admin

Gibson Memory Cable



Posts Recomendados:

admin    66

Aquilo que à partida pode parecer uma ideia algo estranha, na verdade é uma ideia brilhante!Quando a Gibson comprou a TEAC, ficou com acesso à TASCAM e à sua reconhecida tecnologia de estúdio. E juntas lançaram o Memory Cable, um cabo que permite gravar 13 horas de sinal do teu instrumento: guitarra, teclas, baixo, etc.

Este cabo permite-te gravar todos os teus pregos, todos os momentos de inspiração que fluem sem te sentires "constrangido" por saberes que estás a gravar. Já tiveste daqueles momentos em que te sai algo genial e dentro de minutos já não sabes como era? Com este cabo nada se perde - tudo se armazena.

O cabo tem 5 metros e permite-te gravar em cartão microSD (traz um de 4 GB incluído), com uma qualidade de 44.1 kHz a 16 bits (qualidade de CD) e é relativamente compacto. Podes gravar em formato WAV descomprimido, e até há um modo de gravação que deteta quando tocas e grava apenas esses momentos. Genial, não?

A alimentação é feita por pilha AA e dura 8 horas, mas ainda tem uma bateria pequena que dura um ano e tem um relógio interno para marcar a data das tuas gravações.

Mas este cabo tem outras potenciais aplicações: podes gravar a tua performance na banda e depois analizares em casa o que fizeste mal, pode ajudar-te a compor, e pode ajudar-te a fazer reamping: por acaso não curtias gravar o que tocaste com outro amp sem ter que repetir o processo? Não precisas de boxes nem outros aparelhos: isto é um cabo, e liga-se ao amp que queres gravar, e siga! Em dois tempos tens o tone noutro amp!

E a menos que uses um sistema wireless, vais precisar de um cabo para tocar guitarra. E além de tudo, este é também um simples cabo!

Esta é uma excelente prenda ou "auto prenda" neste natal, com um custo de €100 / R$300 aqui.

Clica aqui para ver o artigo

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
tmo    1691

Pode funcionar para muitos, para mim acho limitado. Preferia gastar o mesmo num gravador digital com micro... há-os pelos mesmos valores e sempre podem ser usados para muitas outras situações... isto ou um adaptador para iPhone ou agora para Android... É a Gibson mais uma vez a mandar areia para os olhos da malta... Faz-me lembrar um  produto que a Wacon lançou há uns tampos: InkLing. Aquilo era porreiro, mas torna-se obsoleto com as tablets que trazem pen com sensibilidade à pressão... enfim, são tentativas...

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
IZWI    337

A vantagem do cabo é que em contexto de banda ou com outros instrumentos à mistura poderes gravar somente o que estás a tocar na guitarra e voltar a rever mais tarde.

 

Claro que tbm não acho de muita útilidade para mim, mas talvez o conceito evolua para algo melhor...

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
tmo    1691

Eh pah, certo, mas já há soluções multipistas para aparelhos móveis, assim como um portátil e um interface já dá para fazer muita coisa, com a vantagem de ter os diferentes instrumentos coordenados uns com os outros... DO meu ponto de vista este gingarelho é um desperdício de material para o preço. Se fosse pelos 20€, achava muito bem, agora pelos 100€?? Vão gozar com outro...

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
xtech    2924

Eu acho que é interessante, não pela gravação, que não me parece nada de especial, mas pela possibilidade de reamp, e tendo isso em conta não me parece caro. Acho que essa cena de incluir o gravador no próprio cabo apesar de ficar mal esteticamente mas é grande ideia em termos de reamp: poupa um trabalhão e evita uma quantidade de cenas. É um reamp "plug and play".

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Hipster    98

A line6 tem quase exactamente o mesmo com o Backtrack. A versao com micro entao e' incrivelmente versatil porque alem de gravar muito bem o som de uma banda tambem da para ligar um cabo da guitarra ao gravador e do gravador ao amp para gravar o sinal directamente. E como e' leitor tambem permite fazer o re-amp directamente, o que o cabo da Gibson nao permite.

 

A ideia nao pegou na altura.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
IZWI    337

tmö,

Eu refiro-me ao facto de no meio de um ensaio ou mesmo de um concerto, por exemplo, poderes gravar o som da tua guitarra independente dos outros instrumentos.

 

Só precisa de estar ligada ao amp com o tal cabo, não há cá pc´s, interface, gravador, etc..

 

Agora, se para mim isso teria utilidade? não!

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
tmo    1691

@john b Eh pah, nesse caso funciona como um interface tipo pedal, é true bypass? Tem buffer?... Continuo a preferir usar suportes mais sólidos como interfaces para PC/Mac ou gravadores audio para ensaios.

 

No que respeita a concertos, faz-se uma derivação de sinal à saída da guitarra e manda-se o sinal extra para a mesa ou gravador ou outra coisa que se tenha por perto. Acho que esse aparelho é um profundo desperdício de tempo e energia. Consumismo no seu mais puro estado de estupidez. Não traz nada de novo, não resolve nenhum problema que não possa ser resolvido melhor por outros meios, não contribui em nada para sermos melhores músicos, apenas para sermos mais pobres. É como disse atrás, se fosse por 20€, ainda vá que não vá, agora por 100? nah...

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
stratocosta    3676

pessoalmente não tenho interesse, mas tem potencial.

 

li as specs, fica a dúvida se o sinal é convertido ad/da ou funciona em paralelo com o sinal analógico.

 

podiam era ter incluído uma função de looper. 

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Regista-te ou entra para comentar!

Para deixar um comentário é necessário estar registado. É muito fácil!

Criar uma conta

Regista-te e vem fazer parte desta comunidade! É fácil!

Registar-me

Entrar

Já estás registado? Entra aqui!

Entrar agora