Posts Recomendados:

pgranadas    2289
há 1 hora, tmo disse:

quando se está a fazer um fraseado tipo solo

Foi precisamente por isso que estava aqui a meditar nos pros e contras de sustainer vs ebow. Não creio que o ebow seja eficaz se o objectivo for fazer acordes, mas por outro lado, parece ser mais fácil de dominar em solos. O ideal era ter os dois...LOL

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
John10    585
há 5 horas, pgranadas disse:

Foi precisamente por isso que estava aqui a meditar nos pros e contras de sustainer vs ebow. Não creio que o ebow seja eficaz se o objectivo for fazer acordes, mas por outro lado, parece ser mais fácil de dominar em solos. O ideal era ter os dois...LOL

O problema do Ebow é que não é propriamente fácil passar de uma corda para outra. Por vezes até há ali uma "dificuldade" em arrancar a nota. (um décimo de segundo antes da nota começar a entoar, às vezes). No caso de solos acho que o sustainer deve ser melhor. E falo com a experiência comprovada de nunca ter experimentado nenhum :D

Para mim a melhor utilização que dou ao Ebow é numa só corda e fazer slides (sem slide, só com o dedo).

  • Gosto 2

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
tmo    1682

Actualmente, ainda não há no mercado sustainers "polifónicos" (que eu saiba), no sentido de conseguirem executar o sustain em mais do que uma corda em simultâneo de forma convincente. O que acontece com um sustainer tipo Fernandez ou Sustainiac aquando de um acorde, é que as cordas graves acabam por dominar o som ao fim de poucos instantes e as cordas agudas acabam por se perder. A excitação das cordas grossas sobrepõem-se à das cordas mais finas. O funcionamento é idêntico semelhante e diferente ao de um Ebow: as cordas são excitadas por frequência, captada pelo pickup da ponte, processada e redireccionada para o driver de forma a que este reaja instantaneamente. Consegue-se fazer tudo de fraseados monofónicos, quando se metem polifonias, a coisa tem piada, mas é pouco mais do que sem sustainer. Um Ebow não tem captação nem retro-alimentação do driver (ou tem? Será a luzinha uma forma de input de dados tipo o laser dos ratos?). Ambos trabalham por excitação no campo electromagnético.

Estou a imaginar que um Ebow trabalhe a duas frequências para uma sustentação linear e com harmónicos (os 2 modos de funcionamento), em que liga e desliga o campo electromagnético do driver nessas frequências, provocando "string pull" quando activa e larga a corda quando desactiva. O resultado será o de fazer a corda mexer-se em função da activação/desactivação do campo electromagnético. Um Sustainer funcionará de forma idêntica, contudo com o controlo da frequência por input do pickup em uso para captar o som... mas isto sou eu que estou a imaginar, na prática, percebo pouco do conceito electrónico em causa...

EDIT: @pgranadas algumas incorrecções repensadas...

  • Obrigado 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
tiagocunha    442

Bem, eu tenho um Ebow e sou gajo de comprar este só para comparar. O efeito é giro, mas tal como foi dito, a passagem de corda é algo difícil e se este der para tocar mais longe das cordas, melhor.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Rui T    1525
há 9 horas, John10 disse:

O problema do Ebow é que não é propriamente fácil passar de uma corda para outra.

 

  • Gosto 3

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
John10    585
há 17 horas, Rui T disse:

 

Pois, vídeos desse também eu já vi. Mas também já vi muitos vídeos do Jimmy Page e ainda não consigo tocar como ele :P

  • Gosto 1
  • Riso 5

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Rui T    1525
há 6 horas, John10 disse:

Pois, vídeos desse também eu já vi. Mas também já vi muitos vídeos do Jimmy Page e ainda não consigo tocar como ele :P

Pois, é difícil falhar nos mesmos sítios que ele...:P

Em termos de criatividade era do melhor, mas ao vivo era um bocado sloppy.

  • Riso 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Regista-te ou entra para comentar!

Para deixar um comentário é necessário estar registado. É muito fácil!

Criar uma conta

Regista-te e vem fazer parte desta comunidade! É fácil!

Registar-me

Entrar

Já estás registado? Entra aqui!

Entrar agora