Rukas

Pedalada para Gasear por baixo



Posts Recomendados:

Rukas    1691

Creio que ainda nao existe um topico para Gas de efeitos e pedais para baixo por isso decidi abrir um.

Tendo em conta que estou a regressar as lides das 4 cordas apos longa ausencia e nao tinha por onde começar decidi ligar a minha pedalboard de guitarra ao meu baixo(OLP MM) e ao amp(EBS CS30) e ver que tal se comporta.

Ora ca vai:

-MXR classic 108 fuzz: gostei do som pois mantem o low end e nao e demasiado agressivo.

-BBE orange squash: cumpre bem, simples transparente e sem ruidos.

-EHX soul food: talvez o pedal que gostei menos mas todos sabemos que os ODs de guitarra tem tendencia para os medios e nao para os graves. No entanto com baixo ganho faz um boost porreiro sem sacrificar o low end.

-TCE dark matter: mais uma agradavel surpresa pois mantem o low end e nao e demasiado agressivo.

-JD musiclabs Voodoo Vibe: um vibe num baixo? A nivel de frequencias funcionou bem mas nao gosto do efeito em si num baixo.

-IBANEZ tk999 tube king: funciona a maneira, da aquele grind de valvula comprimindo um pouco os graves.

-DOD fx40b EQ: um EQ para "limar" frequencias pode dar jeito mas confesso que nao lhe toquei.

-IBANEZ ddl delay: cumpriu bem em fazer repeticoes limpas.

-TCE mini HOF: reverb num baixo tambem nao e um efeito que me entusiasme. Um cheirinho de vez em quando pode ser interessante no entanto.

-BOSS ch1 chorus: cumpriu bem. Pus o mix a meio e nao sacrificou o low end.

 

Resumindo: a maioria dos pedais funcionou bem no baixo, alguns ate surpreendentemente bem.

A sacar da board seriam o Soul Food, o Voodoo Vibe e o mini HOF.

Os melhores foram o Fuzz, o compressor e o Tube King.

 

Agora tenho que testar o resto da pedalada que tenho de reserva.

 

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
hypermnesium    973

Eu daqui a uns dias ponho aqui uma foto da pedalboard ;) 

Afinadores:

Planet Waves PT qq coisa: Foi o primeiro pedal afinador decente que tive e era excelente, bom tracking e nunca tive problemas em afinar a 5a corda com ele. Em palco não se via grande coisa mas desenrascava. Partiu-se em 10pedaços passado uns anos.

Boss TU-2: Veio para substituir o planet waves. Não gostei especialmente deste pedal, torcia-se todo para fazer o tracking da 5a corda.

Korg Pitchblack+: É excelente!! De longe o melhor afinador que tive e que experimentei, é rápido, tem luz suficiente para te iluminar um quarto e além disso é uma A/B.

Compressores/limitadores:

Vou saltar o Behringer porque nem merece destaque do tão mau que era. Basicamente acendia o led quando o ligavas e metia ruído, mais nada.

Ibanez CT10 (se não me engano): Gostei deste pedal, não é nada de especial mas era pouco ruidoso e cumpria razoavelmente a função. Mudava um bocado o tom, dava-lhe brilho ao baixo, o que na altura até me dava um certo jeito.

Alesis 3630: É um bom compressor, dois canais, um bocado mais complexo para ajustar mas porreiro. Na altura eu usava dois baixos tão diferentes, sendo que um deles era especialmente bruto, dava-me jeito os dois canais, um para cada baixo e assim não tinha que andar a mudar settings on the fly.

EBS Multicomp: É um excelente compressor, não é muito dificil conseguir sacar um som porreiro dele mas também tem os seus truques. Dependendo do tipo de compressão que uses pode colorear o som mas não é ruidoso nem nada do género.

Keeley Bassist: É simplesmente o melhor compressor que já usei. Em 2min consegues chegar ao sweet spot, é transparente, silencioso e faz tudo como esperas que o faça. Este vai ficar na board até ir á vida.

OD/Distorções

É um efeito que eu gosto bastante mas sou mais esquisito quando aos pedais que usar.

Metalzone: Sem surpresa, muito fraco no baixo.

