stratocosta

A influência das quebras das vendas na qualidade da produção musical presente e futura



Posts Recomendados:

pipes    3614
há 1 hora, stratocosta disse:

talento é algo difícil de definir.

tecnicamente capazes existem realmente aos milhares no youtube , agora a fazerem algo musicalmente relevante já é discutível.

Phil X - musico fora de serie , toca e canta pra carvalho , mas musica original muiiiito fraquinho 

Bonamassa , Eric Jonhson e mais uns quantos super guitarristas , idem

se existe , aonde está ? as editoras ainda devem ter olheiros a procura de "talentos" 

digo eu, imho ^_^

 

A&R? Onde é que isso já lá vai… Espécie em vias de extinção, se é que ainda há de facto esse departamento 

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Antonio    507

Pois.. estamos numa fase estranha de transição. Já se começa a antever o futuro do mercado musical mas ainda está longe de funcionar em pleno.  

Pelo que tenho visto parece que o meio termo de uma banda ou artista criar alguma notoriedade sozinho e depois então ser "agarrado" por uma grande editora está a funcionar.

Talvez este caminho vá mudando as coisas aos poucos... Tipo, os artistas começarem a conseguir tanto sozinhos que quando uma editora decide fazer a proposta eles estejam numa posição de dizer não.  

 

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
stratocosta    3685
há 6 minutos, Antonio disse:

Pois.. estamos numa fase estranha de transição. Já se começa a antever o futuro do mercado musical mas ainda está longe de funcionar em pleno.  

Pelo que tenho visto parece que o meio termo de uma banda ou artista criar alguma notoriedade sozinho e depois então ser "agarrado" por uma grande editora está a funcionar.

Talvez este caminho vá mudando as coisas aos poucos... Tipo, os artistas começarem a conseguir tanto sozinhos que quando uma editora decide fazer a proposta eles estejam numa posição de dizer não.  

 

o que é isso de funcionar em pleno ?:rolleyes:

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Antonio    507
há 15 minutos, stratocosta disse:

o que é isso de funcionar em pleno ?:rolleyes:

Haver um novo business model que funcione e todos sigam.

Tal como o que está agora morrer. A tal receita assinar com editora, gravar o disco e  bater o single nas rádios e TVs. Está a surgir um novo modelo, que ninguém ainda sabe bem qual é mas andam todos a experimentar coisas diferentes...

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
mpexus    633
há 3 horas, stratocosta disse:

talento é algo difícil de definir.

tecnicamente capazes existem realmente aos milhares no youtube , agora a fazerem algo musicalmente relevante já é discutível.

Phil X - musico fora de serie , toca e canta pra carvalho , mas musica original muiiiito fraquinho 

Bonamassa , Eric Jonhson e mais uns quantos super guitarristas , idem

se existe , aonde está ? as editoras ainda devem ter olheiros a procura de "talentos" 

digo eu, imho ^_^

 

Talento não é difícil de explicar:

https://www.infopedia.pt/dicionarios/lingua-portuguesa/talento



Musicalmente relevante é que já é pode ser difícil de explicar. O que para ti é bom e extraordinário para mim pode não ser e claro vice versa. Se para ti bom é quem vende à pazada para mim não é. Se para ti bom é quem agrada às massas para mim pode muito bem não ser.  Neste momento ser-se relevante na música é vender à pazada e encher salas/estádios/festarolas populares e outros similares.

Eu sei quem é o Phil X mas não sei o que toca por si porque não faz parte do tipo de musica que ouço. Fazem música que não te agrada nem às massas. Sim por uma lado não são relevantes, neste caso o Monetário, por outro e para os seus Fans tem todo o relevo do Mundo. Tu falaste por aqui já dos Police.. pá pois.. tu gostas e acho aquilo muito pãozinho sem sal. Conheço as mais conhecidas pq passavam até à exaustão nas rádios e programas de TV de domingo à tarde, mas não é banda que meta a tocar ou que alguma vez metesse. Considero-os no entanto relevantes dentro do Panorama Musical, tal como foram os Queen, Stones (que eu não suporto) e Beatles (que acho uma seca brutal) ou mesmo U2 que... pronto há quem goste ;)

As Editoras procuram quem lhes encha os cofres, o ser-se talentoso ou não é totalmente irrelevante, tentam criar Modas e quando estas vingam é verem-se a quantidade de bandas que mais parecem fotocopias uns dos outros a aparecem como cogumelos. Por vezes as apostas saem bem mesmo que o talento seja medíocre ou péssimo e que até acaba por por criar um estilo, fazendo disso uma relevância, como por exemplo os Sex Pistols. Aquilo musicalmente era mau/péssimo, mas vingou mais pelo que o que simbolizava do que era tocado. Ou seja como forma de Arte foram mais importantes do que como Música em si.

