ruipaz

Membro
  • #Conteúdo

    36
  • Registado Em

  • Última Visita

  • Feedback

    N/A
  • Reacções ao conteúdo

    38

Reputação

0 Reputação Neutra

Sobre ruipaz

Quem visitou o meu perfil

219 visitas ao perfil
  1. A thoman não tem disponível a SUB series de momento, salvo erro. Apenas musicstore é que tem. De qualquer das formas, boas compras! Se optares pelo modelo acima Ray 34( que a thoman já tem ) não te irás desiludir
  2. Boas, encomendei o meu pela musicstore e chegou em 4 dias úteis e decentemente embalado. O baixo é mt bom para o preço. Tem um braço fino e confortável. O pickup é muito muito "hot", tive de baixar um pouco (tirei as molas). O preamp é possivelmente a única coisa que acho mau.. pois distorce facilmente quando damos boost.. mas com o gain no amp moderado e o pickup mais baixo fica decente. Resumidamente, o baixo para o preço é fantástico e tanto a musicstore, como a thoman, gear4music etc são sites europeus de confiança (já encomendei destes 3 e nunca devolvi nada).
  3. É uma loja alemã, mas enviam com portes gratuitos em compras acima de 199€. Desconheço lojas em Portugal com este baixo. Se entretanto encontrar aviso, mas duvido muito. https://www.musicstore.de/en_PT/EUR/Sterling-by-Music-Man-SUB-Ray-4-RW-HBS-Honey-Burst-Satin/art-BAS0006724-000
  4. Boas, Tens o Sterling by MusicMan SUB series a 300 e tal euros (comprei um no mês passado pela MusicStore.de) . É o mais acessivel que encontras dentro da gama. É um excelente baixo, o único defeito que lhe aponto é o preamp. distorce muito facilmente quando das um boost a graves ou agudos.. baixando um pouco o pickup dá para contornar um pouco. E sim pelo preço dá "abada" a muitos baixos que por aí andam
  5. Tópico bastante interessante. Num mundo ideal, seria tocar o que nos apetece e aquilo que nos faz sentir bem, ao mesmo tempo tentar transmitir isso ao público para que também gostem. Não sendo possível deixo as seguinte opções: Se és convidado por seres quem és (a banda que é) = toca o que gostas e queres, pq grande parte do público vai para vos ver. Se és convidado só porque precisavam de alguém a tocar = agradar o público
  6. Boas! Gostaria de saber como se tem portado esta coisita. Estou interessado, mas tenho lido algumas criticas no que diz respeito ao volume. Dizem que não tem grande power, mas que quando rodas o Master perto do máximo que dá um grande salto de volume.
  7. Se há coisa que não sou é convencido, mas pelo feedback do pessoal, tenho motivos para estar confiante do que podemos vir (ou não) a conseguir. Em relação ao tocar de borla concordo perfeitamente com este teu reparo. Apenas não me importaria nos primeiros 3 ou 4 gigs, pois não temos muitos argumentos em termos de material gravado/vídeos a apresentar. Mas concordo perfeitamente que cabe a nós músicos, mudar este paradigma de não ser necessário recompensar financeiramente as bandas/músicos.
  8. xD acima de tudo quero tocar.. claro que seria excelente valorizarem o nosso trabalho.. mas também sei que se cobrássemos o que seria moralmente justo não saíriams do estúdio... já agora alguém me consegue dizer assim por alto os valores aceitáveis a cobrar por 1 hora de set?
  9. A ideia seria inicialmente, perto de casa aceitarmos de borla, em sítios um pouco mais longe pagarem no mínimo a deslocação.
  10. Já estive a ver o video e já tinha um pouco esta noção de criar um produto/imagem etc.. mas dado que ainda estamos numa fase embrionária no que toca a live shows queria saber mesmo era em relação a esta primeira fase. De conseguir pequenos gigs, ir ganhando mais experiência. O video retrata possivelmente já numa fase mais à frente de promoção em termos de direitos, albuns, editoras etc.. Queria portanto receber uma dica ou outra sobre como convencer um dono de um Bar a convidar-nos... enviar mail com links de gravações? videos? fotos da banda?.. pagar ao facebook para promover a nossa página? esse tipo de coisas. Obrigado na mesma pela tua resposta @xtech será concerteza útil mais para a frente, caso esta caminhada inicial resulte
  11. sou de Massamá mas ensaio nos Nirvana Studios que pertence a Oeiras
  12. Boas malta! A minha banda vai finalmente sair do estúdio e começar a tocar ao vivo, temos de momento 2 concertos agendados durante este mês. Gostaria de saber como promover a banda para arranjar futuros gigs. Enviar mails a estabelecimentos? enviar demos? deixar panfleto com contactos facebook etc? Obrigado pela atenção \m/
  13. Sei que não estou a responder à tua questão mas atualmente uso o Bass Preacher da EHX. Não é nada de outro mundo, mas tendo em conta o preço e para o que pretendo serve perfeitamente.
  14. Não é por ser baixista, mas quando o meu groove não é consistente o baterista acelera ou abranda um bpm ou dois e consequentemente todos os outros xD.. Penso que o balanço que o baixo dá nas músicas tem uma grande importância. É tipo o pão numa sandes, o público gosta do fiambre e queijo (solos, fills do baterista, seguram placares a dizer "faz-me um filho" para os vocalistas).. mas sem pão fica fdd ahah
  15. Saí da loja a consultar o meu saldo a cada 5 minutos.. mas quando cheguei ao estúdio e o instalei acho que até pagava o dobro por ele.. mt bom