xtech

Mercado: preço das actuações (Guia de Referência)

40 posts neste tópico

Estou a criar este tópico para que possamos "medir" os preços das actuações de músicos em Portugal (para eventos/substituições na banda/sessão), seja para fazer orçamentos, seja para saber se as propostas são boas ou não. Estes valores foram compilados com base no que se diz e oferece em anúncios nas redes sociais e alguns deles com base em experiência própria ou de terceiros. O que interessa aqui não são palpites mas sim valores de mercado (quanto é que o mercado está a oferecer de momento).

Usem isto para negociar bons contratos e boas actuações, partilhem também as vossas experiências!


Actuações Gerais

Tipo  Limite Inferior Limite Superior Variação
Trio de Blues 400€ 1000€ 600€
Frontman/ Vocalista 125€ 500€ 375€
Baterista 100€ 250€ 150€
Baixista 100€ 250€ 150€
Teclas 100€ 250€ 150€
Organista para igreja 30€ 150€ 120€
Trompetista 100€ 250€ 150€
Percussionista 125€ 250€ 125€
Saxofonista 125€ 250€ 125€
Guitarrista 100€ 300€ 200€
Violoncelista 200€ 400€ 200€
Violinista 150€ 350€ 200€
Harpista 125€ 300€ 175€
Banda (4 elementos) 800€ 1200€ 400€
       

 

Casamentos

Tipo Limite Inferior Limite Superior Variação
Solista (voz) 50€ 250€ 200€
Dueto (Instrumento + Voz) 200€ 350€ 150€
Trio de Cordas 300€ 500€ 200€
Trio de Cordas + Voz 400€ 600€ 200€
Trio de Cordas 300€ 500€ 200€
DJ 300€ 500€ 200€
DJ + Animador 400€ 1000€ 600€
Teclista + Animador 600€ 1200€ 600€
Banda (4 elementos) 1000€ 3000€ 2000€

 

Custos de Combustível: Não considerados, devem ser adicionados ao preço final.

Postem as vossas experiências, serão adaptados. :) 


Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
há 9 minutos, BobbyBrown disse:

No caso das bandas, começa em 0 € e o preço varia consoante o sítio onde se toca.

É verdade, mas neste tópico excluem-se essas situações "voluntaristas": o objectivo é fazer um compêndio de preços de actuações pagas que ajude e sirva de referência ao pessoal que quer dar orçamentos. Aqui excluem-se eventos "autopromocionais", "for fun", "fnacs", "carolices" e coisas do género.

É como nos casamentos, podes ir tocar de graça no casamento de uma prima ou amigo, mas não é o que interessa para aqui porque isso não diz nada sobre o preço "razoável" a cobrar por outros músicos. O objectivo é ajudar a responder a perguntas do género:

- O guitarrista da minha banda está doente, quanto é razoável oferecer a um guitarrista de substituição para o gig do próximo fim de semana?

- Pediram-me um orçamento para tocar num casamento, quanto é razoável cobrar?

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
há 2 minutos, stratocosta disse:

ultima actuação num bar: 250€  ( jantar não incluído ) 

divisão: 

40€ para o técnico de som ( inclui equipamento )

o restante dividido por 6 ( 5 músicos + agente ) 

o dono do bar queria desconto nas próximas :unsure: 

Boa. Falta incluir uma tabela para bares... bem visto e obrigado!

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

As bandas de originais tocam muitas vezes de borla, para "autopromoção", sendo um dado adquirido em alguns locais de espectáculos / bares que assim é.

Em bares há bandas de covers a tocar por 100 e tal euros e pouco mais, mas ninguém assume que pratica esses preços. Se perguntares, toda a gente diz que leva de 300 para cima para bandas de 4 elementos, mas não corresponde à realidade.


Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Em 99% dos casos, recebemos a receita da bilheteira/entradas. Umas vezes 100%, outras 80%, é acordado na altura. Deixei de fazer Fnacs, porque acho que é estúpido alombar com material e não receber pão... E a exposição/promoção não é assim tão vantajosa quanto isso.


Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
há 6 minutos, pipes disse:

Deixei de fazer Fnacs, porque acho que é estúpido alombar com material e não receber pão

Assim é que é. O pessoal das fnacs gosta de bom ambiente, bandas, de ter aquela aura de "espaço cultural" mas sem pagar um tusto. Eu gosto da frase "quem quer festas, paga-as"!


Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
há 1 minuto, xtech disse:

Assim é que é. O pessoal das fnacs gosta de bom ambiente, bandas, de ter aquela aura de "espaço cultural" mas sem pagar um tusto. Eu gosto da frase "quem quer festas, paga-as"!

chama-se a isso boa gestão :nojento:

  tocar na tv é a mesma coisa. vais lá  ajudar a preencher tempo e no fim nem uma água :P


Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Eu já há 8 anos que estou fora de Portugal, mas pelo que tenho visto por aqui, a diferença não é especialmente grande no que toca a cachet em bares e afins. Ou cobras 2/3 da entrada +- ou cobras 100% da entrada mas pagas a sala onde vais tocar e é raro passares dos 200€ por actuação em bares, sejam bandas de covers ou originais.

A única vez que toquei em Barcelona, pagamos a sala com aforo de 90 pessoas, 250€ para pagar a sala e ficamos com as entradas, resultado, deu uns 20€ a cada banda. 

há 3 minutos, xtech disse:

Assim é que é. O pessoal das fnacs gosta de bom ambiente, bandas, de ter aquela aura de "espaço cultural" mas sem pagar um tusto. Eu gosto da frase "quem quer festas, paga-as"!

No Porto, com excepção de concursos e tal, nunca toquei "grátis". Também nunca pedi valores exagerados mas acho que no mínimo tem que chegar para pagar gastos, e não falo apenas da gasolina. Continuo a pensar, se é para tocar para amigos sem receber, convido-os á sala de ensaios e que tragam cerveja!


Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Regista-te ou entra para comentar!

Para deixar um comentário é necessário estar registado. É muito fácil!

Criar uma conta

Regista-te e vem fazer parte desta comunidade! É fácil!


Registar-me

Entrar

Já estás registado? Entra aqui!


Entrar agora