alribas

Bídeos do Tubas (e do Face)



Posts Recomendados:

alribas    2556

O youtube foi meu amigo e deu-me esta sugestao.

Sempre fui fa da banda mas nao conhecia as figuras. :D

Que brutalidade.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
pipes    3614

Bom som, não sei se terá grande futuro em termos de exposição, à semelhança do que acontece/aconteceu com o André Indiana por exemplo. O "mal" destes artistas/bandas, é que tocam algo muito específico e "americanizado". Por exemplo, faria toda a diferença (para mim), se ele cantasse em português.

Em termos de qualidade/performance está lá, mas é igual a centenas de outras cenas que já fazem lá fora, com um sotaque mais manhoso. Por isso duvido que a internacionalização seja viável e duvido que cá dentro haja público suficiente para este tipo de som, o que é pena...

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Pai da Gina    1761

Em termos de qualidade/performance está lá, mas é igual a centenas de outras cenas que já fazem lá fora, com um sotaque mais manhoso. Por isso duvido que a internacionalização seja viável e duvido que cá dentro haja público suficiente para este tipo de som.

^ É isto.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
stratocosta    3681

Em termos de qualidade/performance está lá, mas é igual a centenas milhares de outras cenas que já fazem lá fora, com um sotaque mais manhoso. Por isso duvido que a internacionalização seja viável e duvido que cá dentro haja público suficiente para este tipo de som, o que é pena...

+1

o género até seria irrelevante se houvesse ali grandes riff´s / melodias

"orelhudo" é o termo ( que eu detesto )

 

mas acho que este trabalho mostra que existe em PT boas condições e bons músicos para se produzir com qualidade internacional.

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Jotacaster    2

De certa forma concordo com o @pipes e sempre sonhei ter capacidade (que não tenho) para o fazer.
No entanto, há uma série de malta a americanizar a coisa em português mas só se safam os que já têm bases sólidas no panorama nacional (Abrunhosa, Palma, Rui Veloso).

Mas o post do @stratocosta é exactamente o meu ponto com isto: fazem-se coisas muito boas por cá mas claro, a divulgação não é a mesma e mais depressa encontramos uma cena, se calhar menos interessante, vinda dos states do que coisas boas feitas cá.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
pipes    3614

Concordo contigo. 

Mas é que "apenas" alterando o idioma, deixa logo de parecer uma cover, não sei se me faço entender. A percepção muda radicalmente e no fundo, por muito boa que seja a música, o pessoal está-se a cagar para o som da guitarra. Ou se identifica com a mensagem ou não.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Jotacaster    2

Sim, concordo plenamente contigo! Nós é que não temos mercado para o género ou compositores capazes de chegar a mais gente com o género cantado em português.

Acho que o mercado português foi durante muitos anos dominado pelos sons mais polidos, mais influênciados pela fusão/jazz.
Basta ver os artistas mais mainstream para perceber que, embora o blues estivesse nalguns deles (p.ex. Paulo Gonzo, Rui Veloso), a produção acabava sempre a tender para o lado mais polido e meloso.

Hoje em dia gosto da influência que gajos como o Marco Nunes e o gajo que tá com o Palma trazem. Um som menos polido, mais "rootsy".
Um dos últimos discos da Mafalda Veiga tem muito disso também, assim como o trabalho do Mário Delgado no disco de Baile Popular.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
pgranadas    2299

Relativamente ao Bacalhau, e não é o cozido, é o Vitor.

Sim é verdade, é "igual" a carradas de gajos americanos. Mas agrada-me a ideia de pode curtir esse tipo de som ao vivo, cá em Portugal, sem a ter de se desembolsar uma carrada de €€€ só em hotéis, viagem e mais cachê. Mais vale pagar aos da casa e curtir na mesma.

  • Gosto 3

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Regista-te ou entra para comentar!

Para deixar um comentário é necessário estar registado. É muito fácil!

Criar uma conta

Regista-te e vem fazer parte desta comunidade! É fácil!

Registar-me

Entrar

Já estás registado? Entra aqui!

Entrar agora