Entra para seguir isto  
xtech

Definição de som de guitarra através de palavras



Posts Recomendados:

xtech    2928

É um facto que nos vemos à rasca quando tentamos falar de como um determinado som de guitarra é. Desde "quente", até "orgânico", há um conjunto de termos que muitas vezes me apercebo que não querem significar o mesmo para uns e para outros.

Proponho este tópico para irmos discutindo e (a ver vamos) chegar a um consenso mínimo sobre os vários tipos de som até para facilitar a troca de opiniões. Ou pelo menos para nos rirmos um bocado com as noções que cada um tem :D

Vou dar as minhas definições do que me ocorre no momento:

Estéril - Som bastante "unidimensional" e uniforme. Associo isto aos pickups activos da EMG e ao clean dos amps solid state, tipo isto:

 

Quente: associo a um som com ganho (médio ganho) com bastantes médios e "brilho", como o som do Edge no riff inicial da Vertigo (até aos 0:23) e depois no refrão.

 

Orgânico - não associo a nada

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
resolectric    1176
há 21 minutos, xtech disse:

É um facto que nos vemos à rasca quando tentamos falar de como um determinado som de guitarra é. Desde "quente", até "orgânico", há um conjunto de termos que muitas vezes me apercebo que não querem significar o mesmo para uns e para outros.

Proponho este tópico para irmos discutindo e (a ver vamos) chegar a um consenso mínimo sobre os vários tipos de som até para facilitar a troca de opiniões. Ou pelo menos para nos rirmos um bocado com as noções que cada um tem :D

...

Orgânico - não associo a nada

Quanto ao Orgânico diria que se aplicaria mais ao som da guitarra acústica, mais natural, com alguma proximidade, rico em harmónicos, envolvente, encorpado...

e com isto, para definir um adjectivo usei 3 adjectivos e 2 definições técnicas ^_^
É um tema complexo e por isso, quando faço Produção para algum cliente do meu estúdio, peço referências sonoras daquilo que andam a ouvir, daquilo que os influencia e das coisas cuja sonoridade, estilo, estética mais se aproxima do que pretendem alcançar.
É aquela velha frase de "uma imagem vale por mil palavras" ajustada para "um som vale por mil imagens".

Já agora, um episódio um pouco mais cómico mas ainda on-topic:

na minha DAW uso cores diferentes para diferentes naipes de instrumentos. Tons de amarelo para Baterias, rosas para vozes, castanhos e vermelhos para teclados e verdes para Guitarras.
Perguntam-me muitas vezes porque ponho as pistas de guitarra em verde e a verdade é que uma vez, durante uma produção, um cliente queria explicar-me o som que pretendia para a guitarra dele mas faltavam-lhe as palavras; "oh pa... queria a guitarra assim... não sei... mais VERDE!"
E eu pus. Verde!

Não ajudou muito mas passei a pôr as pistas de guitarras em verde e já o faço há uma dúzia de anos :P

Já gora, as pistas de Baixos são em Azul.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
xtech    2928

Fiquei a conhecer o orgânico... ou seja deve mais ao "material orgânico" natural (madeira)

Engraçado essa questão do "verde", imagino que o man quisesse dizer "cru" :) 

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
resolectric    1176
há 7 horas, xtech disse:

Fiquei a conhecer o orgânico... ou seja deve mais ao "material orgânico" natural (madeira)

Engraçado essa questão do "verde", imagino que o man quisesse dizer "cru" :) 

Quanto ao "orgânico" a definição que dei é a minha interpretação! Nâo é uma regra. Longe de mim tal intenção!
É de facto complicado e acho que é por isso que um tipo (ou tipa) consegue transmitir, pela música, coisas que não consegue transmitir com palavras.
Se tudo o que se diz com música se dissesse por palavras, teriamos menos discos e mais livros.

Acho fixe que seja inexplicável ^_^

Quanto ao "verde", depois da brincadeira também foi por aí que segui. Creio que procurei um som mais frio, mais directo, um bocadinho mais médio. Não me lembro bem... melhor dizendo... não me lembro nada do que fiz nessa guitarra que tinha de ser mais "verde" mas é assim que interpreto e creio que foi isso que fiz.

Mas atenção, a "Sinestesia" existe e é uma coisa muito complicada de interpretar para as pessoas que não sofrem desse problema.
Aparentemente Van Gogh padecia de Sinestesia e isso parece ser visível em algumas das suas pinturas, onde tentou representar os sons como ele os via!


 

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
goatboy    34

Bom tópico! Concordo com tudo o que foi dito.

Para mim um som orgânico é um som aberto, com dinamica e colorido. Como a forma de tocar influência tanto (talvez até mais) o som da guitarra, como o gear, associo também a uma forma mais livre de tocar, por vezes "sloppy" até, mas não no mau sentido.

Algo como isto:

 

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
John10    585

Orgânico, para mim, é um som que sinto que vem directamente da guitarra até mim. Isto é, The Edge, nas músicas com monte de efeitos não me parece orgânico. Mas Mark Knopfler soa-me bastante orgânico. Contudo, no contexto de uma banda o significado poderá ser diferente. A Where the streets have no name tem um toque bastante orgânico para mim e é tocada pelo The Edge. Não sei se me faço entender. Isto é um bocado difícil.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
xtech    2928
On 20/11/2016 at 03:12, deadpoet disse:

Antítese para mecanico

Ahh, estou a perceber. Basicamente é a diferença entre um robot a tocar e um Mark Knopfler, certo?

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
pgranadas    2294

É curioso abordar este tema, porque me parece que as definições de cada um estarão associadas a referências, que mudam de pessoa para pessoa.

Para mim orgânico, que venho originalmente dos sintetizadores, associo a pads com texturas em loop. Na guitarra o efeito que alguns Delays e Reverbs fazem, a fazer lembrar esses pads dos synths, é o que diria ser orgânico. Mas não deixo de concordar com a interpretação, que o tom vindo da madeira também seja orgânico.

Para mim "verde" e "estéril" seriam a mesma coisa.

O tom de uma guitarra ao estilo LP, pickup braço, considero mais quente e associaria tons vermelhos escuros a ele.

Transmitir sons por palavras não é mesmo nada fácil.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
deadpoet    1681
há 34 minutos, xtech disse:

Ahh, estou a perceber. Basicamente é a diferença entre um robot a tocar e um Mark Knopfler, certo?

Dream Theater e Mark Knofler?!  -_-

 

:D

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Regista-te ou entra para comentar!

Para deixar um comentário é necessário estar registado. É muito fácil!

Criar uma conta

Regista-te e vem fazer parte desta comunidade! É fácil!

Registar-me

Entrar

Já estás registado? Entra aqui!

Entrar agora

Entra para seguir isto