stratocosta

A influência das quebras das vendas na qualidade da produção musical presente e futura



Posts Recomendados:

Egiptogrunge    18
há 15 horas, Antonio disse:

Mas a malta das empresas tem uma mentalidade diferente. Eles estão a contratar um serviço. Não estão muito preocupados com a musica.

Não deixa de ser curioso que quem menos se importa com a música seja quem melhor paga.

Muito pessoal que jura a pés juntos que gosta é de boa música e que detesta musica mais comercial e tal, mas não ajuda minimamente a mudar o panorama. Vão a um bar com musica ao vivo e queixam se dos preços, não são capazes de contribuir monetariamente de alguma forma para as bandas, etc etc.

Eu que sou um forreta do carago não me importo de estar num bar e pagar mais por ter musica ao vivo, até por vezes consumo mais que o habitual, se curto a banda e se tem álbum físico tento comprar. Temos de mudar mentalidades, incutir o respeito pelos músicos, as vezes coisas simples como falar com o dono do bar e afirmar que adoramos lá ir por ter boas bandas e que as mesmas merecem ser bem pagas já pode fazer a diferença...

  • Gosto 4
  • Amo 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
mpexus    466

Ainda bem que esse é fixe... pq nem conseguiria imaginar a minha reacção se não fosse... 

 

  • Riso 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
pgranadas    2102
há 2 horas, Mr. Smith disse:

Boas!

Há vídeos promocionais bem fixes!! Olhem este.

https://www.youtube.com/watch?v=Iv7Y8O8a9ks

Cumps,

Discordo. Para se fazer um video que mostre uma banda, não é preciso grandes produções multi camera, nem som surround, mas também não se pode ser tão básico.

porquê não? Porque isso mostra algum cuidado (ou falta dele neste caso) na apresentação, e isso mostra algum brio. Se a banda mostra cuidado em se apresentar num vídeo, provavelmente terá o mesmo cuidado quando se apresenta ao vivo, logo, será uma boa aposta. É tudo uma questão de lógica.

uma câmera a apanhar um plano geral de um palco, e o som gravado directamente da mesa, com bateria micada com quatro ou cinco micros, e as guitarras/baixo a também passarem pela mesa, e já se tem algo que seja minimamente decente.

Tipo isto, mas em vez de estátuas como neste caso, com músicos que, pelo menos, reajam ao que tocam e mostrem algum sentimento.

 

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
mpexus    466

Nos dias que correm não há desculpas para videos "enfadonhos"... filmem as coisas 2-3xs e misturem os planos.  A Apresentação é tudo... eu se julgasse a banda pelo video que o Smith meteu riscava logo dos contactos.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Antonio    362

Um video promocional para mostrar na net, nos dias de hoje, não pode passar dos 30 segundos! Tem de se conseguir convencer o cliente em 30s. E mesmo assim já são raras as pessoas que veem 30s de video seguido sem clicar noutra cena! 

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
pipes    3553

Toda a entrevista está muito fixe, mas apartir dos 27 minutos, fala mais sobre a indústria

 

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Antonio    362

 

 

Uma ideia. Precisa de ser muito elaborada, claro. 

Mas o meu puto tem a Playsation VR. Eu comprava na boa um "bilhete" (pagamento do serviço de streaming) para assistir a um granda concerto em directo, transmitido em VR! 

Como disse, é uma ideia ;) 

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Regista-te ou entra para comentar!

Para deixar um comentário é necessário estar registado. É muito fácil!

Criar uma conta

Regista-te e vem fazer parte desta comunidade! É fácil!

Registar-me

Entrar

Já estás registado? Entra aqui!

Entrar agora