pipes

Curiosidades



Posts Recomendados:

pipes    3831

Tive um há muitos anos atrás. Nunca achei que o amp soasse tão mal quanto apregoavam. O mesmo para o DSL.

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
resolectric    2305
há 10 horas, pipes disse:

Tive um há muitos anos atrás. Nunca achei que o amp soasse tão mal quanto apregoavam. O mesmo para o DSL.

Por acaso é verdade.
Aliás, é verdade e não é por acaso.

Acho que as "bocas" depreciativas ao JCM900 vêm mais do facto de se ter tornado muito popular em estilos de música que ficaram fora de moda e portanto, culpou-se o 900 pelo facto das músicas que lhe estão associadas já não "baterem".

Já tive 900 no estúdio, com "um par" de músicos e nunca soou especialmente mal. Creio que, tal como noutros amps, é uma questão de "casamento" com a guitarra, com a forma de tocar e com a música que se vai tocar.

Ainda estou para ver qual o equipamento que "casa com tudo".
O equipamento "bitch". :P

  • Riso 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
F.Coelho    330

Todos os guitarristas vivem preocupados com o fenómeno de “fret buzz”, melhor, pela sua não existência. Sabemos que o fret buzz está associado a “trastes altos”.

Em todos os vídeos do Youtube referentes ao nivelamento dos trastes podemos constatar duas coisas:

- Aquando do nivelamento o braço tem de estar direito (sem acção do truss rod);

- O nivelamento é feito com uma régua abrasiva que deve, grosso modo de dizer e para simplificar a linguagem, dar uma altura igual a todos os trastes, e ficar paralelo à escala.

 

Poderá haver a intuição de que será mais fácil ocorrer fret buzz nos traste mais afastados da ponte, digamos, 5.º, 6.º, 7.º … do que naqueles que ficam mais perto, 15º,16º, 17º... E isto porque quando premimos a corda no, por exemplo, 15.º traste o ângulo entre a linha dos trastes e a corda é maior que o ângulo formado no 5.º traste.

Mas esta intuição está errada. Embora os ângulos sejam diferentes é importante revelar que a distância entre o 5.º e o 6.º trastes é maior que a distância entre o 15.º e o 16.º trastes.

Curiosidade: Na prática, matematicamente falando, o que se passa é que para o tipo de nivelamento acima mencionado, qualquer que seja o traste onde a corda seja premida, a distância entre o topo do traste seguinte e a corda mantém-se constante (embora as funções matemáticas sejam diferente elas têm um comportamento muito parecido).

A figura tosca abaixo pretende traduzir essa situação.

 

5ee26b155e438_Acoversusalturadascordas.png.5f7538fbcd59cb5c3d7e3717343f9084.png

(Claro que quanto maior a quantidade de corda “solta” mais oscilação terá e claro que haverá maior probabilidade de fret buzz no 5.º traste do que no 15.º, mas deixemos este problema de lado, o pequeno arco na guitarra tenta em certa medida compensar este problema).

Na minha opinião, o nivelamento “oblíquo” oferece maiores garantias de não haver fret buzz por um período de maior de uso. Por nivelamento oblíquo quero dizer que o nivelamento não segue paralelo à escala do braço, mas ligeiramente inclinado (mas em linha), havendo um pequeno maior desbaste nos trastes mais juntos à ponte (somente q.b.). Acarreta outras desvantagens.

Mas muitas vezes, na situação de nivelamento paralelo, quando os trastes no centro da guitarra começam a ser “comidos” pelo uso mais frequente e aparece fret buzz a solução é dar desbaste aos trastes que estão mais abaixo, e isto é similar ao nivelamento oblíquo.

  • Útil 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
resolectric    2305

^^^^
goodness...

 

"acoustic foam" por baixo das NS10?!?!
 

Isso está tão errado que nem sei por onde começar.
Não há aqui um emoticon de "facepalm"? Merece vários.

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
resolectric    2305

^^^^
Malta, toca a fazer melodias com pausas! :P

 

 

Bem, o Jorge Lima Barreto, no tempo da Anarband também registou os sons dos sintetizadores na SPA :rolleyes:

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Regista-te ou entra para comentar!

Para deixar um comentário é necessário estar registado. É muito fácil!

Criar uma conta

Regista-te e vem fazer parte desta comunidade! É fácil!

Registar-me

Entrar

Já estás registado? Entra aqui!

Entrar agora