Os Super guitarristas tal como tudo tiveram o seu tempo, estão démodé. As novas gerações não querem saber de Guitarradas logo guitarristas sejam eles super ou não tornaram-se irrelevantes para o grande público. No entanto nunca houve tanto talento em Guitarristas espalhado por esse Mundo fora como há hoje.


 

  • Gosto 2

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
stratocosta    3685
há 54 minutos, mpexus disse:

 

Os Super guitarristas tal como tudo tiveram o seu tempo, estão démodé. As novas gerações não querem saber de Guitarradas logo guitarristas sejam eles super ou não tornaram-se irrelevantes para o grande público. No entanto nunca houve tanto talento em Guitarristas espalhado por esse Mundo fora como há hoje.


 

é a pazada no tube.

e também curto artistas mais obscuros desde que tenham algo que valha a pena ouvir.

portanto Police é sem sal, Beatles e Stones é merda..... :D

há 2 horas, Antonio disse:

Haver um novo business model que funcione e todos sigam.

Tal como o que está agora morrer. A tal receita assinar com editora, gravar o disco e  bater o single nas rádios e TVs. Está a surgir um novo modelo, que ninguém ainda sabe bem qual é mas andam todos a experimentar coisas diferentes...

muito utópico, não vai acontecer .

mas se calhar até já existe:

https://bandcamp.com/

 

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
F.Coelho    256
há 1 hora, mpexus disse:

Os Super guitarristas tal como tudo tiveram o seu tempo, estão démodé. As novas gerações não querem saber de Guitarradas logo guitarristas sejam eles super ou não tornaram-se irrelevantes para o grande público. No entanto nunca houve tanto talento em Guitarristas espalhado por esse Mundo fora como há hoje.

No fundo é um pouco como tudo. Por exemplo, nunca houve tantos excelentes ginásticas olímpicos a executar movimentos de complexa dificuldade; no atletismo existem estrelas atrás de estrelas; no surf brotam talentos atrás de talentos; ... e assim por diante.

Mas se estiver a dar na televisão o jogo de futebol da 49ª divisão entre o Repolho e a Hortaliça, a malta prefere estar 90 minutos a ver caneladas do que a ver pessoas com talento. Acho que não é um problema de sofware, é de hardware.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
stratocosta    3685

é software , não tem a ver com o corpo.

há velhos que ouvem jazz, rock , rock progressivo....

que idade tem o Jimmy Page, Keith Richards, Gilmour ? 70s e tocam e ouvem rock :P

 

em relação ao futebol, prefiro ouvir  EDM do que jazz da treta

  • Riso 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
mpexus    633
há 56 minutos, stratocosta disse:

é a pazada no tube.

e também curto artistas mais obscuros desde que tenham algo que valha a pena ouvir.

portanto Police é sem sal, Beatles e Stones é merda..... :D

muito utópico, não vai acontecer .

mas se calhar até já existe:

https://bandcamp.com/

 

É à Pazada no YT pq foi isso que foste procurar, seu eu for procurar por DJ's ou outro qq "musico" de electronic Music acredita é à Pazadas x100000 comparativamente com malta a tocar guitarra.

Eu não disse que Stones é merda, tu é que o disseste. Há uma diferença entre não se gostar ou não se apreciar e ser merda, aliás não me viste a dizer que nada era merda.

Eu não gosto de Stones, nem de Beatles, nem de Police e muito menos de U2, não me diz nada, nunca me disse. Mas desde que não me venhas dizer que se eu não gosto é pq não tenho gosto, dá para falarmos pq gostos são pessoais e não é por alguém gostar (ou milhões gostarem) que vão estar a dizer a quem não gosta que não tem gosto ;)

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
stratocosta    3685

dj´s são a pazadapazada porque é mais fácil "fazer" música com samplada do que numa guitarra , é  a gratificação imediata.

não gostar de Beatles , Stones etc,  é estranho, muito estranho :wacko: .

Afinal gostas de quê ? 

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Regista-te ou entra para comentar!

Para deixar um comentário é necessário estar registado. É muito fácil!

Criar uma conta

Regista-te e vem fazer parte desta comunidade! É fácil!

Registar-me

Entrar

Já estás registado? Entra aqui!

Entrar agora