Procura na Comunidade

Resultados de tags 'ibanez uv777p bk'.



Mais opções de procura

  • Procurar por Tags

    (Opcional) As tags ajudam a encontrar este conteúdo. Escrever tags separadas por vírgulas.
  • Procurar por Autor

Tipo de Conteúdo


Comunidade

  • Geral
    • Discussão Geral E Cultura
    • Divulgação
    • Apresentações
    • O Cantinho da Thomann
  • Divulgação
  • Teoria Musical
    • Teoria e Composição Musical
  • Guitarra
    • Guitarra
    • Amplificação
    • Pedais e Efeitos
    • Instrução e Técnica
  • Baixo, Bateria, Teclas, Voz e Outros Instumentos
    • Baixo
    • Voz
    • Bateria e Percussão
    • Teclas - Pianos, Arranjadores e Sintetizadores
    • Outros Instrumentos
  • Faça Você Mesmo (DIY)
    • Projetos de DIY
  • Som
    • Estúdio
    • Ao Vivo e em Palco
    • Vintage e HiFi
  • Novidades e Ajuda
    • Novidades e Regras da Comunidade
    • O Forumusica: ajuda e opiniões
  • Banda Exemplo's Tópicos
  • MÚSICOS EM LISBOA's Tópicos
  • Músicos em Braga e arredores's Tópicos
  • Mixing in The box.'s Tópicos
  • Mixing in The box.'s Tópicos
  • Grupo de musicos Amarante's Tópicos
  • Music=Life's Tópicos

Categorias

  • Busca Músicos

Categorias

  • Guitarras
  • Baixos
  • Peças Guitarra e Baixo
  • Bateria e Percussão
  • Pianos e Teclados
  • Amplificadores de Instrumentos
  • Pedais e Efeitos
  • Coisas para DIY
  • Áudio Profissional
  • Outros Acessórios
  • Outros Instrumentos
  • Livros e Revistas
  • Álbuns e Bilhetes

Categorias

  • Técnicos e Luthiers
  • Lojas
  • Formação e Ensino
  • Estúdios
  • Salas de Ensaio
  • Aluguer de Som e Luz
  • Fotografia e Imagem
  • Produtoras e Editoras
  • Importadores
  • Fabricantes
  • Desenvolvedores de Software Musical
  • Bares e Sítios para Tocar
  • Outros Serviços para Músicos

Categorias

  • Dicionário

Categorias

  • Guitarra
  • Baixo
  • Efeitos
  • DIY
  • Gravação e Som

Categorias

  • Música e Cultura
  • Teoria Musical
  • Guitarra
  • Electrónica Musical
  • DIY
  • Baixo
  • Teclas
  • Gravação e som

Calendars

  • Concertos
  • Workshops
  • Music=Life's Eventos
  • Grupo de musicos Amarante's Eventos
  • Mixing in The box.'s Eventos
  • Músicos em Braga e arredores's Eventos
  • MÚSICOS EM LISBOA's Eventos
  • Banda Exemplo's Calendário

Categorias

  • Testes de Cultura Musical
  • Testes de Teoria Musical
  • Testes de Gravação e Estúdio

Estilos Musicais

  • Ideias (Permite Download)
  • Alternativo
  • Baile
  • Blues
  • Country
  • Folk
  • Fusão
  • Jazz
  • Metal
  • Clássica
  • Pop
  • Reggae
  • Religiosa
  • Rock
  • Techno
  • Outro
  • Banda Exemplo's Player
  • MÚSICOS EM LISBOA's Player
  • Mixing in The box.'s Player
  • Grupo de musicos Amarante's Player
  • Music=Life's Player

Blogs

Não há resultados a mostrar.

Não há resultados a mostrar.


Tipo de Membro


Está online?


Com Foto?