Digitech Bass Driver: É digital e nem disfarça. Apesar disso usei-o bastante e deu para perceber que sons é que gostava mais e menos. Cumpriu a função mas é bastante fraquinho.

MXR Distortion +: Não gostei nada deste pedal com o baixo. Comprei-o na altura a pensar usa-lo só como boost mas o resultado foi mau. 

ProCo Rat: Arrependi-me de o vender, demorei até conseguir um som porreiro mas valeu a pena. Funcionava ás mil maravilhas com o meu Ibanez, não tão bem com o G&L e posteriormente o Fender. Devia ter-lhe dado mais tempo antes de o vender.

MXR Blowtorch: É um pedal porreiro, gostei do fuzz dele mas é um pedal extremamente mal construído. Aquele switch de lado faz com que um pedal que podia ser bastante útil ao vivo perca grande parte da utilidade. É um pedal conhecido por dar problemas e realmente dá, 18V mas esquisito no que toca a fontes de alimentação, é estupidamente fácil queimar um pedal destes (basta ver por aí a quantidade de malta a queixar-se disso). Mandei-o reparar e vendi-o. Se fizessem uma versão nova do pedal, com dois switches em condições e sem os stresses da fonte de alimentação, voltava a comprar.

SmallSound/BigSound Mini: É um pedal originalmente pensado para guitarra mas que funciona mesmo bem no baixo. Equalizador de duas bandas, ganho, volume e control de bias, podes ir de um fuzz muito lo-fi a um overdrive como se o amp estivesse mesmo a começar a saturar. É brutal, recomendo-o vivamente e se estivesse a tocar numa banda que pedisse mais overdrives, não sei se não compraria outro para o ter com settings mais extremos.

EHX Big Muff: Não há nada a dizer sobre este pedal que não se saiba. Com uma caixa mais pequena e um blend seria bastante mais interessante.

Em breve vai-me chegar um clone de um DOD 250 com blend wet/dry ;)

Resto dos pedais:

Digitech Chorus: Tive dois, a versão bass multichorus se não me engano e a última versão hardwire. Não é efeito que use muito e nem sequer aprecio. A versão azul antiga era digital á força toda, usava-o para um tema apenas. A outra versão veio-me parar ás mãos numa troca, é muitíssimo melhor mas mesmo assim, não é efeito que eu use.

Line6 Echopark: Não é o melhor delay do mercado, longe disso, tem imensos defeitos e mesmo assim tem lugar cativo na minha board. Em bypass faz um boost ao sinal e tendo em conta que é o meu último pedal da chain, não seria aí que eu gostaria de ter esse boost. Dito isto, é um brinquedo espetacular :P 

EHX Smallstone Nano: Phaser é um efeito que gosto bastante no baixo, comprei este pedal porque era barato mas durou pouco tempo. Perde bastante volume quando activado e em banda basicamente desapareces quando o usas.

MXR Phase 90: Bastante melhor que o Smallstone mas também perde algo de volume, o que não é assim tão estranho num phaser. É um bom pedal, não é true-bypass mas não me pareceu um tone sucker. Vendi-o apenas porque gostei mais do som de um clone de um Ross, vamos ver quando chegar o pedal a casa não me arrependo.

Boss OC-3: Funciona bastante bem com o baixo, é polifónico e dá para fazer umas coisas engraçadas. Não é tão synth como o OC-2 mas eu até prefiro isso.

EBS Octabass: Veio substituir o OC-3. É muito mais limpo que o OC-3 e tem um tracking bastante razoável. É um pedal simples e por isso é que gosto dele.

T-Rex Tonebug Sensewah: Tive um por muito pouco tempo, não gostei, simplesmente acho que é pedal que não funciona com o baixo ou eu não sei funcionar com ele.

Wahs: Tive 3, um crybaby de baixo, um crybaby de guitarra e um boss fw-3. Não gostei de nenhum!! Não é efeito para mim.

Não vale a pena fazer reviews ao POD HD nem ao UX-1 e muito menos aos Soundtank da ibanez :P

Edit: Faltou-me um phaser que tive da DOD, um FX20c se não me engano. Gostava bastante de como o pedal soava no baixo mas um belo dia simplesmente foi á vida. Isso e dois loopers da digitech, não há muito a dizer deles, não me ajeitei aos pedais.

