Procura na Comunidade

Resultados de tags 'microfones'.



Mais opções de procura

  • Procurar por Tags

    (Opcional) As tags ajudam a encontrar este conteúdo. Escrever tags separadas por vírgulas.
  • Procurar por Autor

Tipo de Conteúdo


Comunidade

  • Geral
    • Discussão Geral E Cultura
    • Divulgação
    • Apresentações
    • O Cantinho da Thomann
  • Divulgação
  • Teoria Musical
    • Teoria e Composição Musical
  • Guitarra
    • Guitarra
    • Amplificação
    • Pedais e Efeitos
    • Instrução e Técnica
  • Baixo, Bateria, Teclas, Voz e Outros Instumentos
    • Baixo
    • Voz
    • Bateria e Percussão
    • Teclas - Pianos, Arranjadores e Sintetizadores
    • Outros Instrumentos
  • Faça Você Mesmo (DIY)
    • Projetos de DIY
  • Som
    • Estúdio
    • Ao Vivo e em Palco
    • Vintage e HiFi
  • Novidades e Ajuda
    • Novidades e Regras da Comunidade
    • O Forumusica: ajuda e opiniões
  • Banda Exemplo's Tópicos
  • MÚSICOS EM LISBOA's Tópicos
  • Músicos em Braga e arredores's Tópicos
  • Mixing in The box.'s Tópicos
  • Mixing in The box.'s Tópicos
  • Grupo de musicos Amarante's Tópicos
  • Music=Life's Tópicos

Categorias

  • Busca Músicos

Categorias

  • Guitarras
  • Baixos
  • Peças Guitarra e Baixo
  • Bateria e Percussão
  • Pianos e Teclados
  • Amplificadores de Instrumentos
  • Pedais e Efeitos
  • Coisas para DIY
  • Áudio Profissional
  • Outros Acessórios
  • Outros Instrumentos
  • Livros e Revistas
  • Álbuns e Bilhetes

Categorias

  • Técnicos e Luthiers
  • Lojas
  • Formação e Ensino
  • Estúdios
  • Salas de Ensaio
  • Aluguer de Som e Luz
  • Fotografia e Imagem
  • Produtoras e Editoras
  • Importadores
  • Fabricantes
  • Desenvolvedores de Software Musical
  • Bares e Sítios para Tocar
  • Outros Serviços para Músicos

Categorias

  • Dicionário

Categorias

  • Guitarra
  • Baixo
  • Efeitos
  • DIY
  • Gravação e Som

Categorias

  • Música e Cultura
  • Teoria Musical
  • Guitarra
  • Electrónica Musical
  • DIY
  • Baixo
  • Teclas
  • Gravação e som

Calendars

  • Concertos
  • Workshops
  • Music=Life's Eventos
  • Grupo de musicos Amarante's Eventos
  • Mixing in The box.'s Eventos
  • Músicos em Braga e arredores's Eventos
  • MÚSICOS EM LISBOA's Eventos
  • Banda Exemplo's Calendário

Categorias

  • Testes de Cultura Musical
  • Testes de Teoria Musical
  • Testes de Gravação e Estúdio

Estilos Musicais

  • Ideias (Permite Download)
  • Alternativo
  • Baile
  • Blues
  • Country
  • Folk
  • Fusão
  • Jazz
  • Metal
  • Clássica
  • Pop
  • Reggae
  • Religiosa
  • Rock
  • Techno
  • Outro
  • Banda Exemplo's Player
  • MÚSICOS EM LISBOA's Player
  • Mixing in The box.'s Player
  • Grupo de musicos Amarante's Player
  • Music=Life's Player

Blogs

Não há resultados a mostrar.

Não há resultados a mostrar.


Tipo de Membro


Está online?


Com Foto?


Número de posts

Entre e

Idade

Entre e

Último post

Entre e

Telemóvel


Cidade

Encontrado: 4 resultados

  1. Microfones de PodCast / USB

    Pessoal, então é o seguinte: ando em busca de um microfone USB para gravar voz-off nos vídeos de um projecto online. Eu tenho dois microfones em casa, um T.Bone SC1100 (https://www.thomann.de/pt/the_tbone_sc1100_grossmembranmikrofon.htm) e um clone do SM57. Mas nenhum deles é adequado ao que preciso, principalmente porque precisam de interface áudio, "infraestrutura" (tripés, cabos, etc). Ora, a ideia é fazer estas gravações de forma ágil, muito "plug and play" (tipicamente, de manhazinha cedo, enquanto os putos dormem ainda, e antes de ir para o trabalho... algumas vezes terá que ser na hora de almoço e tudo, portanto convém que não seja algo muito grande). Têm experiência com algum? Eu gostava que tivesse a claridade de um microfone de membrana grande (principalmente aquele "top end" e sensibilidade que os dinâmicos não têm, fosse barato qb e não fosse muito grande/pesado e que seja USB.... e o mais barato possível. Têm alguma sugestão?
  2. Resposta em Frequência

