paulosergio

Membro
  • #Conteúdo

    492
  • Registado Em

  • Última Visita

  • Feedback

    0%
As minhas Músicas Preferidas

Reputação

379 Reputação Excelente

Sobre paulosergio

Informação de Perfil

  • Sexo
    Masculino
  • País
    Portugal
  • Cidade
    Porto
  • Instrumento
    Guitarra

Quem visitou o meu perfil

1977 visitas ao perfil
  1. Ajuda - Como iniciar-me no vinil?

    Gostava só de acrescentar que, embora o MP3 tenha "perdas", há outros formatos sem perdas, como o FLAC...quanto a ouvir em vinil ou não, é mais uma questão de gosto pessoal.
  2. Ajuda - Como iniciar-me no vinil?

    Têm o software para ver no ecrã as linhas padrão e...a experiência. Podem não ouvir, mas sabem qud aquelas frequências têm que chegar aquele ponto. Mas qd falamos em perdas de audição, quem dá muitos concertos é que acaba surdinho, mais do que os engenheiros de som ou quem faz a masterização...
  3. Ajuda - Como iniciar-me no vinil?

    Bem, acho que agora entendo melhor esta tendência, ou moda, do Vinil. Para além do que eu considero acessório, como o ritual de colocar a agulha, os discos com as suas capas, etc, há a questão da sonoridade. E aqui entra sempre a questão do gosto pessoal. Por um lado temos de reconhecer que o Digital trouxe muitas vantagens, como sabemos. Mas pelo que estive a ver (e com a ajuda também do @resolectric), a sonoridade que sai de uma boa aparelhagem com um bom giradiscos e um bom disco, é diferente. Quando se fala em gostos pessoais, basta ver que há quem aprecie melhor os graves e quem dê mais importância aos agudos, por exemplo. Pode até ter a ver com a idade e o maior ou menor apuro do nosso ouvido aos agudos e graves. Normalmente começa-se a perder um pouco a sensibilidade aos sons mais agudos, com a idade Parece-me que o som do vinil, soa melhor nos graves, para quem aprecia um som mais encorpado. Pode-se notar mais em determinado tipo de música. Lembro-me de ter a sensação de que o som era mais suave, aveludado, mais preenchido, ao ouvir música jazz em vinil. Mas também ouvi numa aparelhagem que não sei se posso considerar razoável ou fraquita. Tem também a vantagem de se ouvir o som tal como foi gravado originalmente (mesmo que se oiçam alguns ruídos - coisa que num CD não acontece). Mas há um grande problema. Para que se notem bem as diferenças, é preciso ter uma boa aparelhagem e que custa muito dinheiro. Bons discos também. Justifica? Depende dos gostos de cada um, do dinheiro que se tem e do que se está disposto a abdicar. Pessoalmente até posso mais tarde, um dia, vir a apostar no vinil. Até porque dou mais importância mesmo aos sons graves....
  4. Ajuda - Como iniciar-me no vinil?

    Talvez tenhas razão...provavelmente sim. Um bom sistema de som só para vinil é um luxo! Mas...com certeza terás razão.
  5. Ajuda - Como iniciar-me no vinil?

    Estes, por exemplo...
  6. Ajuda - Como iniciar-me no vinil?

    Eu gosto de ter alguns " discos", sobretudo das bandas que mais gosto e que mais me marcaram na infãncia e adolescência. Não tenho leitor de Discos, mas em casa dos meus pais, quando lá vou, oiço sempre um pouco e gosto de ouvir aquele som da agulha a passar. Gosto da capa dos discos, de ver o interior, etc. Agora, no fundo preocupo-me mesmo é com o som que sai das colunas. Se sair um novo álbum dos U2, não vou a correr à FNAC comprar o vinil. Mas respeito claro a tendência revivalista ou saudosista ou qq que seja...
  7. Ajuda - Como iniciar-me no vinil?

    Ou seja, ter um CD ou melhor ainda, um Vinil, tem muito mais a ver com outros aspectos e não apenas a qualidade do som.
  8. Ajuda - Como iniciar-me no vinil?

    O Cd é físico, mas as faixas que lá estão contidas não têm que estar obrigatoriamente num CD. Podes ter as mesmas faixas em formato WAV num computador, por exemplo. Ou num formato FLAC ou outro.
  9. Ajuda - Como iniciar-me no vinil?

    O formato não tem que ser mp3, digamos que era um exemplo. O formato sendo digital, num cd, já não tem que obrigatoriamente estar em suporte físico. Daí...
  10. Ajuda - Como iniciar-me no vinil?

    ...de qualquer forma, passar para mp3 de Cd, é uma forma de os preservar, os cds. Não deixa de ser progresso. Quanto ao resto, parece-me romantismo, colecionismo e etc.
  11. Ajuda - Como iniciar-me no vinil?

    ...daí terem surgido os leitores que lêm mp3...e tal...e tudo o resto...
  12. Ajuda - Como iniciar-me no vinil?

    Afinal o Vinil ainda não morreu. Viva!
  13. ... há também aqueles temas que entram rapidamente e ficam, perduram. Esses são os tais temas geniais, de qualidade. Difícil é também criar temas simples, e que fiquem no ouvido e se continuem a cantar durante décadas sem enjoar. Uma vez que os discos não se vendem, e respondendo ao tópico inicial, é evidente que há menos dinheiro para arriscar em fazer um CD. Mas isso não quer dizer que o que se faz, não tenha a mesma qualidade ou até mais. Quem já tinha sucesso antes de haver o formato digital, vai continuar a investir em boas gravações. E quem está agora a começar e quer ter sucesso, também tem que ter, obrigatoriamente, qualidade nas suas gravações, caso contrário não teria hipóteses nenhumas. Penso eu de que....
  14. Lesões na prática de guitarra

    É preciso também ter algum cuidado para não ter desvios de coluna, devido à postura que se tem ao tocar guitarra muito tempo seguido.