  • Gosto 2

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Rukas    1691

Ca vai a 2a parte do review do resto da pedalada:

-IBANEZ pt9: cumpre bem, da um ligeiro enfase nos medios mas nao corta nos graves. Tenho a ideia que o phaser funciona melhor com guitarra.

-BOSS bf2: funciona bem, com o manual um pouco menos de meio tenho ideia que soa melhor. Acho o flanger mais usavel que o phaser.

-MXR blue box script: este desiludiu-me um pouco, da-me a ideia que as frequencias do baixo clipam o pedal e basicamente soa a uma bomba atomica em vez de soar a algo mais synth. Defenitivamente melhor em guitarra.

-JD musiclabs Octafuzz: e um Tycobrahe e surpreendentemente saca um som bacano no baixo apesar de nao se notar o efeito octave up como na guitarra.

-JD musiclabs Ring Modulator: e um Maestro RM1, gostei do som, o efeito e menos dominante do que na guitarra o que de um certo ponto de vista ate o torna mais usavel.

-DUNLOP crybaby Wylde Wah: ja estava a espera que nao fosse funcionar la muito bem e confirmou-se. Ja na guitarra o pedal tem tendencia para anasalar o som e no baixo isso tornasse mais evidente. Talvez mais usavel que um crybaby normal no entanto acho que para usar um wah no baixo tem que ser mesmo um pedal dedicado as frequencias do baixo.

-JD musiclabs Envelope Filter: baseado no primeiro EF da MXR, este sim funcionou melhor que o wah alem de que ocupa menos espaço. Enfase nos medios mas mantendo algum low end.

 

 

Resumindo... tirando basicamente o Wah, todos os pedais de guitarra que tenho sao usaveis no baixo, uns mais que outros claro.

  • Gosto 2

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
pgranadas    1447

Se calhar não tem muito a ver, mas por causa do @Rukasdizer que os pedais de guitarra funcionam em baixo, há dias estava a brincar e por engano mandei a pista de bateria para o bus de efeitos da guitarra. Fiquei com um som do catano :D

  • Gosto 2

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
hypermnesium    973

E bem, já recebi os pedais novos :)

O clone do Ross Phaser é brutal para o que eu quero, como único defeito, podia ter o "woshh" ligeiramente mais pronunciado. Sem perdas de volume como me passava com outros phasers, está 5estrelas.

O clone do DOD 250, com um blend de sinal, engraçado porque é um pedal muito mais agressivo do que eu esperava, resultado, já o troquei de posição na cadeia, uso o smallsound para aquele overdrive ligeirinho e boost e o DOD para sons mais pesadotes. Assim se for preciso, posso usar o smallsound também como boost para o DOD.

Agora só me falta o ferro de soldar e os astros se alinharem para conseguir soldar os cabos e deixar a pedaleira organizada. Infelizmente agora tenho gas por um looper tipo o ditto.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Rukas    1691
há 5 minutos, pgranadas disse:

Se calhar não tem muito a ver, mas por causa do @Rukasdizer que os pedais de guitarra funcionam em baixo, há dias estava a brincar e por engano mandei a pista de bateria para o bus de efeitos da guitarra. Fiquei com um som do catano :D

Eu gosto de flanger no som dos pratos.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
pgranadas    1447
há 1 minuto, Rukas disse:

Eu gosto de flanger no som dos pratos.

Ping Pong delay e chorus na tarola, passa por um amp de guitarra com um pouco de ganho e....:wub:

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
hypermnesium    973

syzfhFU.jpg

Cá está ela!! 

Primeiro passa pelo Korg Pitchblack +, Keeley Bassist, EBS Octabass, BigSound/SmallSound Mini, DOD 250 clone, Ross Phaser clone e por fim o Line6 Echopark. Tudo alimentado por um Carl Martin Pro Power e montado numa Pedaltrain Jr.

  • Gosto 4

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Regista-te ou entra para comentar!

Para deixar um comentário é necessário estar registado. É muito fácil!

Criar uma conta

Regista-te e vem fazer parte desta comunidade! É fácil!

Registar-me

Entrar

Já estás registado? Entra aqui!

Entrar agora