Mjoao

Ajuda - Como iniciar-me no vinil?



Posts Recomendados:

hypermnesium    1068

Há quem te possa explicar melhor que eu isto mas tens que entender que potência e volume não são directamente proporcionais.

Um speaker precisa de potência para mexer-se, por exemplo, para reproduzires graves o speaker tem que se mexer mais logo necesita mais energia para reproduzir esses graves, mais potência. O mesmo se aplica a speakers de maior e menor dimensão, quando maior, mais energia necessita para mover-se, logo mais potência precisa. E depois ainda tens que ter em conta a eficiencia de cada speaker, etc, etc.

E outra coisa, mais potência não significa para nada mais qualidade. Eu se recomendei que usasses o amplificador e umas colunas melhorzinhas é porque realmente as creative que estás a usar são francamente fraquinhas. Tive as T-40 da creative e ficam a anos luz do som que saco da minha Denon mini com as colunas fraquinhas que vinham com ela.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
auranoir    5

Certo.

Eu não referi mas o que pretendo também é comprar umas colunas melhores... este sistema de som que tenho só o consigo ligar à entrada Aux do amplificador.

 

Obrigado pelas elucidações!

Cumprimentos

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
resolectric    869
há 3 horas, paulosergio disse:

Afinal o Vinil ainda não morreu. Viva!:P

E depois de passar mais de 30 anos a comprar CDs cheguei à conclusão (prática e não teórica) de que os CDs se estragam mais depressa do que os discos de vinil.

Tenho CDs completamente estalados, talvez por humidade, variações de temperatura ou simplesmente porque sim e deixaram de tocar. Todos os meus discos de vinil, alguns bem mais velhos do que eu, tocam sem problemas. Mais ruidosos uns, menos ruidosos outros, mais risco, menos risco... todos tocam.

CDs... tá quieto.
5% entregaram a alma ao criador.

  • Gosto 2

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
F.Coelho    161

O bolor é um fungo que, com o passar dos anos, se propaga e se dissemina facilmente em ambientes com humidade.

No caso dos nossos discos temos a tendência de os guardar em locais propícios ao aparecimento destes fungos, alimentados pela antiga gordura dos nossos dedos e até pelo próprio material dos discos.

Assim, é natural que ao fim de alguns longos anos fiquemos surpreendidos que a qualidade do som seja ruim, com muitos click's, hiss's e afins.

Na net podem encontrar muito sobre o assunto e portanto fica a ideia.

Deixo aqui um vídeo de um processo muito curioso de limpeza, entre tantos outros.

https://www.youtube.com/watch?v=_gyvipBs6Vs

 

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
resolectric    869
há 2 horas, F.Coelho disse:

O bolor é um fungo que, com o passar dos anos, se propaga e se dissemina facilmente em ambientes com humidade.

No caso dos nossos discos temos a tendência de os guardar em locais propícios ao aparecimento destes fungos, alimentados pela antiga gordura dos nossos dedos e até pelo próprio material dos discos.
...

 

Tudo correcto @F.Coelho mas nota que eu me referi aos danos por humidade nos CDs.

Não sei se já viste os CDs em que a película de alumínio começa a estalar. Não falo de CDRs mas sim de CDs "de fábrica" e quase todos de editoras conceituadas.
Por exemplo, vários dos meus CDs da EG, dos anos 90, estão a "desaparecer".

Os discos de vinil estão "impec" e não têm mais ruído do que o expectável.
Estão limpinhos mas infelizmente nem todas as prensagens têm a mesma qualidade no vinil.
Seja como for, tocam sempre!

 

há 2 horas, F.Coelho disse:

...
Deixo aqui um vídeo de um processo muito curioso de limpeza, entre tantos outros.
...

Eu uso detergente da louça e água fria.
Um mimo e ficam impecáveis.
A escovinha para limpar os discos é sempre com fibras de carbono e pronto. Estão impecáveis.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
resolectric    869
há 1 hora, F.Coelho disse:

O meu post estava mais virado para o vinil, no seguimento do teu post.
...

Sim, eu percebi que o teu post era sobre o vinil.
O meu era sobre o facto de os CDs se auto-destruirem e mencionei-o na sequência de teres dito que:

On 10/6/2018 at 14:57, paulosergio disse:

Afinal o Vinil ainda não morreu. Viva!:P

Daí ter referido que, ao contrário do que tem acontecido com os meus discos de vinil, que estão "vivos" :D os CDs estão a "morrer". Não só em termos de mercado mas literalmente ;)

O link que indicas, sobre a deterioração dos CDs, refere exactamente as minhas supeitas, as tais que mencionei antes: humidade e falta de qualidade de alguns materiais no fabrico dos discos.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
hypermnesium    1068

Alguns dos meus CDs mais antigos estão a sofrer também da mesma maleita. Os CDr então já nem falar, há uns anos atrás fui a casa dos meus pais e resolvi trazer uns quantos CDr que tinha lá em casa para levar no carro e em 20cds só um tocava e mal.

Quanto aos vinis, é o que diz o @resolectric, mais ou menos sujos, mais ou menos arranhados, a verdade é que tocam!! 

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
stratocosta    3667
On 06/10/2018 at 18:57, resolectric disse:

E depois de passar mais de 30 anos a comprar CDs cheguei à conclusão (prática e não teórica) de que os CDs se estragam mais depressa do que os discos de vinil.

Tenho CDs completamente estalados, talvez por humidade, variações de temperatura ou simplesmente porque sim e deixaram de tocar. Todos os meus discos de vinil, alguns bem mais velhos do que eu, tocam sem problemas. Mais ruidosos uns, menos ruidosos outros, mais risco, menos risco... todos tocam.

CDs... tá quieto.
5% entregaram a alma ao criador.

ia sugerir ripar os cd´s , mas cuidado , porque  (por exemplo) nos UK´s é proibido ripar os teus cd´s comprados com o teu dinheirinho .

não sei como é a lei por cá .:rolleyes:

cambada de xulos , ladrões , xupistas etc.....

há 7 minutos, hypermnesium disse:

Alguns dos meus CDs mais antigos estão a sofrer também da mesma maleita. Os CDr então já nem falar, há uns anos atrás fui a casa dos meus pais e resolvi trazer uns quantos CDr que tinha lá em casa para levar no carro e em 20cds só um tocava e mal.

Quanto aos vinis, é o que diz o @resolectric, mais ou menos sujos, mais ou menos arranhados, a verdade é que tocam!! 

já me aconteceu o mesmo até com DVD´s e a solução foi usar outro leitor. 

pode ser diferenças de velocidade de gravação, "lixo" no laser etc.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Regista-te ou entra para comentar!

Para deixar um comentário é necessário estar registado. É muito fácil!

Criar uma conta

Regista-te e vem fazer parte desta comunidade! É fácil!

Registar-me

Entrar

Já estás registado? Entra aqui!

Entrar agora