F.Coelho

Membro
  • #Conteúdo

    215
  • Registado Em

  • Última Visita

  • Feedback

    0%
As minhas Músicas Preferidas

Reputação

116 Reputação Excelente

Sobre F.Coelho

Informação de Perfil

  • Sexo
    Masculino
  • País
    Portugal
  • Cidade
    Almada
  • Instrumento
    Guitarra
  1. Opiniões Ibanez (minha próxima compra)

    A cegueira mental é pior que a cegueira fisiológica. Muitas vezes compramos por comprar, quando o problema está naquilo que verdadeiramente sabemos, podemos ou deveríamos tocar. Camuflamos a nossa menor aptidão com compras, quando devíamos agarrar aquilo que já temos e explorar ao máximo aperfeiçoando a nossa perícia. "Deus dá nozes a quem não tem dentes". Custa ver. Encontra-se muito por esse mundo "verdadeiros artistas" que tocam com guitarras feitas de latas, paus... baterias de latas, garrafas... tudo no desejo de tocar. Já há muitos anos passei por Cabo Verde e numa noite quente, ao passar por uma praça, houve um velhote que pediu a guitarra emprestada a um amigo meu. Era pobre este velhote. Magro, de feições encovadas com barba branca amarelada. Mas a sua atitude não era submissa, era de igual. Pegou na guitarra e fez soar uns acordes de bossa nova/criolo que arrepiaram. Também cantou com uma voz rouca mas firme e afinado. Ficávamos ali toda a noite... Aquele velhote tocaria em qualquer guitarra com o mesmo dom. Podia pôr aqui um vídeo do YT a demonstrar o que digo. Mas não o faço, pois dá-me tristeza e devemos respeitar e esperar que esses possam ter um pouco mais. Andamos à procura daquele som... melhor procurar o som dentro de nós.
  2. Qual é a vossa rotina de prática de guitarra?

    Significa que têm o cerebelo a funcionar com excelência, bem como a parte sensorial motora.
  3. Já ouvi muitas vezes e quando calha volto a ouvir. Mas desta vez encontrei este vídeo que é um relato de como foi feito este êxito (dos muitos) da banda dos Yes. Quem aprecia Yes, vai com certeza de ver este vídeo:
  4. Análise de tema

    Proponho a análise do tema deste site: https://www.guitarbackingtrack.com/play/jamtracks/cloudy.htm O objectivo é quem assim o achar dar o seu contributo para enriquecimento do conhecimento. Tentei "sacar" os acordes, da melhor maneira que me soou, que apresento e desde logo a discussão está aberta para os interessados.
  5. Uma coisa velhinha, ou não.

    Rosa dos ventos... da música. Um auxiliar sempre à mão, especialmente para os primeiros tempos.
  6. Curiosidades sobre Madeiras

    Ainda sobre este assunto, coloco a foto de 3 guitarras em que se vêm os veios da madeira. São guitarras caras colocadas como anúncio do produto. Vejamos: A primeira é uma Fender Statocaster. A segunda é uma Yamaha PAC1611MS. A última é uma Ibanez RGAIX6U. Em termos de estrutura da madeira, no que refere ao corpo, a Ibanez bate as outras duas, pois os veios correm paralelos ao corpo. Já as outras duas (Fender e Yamaha não são tão perfeitas), mostram desvios irregulares. Menção para o braço da Fender que, pela foto, aparenta simetria e os veios da madeira são paralelos e correm ao longo do braço. Quando compramos uma guitarra opaca (isto é pintada) em que não se vêm os veios, muitas das vezes, é uma sorte apanhar um "bom naco" de madeira e um corte adequado. Aconselho que sempre que comprarem uma guitarra tentem visualizar os veios e a perfeição do corpo e do braço. Se houver mais que uma guitarra do modelo em loja peçam ao vendedor para mostrar todas elas (mesmo que ele fique chateado, problema dele, pois o dinheiro é nosso).
  7. Opiniões Ibanez (minha próxima compra)

    Novidades?
  8. Curiosidades sobre Madeiras

    Penso que esta tabela complementa (trabalho realizado com suporte do conteúdo do link: https://cedarstripkayak.wordpress.com/lumber-selection/162-2/ Desta tabela podemos tirar conclusões. Existem madeiras que têm um intervalo de variação de densidade e lá está, será preciso ter sorte quando se compra uma guitarra, nestes casos. Assinalo duas, entre muitas: 1. O melhor Rosewood para escalas é do Leste da Índia. O Rosewood do continente americano pura e simplesmente é fraquíssimo; 2. O mais fraco Mogno Africano em nada supera o Mogno de Espanha (diria antes, Península Ibérica). Tirem as vossas conclusões quanto a, por exemplo, Ash e Pine...
  9. Qual é a vossa rotina de prática de guitarra?

    Já estive a ouvir Misty no YT. É um tema muito bonito. O que queres dizer por "chord changes"?
  10. Qual é a vossa rotina de prática de guitarra?

    Esta memória... Durante ao almoço ocorreu-me onde tinha ido buscar: https://www.guitarbackingtrack.com/play/jamtracks/cloudy.htm Abaixo a ditadura dos "0"'s e "1"'s. Decididamente digam não! Não queremos decididamente evoluir para este tipo de aborto:
  11. Qual é a vossa rotina de prática de guitarra?

    A brincar. Esses devem ser da era digital. Já reparastes se têm chip na cabeça? Numa passagem que li em tempos num livro, alguém afirmava que era impossível manter o tempo certinho e tal até, não fazia mal, pois era utilizado para criar o seu próprio estilo musical (entrar um bocadinho mais tarde e sair mais cedo, por exemplo - calma não é do trabalho). Para compensar os tempos de forma a que soe bem também é preciso arte (claro que na bateria isso se calhar poderá não ser possível de todo - agora estou a falar com um profundo desconhecimento da coisa). Também compreendo que há alturas que é primordial entrar a tempo, especialmente a seguir a uma pausa bem definida (as pausas têm que ser respeitadas né? especialmente as do café).
  12. Qual é a vossa rotina de prática de guitarra?

    Não consigo encontrar o link do backtrack. Em tempos tentei sacar os acordes e a melhor aproximação (da primeira parte) que consegui foi isto: Só sei que o tema se chama "Cloudy". Compasso 4/4. O movimento situa-se no Andante (mais lento)(acho eu). Procurei no YT e nada. É tocado no estilo Jazz Swing. Alguém sabe se isto é mesmo um tema associado a um nome ou será apenas um dos muitos backtracking que se encontram na net.
  13. Pickup covers

    A propósito deste post do Bandit, vale sempre a pena acrescentar mais alguma coisa (aliás que já coloquei noutros tópicos). Desde que comprei uns imans fortes numa loja dos chineses, tenho procedido à remagnetização de todos os magnetos dos PICK's das minhas guitarras. A última que fiz foi numa Pacifica com Pick's de Alnico 5. Comprei-a à cerca de 5 anos e mais 5 (ou mais) que esteve na loja, significa que o magnetismo tinha baixado cerca de 50%. Havia inclusive uma assimetria de som entre PICK's. Resultado: o som da guitarra alterou-se significativamente. Mais brilho, mais sustain. Parece outra guitarra. Deixo-te aqui a dica.
  14. Curiosidades sobre Madeiras

    Pois, como já referi neste fórum fiz um corpo com madeira de pinho. O que não referi é que ganhei uma lesão no ombro que tarda em desaparecer. Lá se foi a bricolage...