Posts Recomendados:

goatboy    34

Olá Pessoal,

 

Estou a escrever este post porque me encontro numa espécie de impasse. Tenho escrito muita música e comecei a gravar uns demos caseiros, mal produzidos mas relativamente aceitáveis. Fiz uma selecção de canções e idealizei um álbum. Já tenho artwork e tudo.

Sinceramente não sei como dar o próximo passo. Isto é um projecto completamente paralelo e a solo (tenho estado a tocar todos os instrumentos), pelo que não tenho capacidade financeira de alugar um estúdio e gravar e produzir as músicas por mim mesmo.

Pensei em fazer uma campanha no kickstarter, mas parece-me que sendo um completo desconhecido dificilmente teria sorte. Devo enviar os demos mal amanhados para editoras e esperar por uma resposta?

Qualquer conselho neste momento seria bem vindo.

 

Obrigado!

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
stratocosta    3674

- a primeira questão é se tem potencial a nível comercial ( opiniões da namorada, amigos próximos e mãe e pai e outros familiares próximos não contam )

- se não tiver, esquece a editora , a gravação num estúdio "caro" e continua a divertir-te.

e segue o conselho do @Jotacaster  :yes:

 

outra opção:

 

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
nunonaos    1371

conseguir chegar às editoras major é por si só um mundo à parte da música. ou seja, uma coisa é fazer (boa) música, outra coisa é conseguir vende-la. 

há alguns membros deste forum que trabalham/trabalharam com editoras major e que te podem ajudar nisso, mas grande parte de nós só conheço o mundo da música, e não o mundo da indústria da música...

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
LouVelvet    1720

Mas qual o interesse de ter um álbum e de ter uma editora? E qual é o problema das demos estarem mal produzidas ou pobremente gravadas... 85% (arriscava a dizer mais, mas sei que vou ser apupado) do pessoal não percebe patavina dessa merda e ouve as coisas no carro ou num telefone manhoso...

Apostava primeiro em arranjar uma banda, arranjar uns sítios para tocar e alguns concertos, que são coisas relativamente fáceis!

Durante os concertos distribuis uns flyers com o link para o local onde tens alojada a tua música para as pessoas ouvirem... se tiveres muitas visitas, tentas pedir uns euritos para se fazer o download das músicas.

Só depois esperava que uma editora (pequena ou grande, tanto faz) notasse o que eu ando a fazer! E só depois disso esperaria que ela quisesse  investir algum dinheiro em mim. 

  • Gosto 2

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
nunonaos    1371
há 4 minutos, LouVelvet disse:

Mas qual o interesse de ter um álbum e de ter uma editora? E qual é o problema das demos estarem mal produzidas ou pobremente gravadas... 85% (arriscava a dizer mais, mas sei que vou ser apupado) do pessoal não percebe patavina dessa merda e ouve as coisas no carro ou num telefone manhoso...

Apostava primeiro em arranjar uma banda, arranjar uns sítios para tocar e alguns concertos, que são coisas relativamente fáceis!

Durante os concertos distribuis uns flyers com o link para o local onde tens alojada a tua música para as pessoas ouvirem... se tiveres muitas visitas, tentas pedir uns euritos para se fazer o download das músicas.

Só depois esperava que uma editora (pequena ou grande, tanto faz) notasse o que eu ando a fazer! E só depois disso esperaria que ela quisesse  investir algum dinheiro em mim. 

eu percebo a tua resposta, assim como a do @Jotacaster. é o caminho que nós fizemos e no qual aprendemos tudo o que sabemos

no entanto, isso não funciona para todos, aliás, se formos a ver, em editoras major, quantos é que fizeram esse caminho? grande parte quando assinaram eram putos que pouco ou nada tinham andado na estrada...

a pergunta do @sonic_blue fez todo o sentido porque se está a fazer metal ou outro estilo qualquer de nicho, não faz sentido preocupar-se com editora, mais vale fazer o que vocês disseram (ensaiar, tocar, etc). caso esteja a fazer musica mais pop, procurar editora talvez seja mesmo o primeiro passo a dar...

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Pai da Gina    1761
há 12 horas, goatboy disse:

Olá Pessoal,

 

Estou a escrever este post porque me encontro numa espécie de impasse. Tenho escrito muita música e comecei a gravar uns demos caseiros, mal produzidos mas relativamente aceitáveis. Fiz uma selecção de canções e idealizei um álbum. Já tenho artwork e tudo.

Investe tempo a melhorar a forma como gravas/captas/etc (ou paga a alguém par ate ajudar) e faz uma edição de autor. Podes meter também tudo na net, tipo Bandcamp, etc.

há 12 horas, goatboy disse:

Sinceramente não sei como dar o próximo passo. Isto é um projecto completamente paralelo e a solo (tenho estado a tocar todos os instrumentos), pelo que não tenho capacidade financeira de alugar um estúdio e gravar e produzir as músicas por mim mesmo.

Mas para que é que precisas de ir para um estúdio XPTO fazer isso tudo? Tens assim tanta intenção comercial com esse álbum que criaste?

há 12 horas, goatboy disse:

Pensei em fazer uma campanha no kickstarter, mas parece-me que sendo um completo desconhecido dificilmente teria sorte. Devo enviar os demos mal amanhados para editoras e esperar por uma resposta?

Não.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
LouVelvet    1720

@nunonaos

Entendo perfeitamente onde queres chegar.

No entanto o que se passa neste caso é de um perfeito desconhecido que se quer dar a conhecer da forma mais difícil; ie, através de uma editora!!

É tão mais fácil arranjar uns sítios para tocar... porquê esperar pela sorte de alguém com as orelhas muito atentas e grande capacidade de análise querer investir em nós? É certo que isso já aconteceu, mas... mais vale investir naquilo que é suposto os músicos serem capazes de fazer: ensaiar e tocar ao vivo e dar-se a conhecer!

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
nunonaos    1371
há 12 minutos, LouVelvet disse:

@nunonaos

Entendo perfeitamente onde queres chegar.

No entanto o que se passa neste caso é de um perfeito desconhecido que se quer dar a conhecer da forma mais difícil; ie, através de uma editora!!

É tão mais fácil arranjar uns sítios para tocar... porquê esperar pela sorte de alguém com as orelhas muito atentas e grande capacidade de análise querer investir em nós? É certo que isso já aconteceu, mas... mais vale investir naquilo que é suposto os músicos serem capazes de fazer: ensaiar e tocar ao vivo e dar-se a conhecer!

e eu concordo contigo. no entanto sei que não é assim que funciona para todos. 

principalmente se quiseres fazer musica pop, não vai ser muito fácil percorrer esse caminho da típica banda de garagem

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Regista-te ou entra para comentar!

Para deixar um comentário é necessário estar registado. É muito fácil!

Criar uma conta

Regista-te e vem fazer parte desta comunidade! É fácil!

Registar-me

Entrar

Já estás registado? Entra aqui!

Entrar agora