    A resposta em frequência é uma métrica fundamental para as nossas escolhas e trabalhos de audio.A resposta em frequência é uma das métricas dos equipamentos e aplicações audio. Compreendê-la ajudar-nos-á a tomar decisões conscientes no que toca à compra de produtos de audio e a melhorar os resultados sonoros com os equipamentos que temos. Toda a gente já ouviu falar das colunas FRFR (full range flat response) que têm uma resposta plana em toda a gama de frequências e em filtros passa alto e passa baixo... mas é importante conhecer o conceito subjacente. Talvez os próximos fones que compremos sejam uma escolha mais acertada assim que conhecermos melhor o que é a resposta em frequência. Resposta em Frequência - O que é? Todos os equipamentos audio (incluindo os humanos!) que captam e produzem sons são passíveis de alterar as suas características. A transformação de sinal-som ou som-sinal está sempre condicionada pelas características do meio (transdutor) que faz essa conversão. As características do transdutor conferem e condicionam as características da saída, alterando as propriedades do som. Podemos definir resposta em frequência como a medida da saída de um sistema em resposta a um estímulo (sinal / som), relativamente à entrada, no espectro de frequências. Isto significa que um dispositivo pode transformar um sinal em som mas o produto da saída poderá (ou não) ter variações de intensidade (volume) em algumas frequências. Idealmente, um sistema fiel reproduzirá de forma autêntica todo o sinal no espectro de frequências. Mas nem sempre os sistemas fieis são os mais desejados. Em termos simples, um gráfico de resposta em frequência mostra para cada frequência a relação entre a saída e o sinal original. Resposta em Frequência - Como se mede? Para quem já fez um teste de audição no médico otorrino, tem uma noção de como se mede a resposta em frequência. Em termos simples coloca-se um determinado sinal sonoro, a várias frequências e em diferentes volumes, e analiza-se a resposta da pessoa ao sinal. Com base nesses dados, constrói-se um gráfico que dá uma noção de como reagimos às várias frequências. A resposta em frequência no caso humano varia com o tempo, como mostram os seguintes gráficos de resposta em frequência: Podemos ver que à medida que vamos envelhecendo, vamos perdendo capacidade auditiva nas frequências mais agudas - isto é, a resposta em frequência para as respostas mais agudas diminui, assemelhando-se a um filtro passa baixo. Os nossos ouvidos perdem sensibilidade nas altas frequências, ou seja, para obter uma resposta é preciso uma maior intensidade de sinal - volume. A imagem abaixo mostra um filtro passa baixo, que por definição é um sistema com uma resposta em frequência muito atenuada nas frequências mais altas (ou seja... deixa passar apenas as baixas frequências) A frequência de corte (cutoff frequency) é a medida a partir da qual a resposta em freqência diminui ou é atenuada em 3dBs. Podemos ver esta característica (mas invertida) na grande maioria dos microfones e mesas de som, onde um botão "lowcut" faz com que as frequências abaixo dos 75 HZ sejam atenuadas (para eliminar ruídos de manuseamento, rumble ou vibrações de baixa frequência). A medição da resposta em frequência para equipamentos audio segue esta analogia: os dispositivos são sujeitos a um sinal de entrada e mede-se o sinal de saída relativamente ao original. Resposta em Frequência - Aplicações Normalmente interessa conhecer a resposta em frequência para a gama de frequências audíveis pelo ouvido humano (a menos que se queiram gravar as comunicações entre morcegos ), logo, interessa maioritariamente conhecer a resposta dos equipamentos às gamas de frequência dos 20Hz aos 20000Hz, que são os limites inferior e superior da audição humana, respectivamente. Abaixo e acima destes valores, os nossos transdutores (ouvidos) não têm sensibilidade, logo não produzem sinal, e portanto não ouvimos. Em estúdio e aplicações Hi-Fi, é muitas vezes importante ter um sinal de saída o mais fiel possível ao sinal de entrada. Equipamentos com curvas o mais flat possível em todo o espectro audível são usados (na monitorização, por exemplo) ou usam-se dispositivos adequados às frequências importantes (microfones mais