Número de posts

Entre e

Idade

Entre e

Último post

Entre e

Telemóvel


Cidade

Encontrado: 1 resultado

  1. Como alguns podem ter reparado, descaí-me aí nuns tópicos há umas semanas e comprei uma guitarra nova... fazia parte da lista e havia disponibilidade... enfim, foi daquelas situações do teve de ser. A moça é, para não variar muito aqui em casa, uma Ibanez... de 7 cordas... modelo do Esteves Vai e Vem (com muito respeito para o senhor): eis a minha Ibanez Universe UV777P BK do ano 2000. Tem várias novidades para mim: é a primeira guitarra de assinatura que tenho; é garantidamente a primeira guitarra com pickguard que tenho; é a primeira guitarra com binding no corpo que tenho; é a primeira guitarra com HSH de 7 cordas que tenho (também não há muitas no mercado além das Universe); é a primeira guitarra de 7 cordas que tenho que não vai levar piezos ou que não os traz de fábrica. Para moça com 20 aninhos estava um bocadinho maltrapilha, mas nada como mimos aqui do je para a pôr de novo na linha. Vinha suja, com bedum em todo o lado, em especial no trémolo, um wiring de meter medo apesar de funcional, enfim uma desgraça. Claro que não podia ficar indiferente a uma moça tão carenciada e decidi fazer -lhe um acto de caridade e chamá-la aos meus braços. Os planos são para a manter o mais original possível, se é que tal é possível comigo, mas prontos, para já fica com os pickups originais - DiMarzio Blaze Neck, Middle e Bridge. Num futuro, fazer-lhe-ei outros pickguards, mais personalizados e noutros formatos como HH ou até HS se para aí estiver virado. Os desenhos já estão feitos, por isso é só mandar os ficheiros para a loja... Vinha com o pickguard todo estilhaçado (à esquerda), pelo que tive de mandar fazer um novo (o da direita foi uma espécie de test drive para o desenho e electrónicas)... lembram-se de ter andado a perguntar pela coisa por aqui certo? Bom, este resultou muito bem, corte a laser pela Laser Store em Alvalade/Lisboa com desenho fornecido por mim. Ainda demorei um bocado para acertar o desenho, fiz um protótipo em acrílico branco para testar medidas e ver se as tralhas cabiam nas cavidades. O novo pickguard, actualmente instalado, responde ao design original em espelho acrílico, pelo que acabo por manter a traça original da guitarra. Não está, porém, biselado como original, pois teria de fazer isso eu ou o preço em loja seria MUITO superior. Fiz também foi a "cama" para a cabeça dos parafusos, mas foi coisa simples e fácil de se fazer, até à mão, tendo as ferramentas para o efeito, claro. A foto do wiring foi tirada a meio caminho, a coisa ficou muito mais densa. A cavidade está cheia, não há espaço para mais nada!... Em termos de wiring e de esquemas, bom, creio que já vos tenho habituado por aqui que sou assim meio para o lunático... esta moça está agora com 73 combinações diferentes, umas muito parecidas, outras nem tanto. São diferentes temperos para colorir o som. Instalei-lhe um Freeway Switch 5B5-01 de 10 posições, concebido para stratocasters. Dá-me as convencionais primeiras 5 posições de uma strat e mais outras 5 interessantes, uma das quais muito querida aqui para o je: Na 1ª fila Bridge Bridge+Middle (paralelo) Middle Middle+Neck (paralelo) Neck na 2ª fila Bridge+Middle (série) Bridge+Middle+Neck (tudo paralelo) Bridge+Neck (série - gosto desta!) Bridge+Neck (paralelo) Middle+Neck (série) Depois, os 4 mini switches servem para controlar os single coils de cada humbucker, dos quais obtenho 4 sons: Coil Norte Coil Sul Os dois coils em série Os dois coils em paralelo Feitas as contas são 73 opções/combinações diferentes. Ah te tal, as piadas do costume sobre demasiadas opções... tretas, a guitarra continua super funcional e acessível, só que com mais 68 possibilidades de sons do que se a mantivesse original. As diferenças sentem-se principalmente a nível de timbre e em drives ligeiros, onde se obtêm texturas bastante distintas umas das outras. Mesmo nos drives mais saturados se sente clara distinção, mas nem todas serão agradáveis. Neste caso específico, não tenho nenhuma alteração de fase entre pickups. Teve de levar com um jack novo (reutilizado de outras guitarras e que tinha nas minhas spare parts) porque o com que vinha dava mau contacto, e ainda levou com pots logarítmicos/áudio novos de 1 Mega ohms cada, para abrir o timbre geral da guitarra. À excepção de uma ou outra, as minhas guitarras principais estão a ser equipadas com estes pots, pelo menos no volume. Para terminar as maluqueiras, instalei-lhe um kill switch piezo eléctrico, é aquela coisa ao lado do botão de volume. Não tem partes mecânicas, pelo que é silencioso, não introduz "pops" nem "cracks" no som aquando da acção. Difere dos mecânicos no sentido em que estes mantêm o som cortado quando pressionados ao passo que os piezo eléctricos apenas cortam o som (ou este pelo menos) quando estimulados por impacto, situação após a qual voltam ao normal de deixar passar o sinal. Ou seja, toco-lhe, e ele corta o sinal por uns breves instantes, mesmo que mantenha o dedo nele. Penso que a duração destes poderá estar relacionada coma força do toque, mas ainda não testei o suficiente para poder afirmar com segurança. É, ainda assim, um "brinquedo" interessante para ter na guitarra e não interfere com nada que tenha percebido, não altera o som pois está sempre aberto e fecha quando se toca, fazendo o kill, não interfere com a minha tocabilidade ou acesso aos outros switches, portanto, siga!... poderão existir diferentes sensibilidades destes switches, é algo a explorar no futuro. ...e por fim, resolvi tirar uma fotografia a todas as guitarras de 7 cordas que coabitam comigo Que acham? passei-me dos carretos, certo?