Posts Recomendados:

phillipric    207
há 4 minutos, PCanas disse:

O pedal de switch é o ideal.

Dependendo da quantidade de sons que precises e das oitavas que precisas para cada um, até podes não precisar de mudar de sons. Por exemplo, imagina que precisas de piano+pad e strings, mas na prática em cada um deles só precisas de 2 oitavas. Em vez de programares um "slot" com piano+pad e outro com strings e andares a mudar entre eles, podes fazer um split no teclado, numa parte metes o piano+pad e na outra metes as strings. Depois ajustas com o transpose as oitavas, se ficarem muito agudos ou muito graves. Assim, na mesma música é mudares entre partes do teclado, não precisas de mudar de som.

Para os temas que toco é quase impossível. Por exemplo, essa demo que deixei em cima, ocupa-me 3 oitavas... depois, durante o tema preciso de mais 3 para o piano. Mas é uma hipótese fazer essa mudança de sons usando só o Fantom. Tenho de desfazer a lista que já fiz. A ver se tenho livres suficientes para editar sem desfazer o que já está feito. Mas é mais uma ideia. 

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
PCanas    992

Então o ideal será mesmo sons "sozinhos" e mudares entre eles.

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
phillipric    207

Ok. Obrigado pelas dicas. 

Vou experimentar na edição de piano duas layers com pianos diferentes. Sinceramente, nenhum sample de piano me agrada totalmente no Fantom. Tenho um Roland HP2 em casa e é outra "loiça". 

E também a ideia do "attack" nos strings. Essa parte da edição de sons, layers, efeitos, etc... já começa a ser mais simples a meu ver. Já é mecânico. 

Vou ver a possibilidade de ligar um pedal (para já tenho de experimentar com um sustain que não tenho mais nenhum) e definir para passar as performances sem ter de estar a tirar as mãos do teclado. É que há temas em que um tipo precisava de mais duas mãos e ainda estar a tirar uma... :P 

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
phillipric    207

Tive ensaio ontem e aproveitei os "tempos mortos" para ir realizando algumas edições aos sons já feitos. A junção de 2 pianos funciona muito bem. Já tinha experimentado em "arrangers" e nunca tinha gostado... dava-me sempre ar de um piano "salsa". Com os Samples do Fantom fuciona bem e foi mesmo assim só de experiência rápida. Dá outro peso e corpo ao som. 

@PCanas, falaste nas layers que deixei atrás dos Aerosmith do "attack" dos strings. Editei um pouco, mas ele não surge mais leve. Muda a forma como tenho de atacar a tecla. Se tocar mais leve não soa, se tocar mais forte é que se começa a ouvir. Eu percebi o que querias dizer e concordo, tem de haver um crescendo nas layers de strings e pads naquela música em concreto, mas a edição disso é mesmo feita com o "attack" ou outro parâmetro? 

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
PCanas    992

Sim, em princípio há-de se chamar attack. Pela descrição que fizeste possivelmente alteraste foi a velocity curve, que regula a resposta do teclado em função da força com que se toca.

Quanto à junção dos pianos, não te fiques só por aí. Experimenta os volumes de cada um, equalizador, reverb, etc.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
phillipric    207
há 2 horas, PCanas disse:

Sim, em princípio há-de se chamar attack. Pela descrição que fizeste possivelmente alteraste foi a velocity curve, que regula a resposta do teclado em função da força com que se toca.

Quanto à junção dos pianos, não te fiques só por aí. Experimenta os volumes de cada um, equalizador, reverb, etc.

Não...foi mesmo o ataque.

 

Sim... Quanto aos pianos. Claro que depois aprimoro isso. 

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
phillipric    207

Não cheguei aqui a referir mas, ganhei coragem e fiz um factory reset ao teclado e foi o melhor que fiz. Muito provavelmente o anterior dono fartou-se de fazer porcaria na edição dos sons, porque os sons, sobretudo pianos, transformaram-se completamente. Nova edição de todas as performance/layers que tinha e resultado final 50x superior. 

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Regista-te ou entra para comentar!

Para deixar um comentário é necessário estar registado. É muito fácil!

Criar uma conta

Regista-te e vem fazer parte desta comunidade! É fácil!

Registar-me

Entrar

Já estás registado? Entra aqui!

Entrar agora