Posts Recomendados:

phillipric    153

Bom. Estou finalmente a enteirar-me do uso do Kontakt. Ainda muito "verdinho", mas lá consegui configurar um controlador (o AX Synth da Roland), instalar a ASIO4ALL para diminuir o tempo de latência e estou com um período de latência entre os 15/16ms. 

Para já, ando à procura de uns VST's freeware, além de me terem enviado a Library da Alicia Keys. 

De qualquer forma, se alguém me puder auxiliar nalguns pormenores, agradeço imenso: 

Porque é que o teclado fica configurado e não funcionam todas as teclas em cada um dos vst seleccionados? Não dá para usar sempre o máximo que o controlador possui (neste caso são 49 teclas)?

 

Como é que posso organizar a secção "files" para surgir só o ficheiro e não todas as pastas do disco?

Para já surge-me assim:

 

 

kontakt.png

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
phillipric    153
há 1 hora, PCanas disse:

Vou experimentar. É mais dentro disso. Já agora, não sabes como poderei integrar o Kontakt nalgum DAW, tipo Cubase, Ableton... etc. O que for mais aconselhável para fazer uns sets live. Como disse em cima, no kontakt, as Library ficam na ordem em que são adicionadas e os files ficam como atalhos para as pastas. Não sei se há uma forma de aceder que seja mais directa. 

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
phillipric    153
há 16 horas, exmusico disse:

é necessario colocar o DLL na pasta dos VST  do sequencer.

Eu compreendo quando o pessoal tenta ajudar e agradeço a ajuda. No entanto, há coisas que, quando alguém questiona, é porque não tem conhecimento. Logo, para ajudarem, devem "descer o nível". Qual DLL? Qual pasta VST? Qual Sequencer. Sendo leigo e tendo muito pouco contacto com esta área, é tudo muito "obscuro". Já ando a tentar há algum tempo perceber esta área, mas o pessoal atira logo com conceitos de quem entende tudo. Foi o cabo dos trabalhos para, simplesmente, conseguir configurar o controlador com o programa, simplesmente porque dizem qualquer coisa do género: tens de configurar o teu controlador como output".... Instala o ASIO que é importante por causa da latência". Certo. Chego ao fim e fico a olhar para aquilo até dar muitas voltas e entender, no Kontakt que tenho de configurar o menu AUDIO com essa mesma drive da ASIO (e não só instalar), definir o controlador, mas depois nos VST é necessário também procurar a saída e voltar a definir como controlador. Ora, para quem entende quase zero, se isto não for um passo a passo torna-se muito mais difícil. 

Compreendo que seja moroso e chato explicar todos os pormenores, mas ajudaria bastante. Porque também é raro o vídeo youtube que seja básico. Encontrei 2 ou 3 e foi por aí que consegui fazer, finalmente, a configuração, arranjar as library, conheci o programa Library Creator que permite que quase todas as library que indicam "No library Found" funcionem. E acho sempre mais salutar a troca de informações do que estar a ver vídeos. Se essa não é a forma ideal, deixa de fazer sentido a existência de um fórum. 

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
PCanas    897

O ficheiro principal de qualquer VST é um .dll, ou seja, o tipo de ficheiro é "dll", da mesma forma que tens ficheiros .doc para o word e .xls para o excel, etc.

Esse dll é o que contém todas as instruções de funcionamento do VST. Tudo o resto é acessório. Por exemplo, podes alterar um sample de um determinado som que o VST use, e ele funciona na mesma, mas com o som diferente. Se alterares o dll, vai dar buraco.

Posto isto, muitos DAWs (ou praticamente todos) necessitam de saber onde está o dll de cada VST que queres usar. Para tal, as DAWs costumam ter uma opção onde defines onde estão os teus VSTs. Facilita e fica mais bem organizado se tiveres todos os VSTs instalados na mesma pasta, tipo

  • VSTs
    • VST 1
    • VST 2
    • VST 3
    • etc

Deste modo, podes indicar apenas a pasta inicial (VSTs) e a DAW, geralmente, encontra todos os VSTs que lá tiverem dentro. Se não encontrar algum específico, terás que indicar o caminho para esse.

 

Ou seja, para abrires o Kontakt como VST dentro de uma DAW, tens que ir à opção da tua DAW onde defines a localização dos VSTs, e indicar onde está o Kontakt. Após fazeres isso, o Kontakt deverá aparecer na lista de VSTs.

 

Os fóruns são bonitos, mas há certas coisas que é realmente mais fácil explicar por vídeo (e vê-los) do que por texto. E em vez de tentares encontrar solução para algo específico (ex. 2+2), tenta perceber o conceito e/ou o modo de funcionamento de algo (como funcionam as somas), porque depois é igual para todos os casos, ou com muito poucas diferenças ;)

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
phillipric    153

Ok. Entendido. Vou simplificar para já. Conhecer o Kontakt melhor e ver se possibilita fazer o que quero, que é criar uma list para usar ao vivo. Ou seja, criar uma lista em que tenho os sons que preciso para a música 1, para a música 2 e por aí adiante. Também saber se é possível fazer a junção de 2 ou mais VST e abrir instantaneamente. Ou seja, eu criei um som para um tema e gravei. Esse ficheiro fica gravado na pasta escolhida e clicando sobre ele abre o kontakt com os sons em conjunto. Mas para fazer isso, seria necessário abrir e fechar o kontakt cada vez que quero mudar de sons e duvido que isso seja necessário. 

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Regista-te ou entra para comentar!

Para deixar um comentário é necessário estar registado. É muito fácil!

Criar uma conta

Regista-te e vem fazer parte desta comunidade! É fácil!

Registar-me

Entrar

Já estás registado? Entra aqui!

Entrar agora