adequados a captar guitarras, etc).A equalização e as tone stacks ajudam a melhorar a resposta a determinadas frequências, por exemplo. No entanto, uma resposta em frequência flat nem sempre é o que se pretende. Os produtores de música eletrónica e os DJs mexem com reduções drásticas na resposta em frequência para obter os efeitos sonoros desejados. Os guitarrristas e baixistas usam amplificadores com speakers com respostas em frequência diferenciadas nas quais sobressaem mais os médios ou os graves, respetivamente. Podemos ver que dois speakers comuns o Celestion V30 (à esquerda) e o Celestion Greenback (à direita) têm respostas em frequência tudo menos planas (a 8 ohms): Podemos ver que ambos os speakers têm maiores respostas em frequência nos médios, embora na gama dos 500-1000Hz o Celestion V30 tenha uma maior e mais constante resposta, daí os seus médios bem presentes. Isto mostra que um guitarristas iria ficar muitíssimo descontente com um speaker Hifi com resposta plana... iria ver o seu som soar "magro" e "scooped". Mesmo para aplicações ditas comuns como ouvir música, respostas em frequências planas podem não ser desejáveis.. Resposta em Frequência - Exemplo Prático Vamos dar um exemplo prático. Imaginemos que pretendemos comprar o melhor par de fones para ouvir música na casa dos 100-150€ / R$300-450. Escolhemos 4 exemplares que vamos pôr a teste. Os AKG Q460, AudioTechnica ATH-AD700, Beyerdynamic DT770 e Beyerdynamic Custom One Pro. Olhar para as curvas de frequências dá-nos pistas importantes sobre eles: Assim de relance salta logo à vista que os ATH-AD700 têm uma resposta às baixas frequências bastante menor que os outros, logo para quem aprecia graves muito presentes talvez não fossem a melhor opção (para quem gosta de tecno music, Dj's, etc, estes não seriam a escolha acertada). No entanto tem uma resposta muito plana e muito uniforme na gama dos médios. Já os Beyerdynamic DT770 têm uma boa resposta nos graves e agudos se bem que têm um "slump" nos 60Hz e sejam algo "temperamentais". No entanto estes poderão causar maior fadiga auditiva devido a fazerem sobressair bem os graves e os agudos. Os AKG têm uma boa resposta nos graves-médios mas a resposta aos agudos é bastante atenuada, o que poderá indicar que comparativamente aos outros soem algo "abafados". Os Beyerdynamic Custom One Pro são parecidos aos "irmãos" DT770 mas com uma menor resposta nos agudos. Qual destes o melhor? Depende das preferências de cada um no que toca ao som e às características do restante equipamento, no entanto, para quem usa fones durante longos períodos, usar fones com respostas muito fortes nos agudos pode causar fadiga auditiva... e o instrumento mais importante que temos são os nossos ouvidos! Conclusões A resposta em frequência é um métrica fundamental, mas por si só insuficiente para determinar o desempenho e características de um determinado dispositivo, e há outras métricas importantes (relação sinal-ruído, distorção harmónica, etc) que devem ser conjugadas para se tomarem as melhores decisões. Além disso, há que ter em conta que as marcas que não fornecem os gráficos de resposta em frequência não são sérias (o que têm a esconder?) da mesma forma que aquelas marcas que têm gráficos de resposta em frequência muito otimistas para material de baixo custo devem deixar sempre alguma desconfiança no que toca à veracidade das especificações. Como em tudo.. algum conhecimento e senso comum ajudam a tomar as melhores decisões! Clica aqui para ver o artigo
  3. Qual microfone usar?

    Olá, sou muito inexperiente com o lance de microfones. Mas queria comprar um bom pra fazer gravações no meu PC. Como não sei nada, fico com dúvida e confuso com as muitas características (Por exemplo: O que é cardioide? parece nome de cirurgia de coração!). Enfim, preciso realmente de uma ajuda. Existe outro problema, estou meio sem grana, então necessito de um microfone que custe até R$ 800,00.Tenho um amor pela música (especificamente cantar) e esse seria o pontapé inicial para eu começar a praticar. Obrigado a todos que responderem.
  4. Viva, Alguém sabe se e onde é possível alugar microfones para gravação profissionais? Preciso de um par de microfones bidirecionais para gravar um album num piano de cauda. Obrigado