  • País
    Portugal
  • Instrumento
    Baixo

Quem visitou o meu perfil

1269 visitas ao perfil
  1. Ajuda - Tratamento acustico de sala de ensaios/gravação

    Obrigado! Eu gosto bastante em particular do modelo Marshall Plexi com os Greenbacks. Já passei muitas horas a tocar com esse modelo . O link que partilhaste deu-me bastante jeito! Depois de uma pesquisa "intensiva", acho que vou optar pelos painéis DIY. Poupa-se $$$ à parva, e não é um projeto muito exigente. Encontrei no Leroy Merlin lã de rocha a +- 2,50€/m2. Ou seja com 50€ (só a lã de rocha) consigo cobrir 40% das paredes o que é perfeito. Daqui a umas 1 ou 2 semanas, quando tiver tempo, devo começar a bricolage . Só me resta saber quais os tipos de bass traps mais eficientes: painéis encostados nos cantos, ou aqueles de forma triangular que não deixam espaço contra a parede.
  2. Boas, Ultimamente tenho feito algumas gravações neste meu anexo (6m x 3m x 3m), e tenho reparado que os baixos estão descontrolados. Principalmente ao tocar baixo, as notas mais graves soam muito "muddy", sem definição. Se bem que quando trago o equipamento para o exterior soa tudo impecável. Sendo então que tenho que tratar a tal sala. Antes de mais nada, umas fotos para saberem do que falo: Estou a pensar em comprar espuma da marca t.akustic (thomann), mais especificamente 2 bass traps (https://www.thomann.de/pt/the_takustik_cbt_37.htm) e 2 painéis (https://www.thomann.de/pt/the_takustik_pyramidenschaum_5020_2er_set.htm), (seriam 4 de cada no total pois veem em packs de 2). Os painéis visíveis nas fotos utilizava em zonas mais especificas pois só têm 3cm de espessura. O meu objetivo não é montar a melhor sala de gravação do mundo, mas sim ter um controlo razoável sobre as frequências baixas. Estou aberto a ideais, dicas, sugestões o que quiserem . Um abraço, Miguel Roldão.