Miguel Barroso

Membro
  • #Conteúdo

    18
  • Registado Em

  • Última Visita

  • Feedback

    N/D
As minhas Músicas Preferidas

Reputação

16 Reputação Neutra

Sobre Miguel Barroso

Quem visitou o meu perfil

305 visitas ao perfil
  1. Os barretes e relíquias do OLX

    Ainda vai cair aqui gente a pensar que isso é verdade :-P
  2. Vou deixar aqui o meu testemunho, das experiências que tive com pianos e teclados... comecei por uns teclados PSR, touch sensitive, mas rapidamente percebi que para aprender a tocar piano simplesmente não servem. Arranjei então o Yamaha P-45, que tive durante uns tempos... mas não gostei do toque das teclas, o contrapeso era muito leve e pouco realista, bem como os sons "controladinhos" também eram pouco realistas (experimentem tocar com força num piano acústico e depois num Yamaha destes, e vão ver que o som do P-45 nunca "estala" - experimentei o P-115 na loja e achei quase igual ao P-45). Como nas aulas tocava com um Roland RP-401R, andei indeciso entre o FP-30 e o F-140R pois o toque das teclas era igual e o FP-30 com pés e pedais, ficava quase ao preço do F-140R. Nota muito negativa para o interface de utilização do FP-30 (o controlo de volume então é absurdo!), e acabei por optar pelo F-140R, que adoro não só visualmente, como do som e das teclas. Único ponto negativo, é o suporte de partituras ficar um pouco baixo em comparação com um RP-401R, por exemplo. E para fechar a tampa, tenho também que arrumar as partituras, já que é a tampa que tem a função de suporte. PS. lá na sala de aula, tb há um Yamaha NP-32... não se deixem enganar, aquilo é um PSR sem funções nenhumas... As teclas são quase iguais, mas paga-se mais, por um teclado com menos coisas.
  3. Os barretes e relíquias do OLX

    Há quem pense que as coisas usadas valem o mesmo do que as novas... e depois há os que acham que valem (muito) mais: Yamaha PSR e263 (modelo atual) - PVP 129€ (Musifex) OLX, PSR e213 (modelo já com uma boa dúzia de anos) por 200€, há dois: https://www.olx.pt/anuncio/teclado-yamaha-psr-e213-com-caixa-IDCwfyw.html#8f9ddfc25d https://www.olx.pt/anuncio/teclado-yamaha-psr-e213-IDD5Jxs.html#8f9ddfc25d Devem ser os tripés de 15€ que estão recheados de ouro para serem mais robustos.
  4. Os barretes e relíquias do OLX

    Aisshhh... as quincadas dão-lhe aquele toque vintage, remetem para o imaginário passado do que a guitarra já viveu... Comprar novo não tem metade da piada!
  5. Os barretes e relíquias do OLX

    O preço de algo em 2ª mão é o que alguém estiver disposto a comprar, é verdade. Mas para mim o limite é o preço a que se compra novo. Acima disso é aldrabice! (excepção feita a coisas que se compram lá fora mais baratas mas que depois passam na alfândega - já tive malta a querer regatear preços a mostrar que nos EUA era mais barato do que o que eu estava a vender)
  6. Roland FP-30 ou F-140R

    Sim, o som nos phones é francamente melhor (uso uns Sennheiser HD595). Mas para fazer demonstrações dos meus parcos conhecimentos à família, chega e sobra! Quanto às teclas, foi principalmente esse o motivo que me fez trocar o Yamaha P-45 que tinha por este. Passava a semana a treinar com o P-45, e chegava à aula e ficava metade do tempo a habituar-me às teclas.
  7. Os barretes e relíquias do OLX

    Costumo fazer muitos negócios no OLX, e coisas com preço inflacionado há muitas. Mas como andei a comprar e a vender teclados recentemente, fiquei com a ideia do que por lá anda nesta matéria é pior do que o costume. Se por um lado se conseguem bons negócios por vezes, por outro há tanta gente a vender coisas usadas (e inferiores), mais caras do que novas, que só podem andar a tentar aldrabar alguém. Alguns exemplos: Teclados de gama baixa: PSR-E333 - 250€ https://www.olx.pt/anuncio/teclado-yamaha-psr-e333-IDBgLgS.html#a75276c600 PSR-E303 - 280€ https://www.olx.pt/anuncio/piano-yamaha-psr-e303-IDzD4jl.html#5a215cd2ac PSR-E303 - 250€ https://www.olx.pt/anuncio/yamaha-psr-e303-rgo-teclado-sintetizador-IDwd8yJ.html#268d70a70e PSR-E363 novo na loja - 174€ https://www.egitana.pt/yamaha-psr-e363 Pianos digitais: P95 - 650€ https://www.olx.pt/anuncio/teclado-yamaha-digital-piano-p-95-IDAqbWJ.html#1e84bcb1a5 P115 novo na loja - 533€ https://www.musicfactory.pt/catalogo/pianos/pianos-digitais/196996.aspx Enfim... há tanta aldrabice. Ou então gente sem noção da realidade!
  8. Roland FP-30 ou F-140R

