p1p3

Membro
  • #Conteúdo

    17
  • Registado Em

  • Última Visita

  • Feedback

    0%
As minhas Músicas Preferidas

Reputação

0 Reputação Neutra

Sobre p1p3

Informação de Perfil

  • Sexo
    Masculino
  • Telemóvel
    O que tu queres sei eu
  • País
    Vaticano
  • Cidade
    Porto
  • Instrumento

Quem visitou o meu perfil

951 visitas ao perfil
  1. Olá pessoal

    Olá Germano, bem vindo!
  2. E também se acrescenta que continuava a soar como uma guitarra, podia ter sido pior de facto.
  3. Caro John10, percebo o que quereis significar, mas não me referia aos Opus Dei nem às lojas Maçónicas, estava mesmo a falar de pessoal usual do dia-a-dia que ouve e toca música. Claro que há sempre hipsters e poseurs mas meu caro, como é que discerniríamos os bons sem o contraste que estes fazem com os menos bons? Até esses têm uma função . Calões!? Oh, meu caro pgranadas, se a Assembleia da República fosse no Porto já tinhamos posto o país em sentido! Comia tudo tripas que nem era bom, vinha a TROIKA e levavam um bacalhau que o dinheiro em vez de estar nos bancos ficava num cofre entregue aos pescadores de Póvoa de Varzim. Afonso Henriques nasceu em Guimarães mas deixou lá a mãe presa e bazou, pelo que só foi a Lisboa porque os mouros estavam-se a esticar. Tanto que foi descoberto um documento em formato PDF (genuíno segundo os historiadores internacionais) que comprova que ele era sócio do Salgueiros desde miúdo, clube que como bem sabes é de Paranhos. Portanto, não venhas com histórias. Sim, o CC STOP é famoso pelas bandas que ensaiam lá sem dúvida. Já fui ao Hard Club ouvir os She Past Away e apesar de ter um bom ambiente não havia muita gente, achei pouco mexido, talvez tenha sido por causa do concerto em particular. Também já me falaram de um sítio chamado "Casa Viva", fui lá ainda andava no 10º ano, era só punks de extrema-esquerda (quando estavam de frente, à minha esquerda portanto), uma banda com o vocalista todo nu a tocar, depois até um senhor vomitou... Disseram-me que é um bom espaço DIY recentemente, seria interessante saber de alguém que me pudesse elucidar sobre esse mítico espaço cuja primeira e única impressão não foi a melhor.
  4. Dizerem-te que fazer um setup à tua Squier em condições custa por volta de 60 euros e quando vais a pagar levarem-te 100. Lição da história: aprende a fazer o teu próprio setup se não ficas sem guito para o autocarro, vais a pé que te lixas e depois ainda levas por cima por teres chegado a casa tarde. Eu ainda tenho a marca da panela na testa, por isso é que deixei crescer o cabelo e comprei um chapéu daqueles há gangster. Perdoo mas não esqueço...
  5. Não existem fãs de Beatles no Porto?

    A existência é um fenómeno complexo. Assumindo, porém, aquilo que obviamente queres dizer: sinceramente não sei. Eu sou fã de Beatles mas não estou, por exemplo, interessado em ingressar num grupo de covers de Beatles. Pode ser que apareça alguém, não é fácil encontrar pessoas na mesma onda (também passo pela mesma dificuldade embora só tenha postado o meu anúncio há mais ou menos 1 hora). Boa sorte na busca (embora eu também precise dela)!
  6. APRESENTA-SOM

    Só para dizer que faz mais ou menos 1 hora e ainda estou há procura!
  7. Qual a sua música favorita?

    Eu sou fã de música sonora, principalmente. Mas também gosto de quando alguém me diz o quer que seja e dps: "tás a ouvir?" - A verdade é que não ouço nada depois, mas costumo responder que sim, se não a pessoa leva a mal. Contudo ao segundo caso não chamaria de "música". É um som favorito mas no âmbito linguístico, não musical, claro. Música visual nunca experimentei, mas o meu médico de família disse que isso é para pessoas que tomam remédios que fazem mal à saúde, tipo rebuçados para a tosse só que pior... Não obstante, gosto muito disto:
  8. Olá gente nobre do FORUMUSICA, daqui fala *Songoku da Silva Monteiro*e hoje tenho uma pergunta para os Portuenses da cidade do Porto: Se quisessem conhecer pessoas novas, o underground, bandas, sítios de convivio, até as próprias salas de concerto, quais seriam as vossas escolhas? Acho que um post deste tipo seria uma boa forma de potenciar o propósito do FORUMUSICA, visto que nem todos os músicos aderem ao forum e de qualquer das formas o fim de qualquer cena que se faça aqui, creio, visa a vida real... Porque não falarmos sobre os "forums" reais aqui? Lisboa não precisa porque tem muita gente, é só sair de casa e encontras logo uma alma gémea ou pelo menos prima afastada. Já no Porto isso não acontence, é só gente trabalhadora, há menos gente, a gente que há nem sempre mora perto do rio Douro, falo por experiência própria... Acho que os músicos do Porto poderiam beneficiar de um espaço onde isto seria discutido. Agradeço o contributo, cumprimentos. Bora lá exorcisar o "hikikomori" que existe em nozes todos.
  9. APRESENTA-SOM

    Olá, o meu nome é Songoku, tenho 20 anos e entrei no FORUMUSICA com o intuito de descobrir as bolas de cristal. Não, sinceramente estou a brincar, o meu verdadeiro nome fictício é Igor e sei que as bolas de cristal não existem. Procuro o melhor baixista do mundo (em Portugal, mais especificamente no Porto, e que seja entre os 17-25 anos por uma questão de compatibilidade com o sentido de humor e ambição). Obrigado, cumprimentos a todos.