    E hoje fui a Musifex e o F-140R já cá "canta e encanta": A amplificação que tem chega perfeitamente para tocar cá em casa. Vai ser usado principalmente com phones (tenho uns bem razoáveis), e se por acaso algum dia precisar de melhor som, ligo isto a um amp e está resolvido!
  9. Bem, o meu Yamaha P-45 já tem novo dono. Agora estou dividido entre o Roland F-140R e o FP-30 (com movel e pedais). Já os fui experimentar, e gostei de ambos no que diz respeito ao som e teclas - mesmo o que procuro, já que tenho aulas num piano com teclas iguais (RP-401r) O F-140R soa ligeiramente melhor (pequena diferença), tem mais funções e acima de tudo tem um interface de utilizador bastante melhor que o FP-30. Ah, e fica mais bonito na sala :-P O FP-30 custa menos 20% e é fácil de levar para qualquer lado. O raio do UI do FP-30 é mesmo absurdo... aliás, irrita-me um pouco que os fabricantes continuem a insistir nestes interfaces minimalistas para os pianos, quando até um teclado de 50€ tem um LCD grandito que simplifica brutalmente a configuração do mesmo. Se o propósito é manter as coisas mais simples, não resulta, pois a configuração fica mais complicada! Que raio, até para regular o volume eles complicaram: um toque rápido não faz nada... vários toques rápidos também não... é preciso lá deixar o dedo e aquilo lá sobe ou baixa o volume, mas muito rapidamente e com poucos níveis de seleção (do mínimo ao máximo deve ter uns 5 ou 6 níveis apenas). Que imbecilidade. O UI do F-140R não é brilhante, mas é francamente melhor do que o do FP-30. Provavelmente vou abrir os cordões à bolsa, e saltar para o F-140R... se algum dia quiser levar o piano para qualquer lado, vou bater com a cabeça pois não comprei o FP-30 :-P
  10. Que Teclado Têm?

    Bem, sou novato por aqui... O meu primeiro teclado foi um Kawai WK40, muito fraquinho com apenas 49 teclas que me ofereceram na adolescência (prenda não solicitada - queria uma guitarra electrica). Claro que nunca serviu para grande coisa e ao fim de quase 30 anos, foi parar ao OLX. Entretanto comprei um Yamaha PSR-E343 para aprender a tocar (em jeito de crise de meia idade :-P ), mas quando comecei as aulas de piano, o PSR deu lugar a um P-45, bastante mais competente. No entanto tenho aulas num Roland RP401R, e gosto muito mais do feeling das teclas deste (do som nem comparo, embora com phones o Yamaha até se safa)... ou seja, o P-45 mais-dia-menos-dia vai à vida dele, e irei para algo melhorzito.
  11. IVA dos instrumentos musicais desce?

    Dependerá das marcas e dos importadores. Por exemplo, os pianos da Roland que andei a ver, FP-30 e F-140R, são mais baratos na Musicfactory ou na Musifex do que na Thomman
  12. IVA dos instrumentos musicais desce?

    Tenho andado a ver preços de umas coisas que quero comprar, e algumas lojas nacionais já têm preços mais competitivos que muitas das lojas internacionais... Outras claro, continuam a viver noutro mundo, com margens grandes, mesmo que isso signifique perder clientes
  13. IVA dos instrumentos musicais desce?

    Mas devia. O logista compra sem IVA. Coloca pelo preço base + margem de lucro + IVA. Recebe o dinheiro do cliente, e tem de entregar o valor de IVA ao estado. Se o IVA passa de 23% para 13% e o logista mantém o preço final, significa que a sua margem aumentou siginficativamente, pois só vai entregar 13% de IVA em vez dos 23% A lei alterou o valor do IVA com o intuito de tornar os instrumentos mais acessíveis, para promover o ensino da música. Se o preço não baixa, essa intenção sai lograda.
  14. IVA dos instrumentos musicais desce?

    Já sucedeu noutros casos, em que o IVA baixou e os comerciantes aproveitaram-se do sucedido e em vez de baixarem preços, aumentaram lucros. Não me recordo na altura que entidade, mas recordo-me que houve multas pesadas pois vai contra a intenção da lei.
  15. IVA dos instrumentos musicais desce?

    Andei a fazer uns testes com este site: https://www.deco.proteste.pt/comparar-precos Não dá para todos os sites, mas dá para ver por exemplo na FNAC, Egitana, Muziker, Faminho, etc E o que vejo é que muitas lojas se estão a abarbatar do IVA - os preços não baixaram, ou se baixaram a diferença é inferior aos 10% de IVA. Haverá alguma entidade a quem se possa pedir fiscalização? EDIT: já alertei a DECO para este assunto