GANHA 1 pedal Digitech TRIO Band Creator aqui no Forumusica! Consulta aqui o regulamento!
xtech

Conta-me como foi: rejeição pelo pessoal da banda



Posts Recomendados:

xtech    2299

Já vos aconteceu serem rejeitados no "casting" para uma banda ou a certa altura aperceberem-se que o pessoal da banda tá com vontade de que vocês se vão embora?

Digo isto porque apesar de não me ter acontecido com uma banda, aconteceu-me quando era novato na guitarra, corria o ano de 2005, portanto há 12 anos atrás. Combinei com um moço na net para fazermos uma Jam em minha casa, o moço veio, trouxe o equipamento mas quando começámos a tocar, faltava "química" musical: ele era fã das nirvanadas, eu era fã mais do metal, ele tocava medianamente, eu tocava muito pouco.

Passados 20 minutos (quando acho que ele viu que eu tocava muito menos que ele), inventou uma desculpa "ah e tal tenho que ir, ainda tenho que passar por casa de X", coisa e tal. Nunca mais voltou a dizer nada.

Fiquei lixado porque podia-me ter dito "o pah, não é bem isto que procuro, quero pessoal já mais experiente, etc". Mas bom, foi aí que percebi que não tocava um charuto :D.

Já vos aconteceu algo do género?

  • Gosto 2
  • Riso 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
JebusSantos    22

Por acaso é engraçado este tópico, porque me faz lembrar que aqui à atrasado, decidi formar uma banda, com amigos que faziam parte do grupo de escuteiros, e alguns tambem do coro da igreja.

Era tipo big band porque para alem das normais violas/guitarras, havia um trompete e um saxofone (só o trompete tocava na igreja).

Ao inicio tocavamos umas músicas já conhecidas dos escuteiros, até que se decidiu abrir horizontes e passar a algo próprio, criado por nós.
Sugeri, dado que a ideia partiu de mim, enverdar pelo rock, porque até seria engraçado juntar os metais. Como a formação de grande parte era com base na banda marcial da terra, aquilo caiu menos bem, mas la se foi avançando, com maior ou menor dificuldade.
Convem dizer que andavamos todos pelos 15-16 anos. Já com cabecinha para saber o que queriamos.

A partir de determinada altura, senti que não se sentiam felizes com o tipo de musica. Era rock classico, nada demoniaco ou pecaminoso. Não havia chug chug nem gritos.
Acabou por não correr bem, e despedi-os a todos.
 

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
hypermnesium    988

É uma situação que nos passa a todos, e quem nunca passou por ela é porque provavelmente ainda anda nisto há pouco tempo :P

  • Gosto 3

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
pgranadas    1584

Comigo a coisa foi bem "interessante".

A banda existia, muito por minha insistência para com o tipo que era o compositor da banda. Toda a gente queria fazer um projeto com ele, e a resposta era sempre, NÃO.

Lá tanto insisti, que para alegria de todos, lá se formou a banda. Pouco antes de comecar-se a dar concertos, o baterista convoca uma reunião, porque estava farto do meu mau feitio, e o argumento dele foi que não sabia como um dia eu me iria comportar em palco.

Isto porquê? Porque o gajo ( o baterista) aparecia constantemente atrasado aos ensaios (chegou-se a dizer-lhe que o ensaio era uma hora e meia, antes do que realmente era, para ver se ele chegava a horas, e nem assim resultou), normalmente ia pedrado e com desculpas sem nexo nenhum para os atrasos. Como eu me passava com isso, então eu tinha mau feitio.

Então alegando que tinha medo, que eu em palco me exaltasse, convenceu a banda que era melhor arranjar outro teclista.

Curiosamente, ele era o único que já tinha pisado palcos comigo ( portanto sabia bem como era a minha atitude) e sabia bem que nada daquilo fazia sentido. No entanto era um bom vendedor (também de profissao) e a banda resolveu mudar de teclista.

Da minha parte, resolvi apenas assistir e ver a preferência das pessoas. Se iam na conversa de um gajo que não tinha a mínima consideração por ninguém, ou se iam preferir ter alguém que dava o litro para um dia se atingir os objectivos e que até era de certa forma o "culpado" de a banda existir. Optaram pelo vendedor, eu peguei nas minhas coisas e fui embora. Magoado e triste. Senti-me traído e cortei ligação com toda a gente.

Pouco tempo depois, acabou a banda.

  • Gosto 1
  • Surpresa 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
tmo    645

@pgranadas, porque será que a banda acabou?... huuummm, não estou a ver...

Do meu lado, com cerca de 26 anos a tocar (fosga-se, já? desde '91...) já me esqueci de muitas cenas, mas a mais recente aconteceu com um baterista com quem toquei durante algum tempo em 3 períodos temporais distintos. Tive uma banda com ele entre 1998 e 2000, numa espécie de prog-heavy rock cantado, com baixo, bateria, guitarra e voz. Foi um projecto bem interessante, deu para crescer imenso musicalmente e definir o como gosto de trabalhar com o restante pessoal. A certa altura, vira-se o moço e diz que vamos acabar porque não sabe como é o futuro. Mais tarde ainda tive dois  projectos em momentos distintos, mas que não andaram para a frente por falta de pessoal. Há coisa de 1 ano e meio, o moço contacta-me numa de fazer banda com ele e mais um baixista dele conhecido numa onda rock sujo, um trio cantado. Tivemos um ensaio, na sua sequência e meia dúzia de emails trocados sai-se com um "vou-me embora, não é a minha cena". Enfim, terei mais histórias, é uma questão de me lembrar delas...

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
pgranadas    1584
há 5 minutos, tmo disse:

pgranadas, porque será que a banda acabou?... huuummm, não estou a ver...

Não sei, o gajo com mau feitio nem estava lá para chatear, portanto tinham tudo para avançar. :hum2:

Esse teu amigo baterista também era cá um cromo....

Por isso, hoje em dia, prefiro não ter baterista. Para ensaios é muito mais fácil arranjar um local, e pode não ser a mesma coisa, musicalmente, mas compensa.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
hypermnesium    988

Eu da última banda com quem toquei também tive uma saída um bocado curiosa.

O projecto começou com um guitarrista e vocalista e eu e o bateria entramos mais tarde, primeiros meses de ensaio e tudo perfeito. O problema veio quando o guitarrista, que tem um feitio fdp, decidiu que era hora de gravar uma demo, num estúdio de uns amigos, a preço de amigo (eu não achei o preço assim tão de amigo mas pronto).

Ainda assim, havia aquela ilusão de gravar um par de temas em condições. Para minha surpresa, a um mês de ir gravar decide que dois dos quatro temas que tínhamos ensaiado para gravar afinal não se iam gravar e que tinha dois temas novos que eram muito melhores e por aí fora. Resultado, fomos para o estúdio com 2 temas mal ensaiados, um nem sequer se conseguiu gravar. Não contente com isto, a uma semana resolve informar-nos que falou com os tipos do estudio e decidiram gravar todos ao mesmo tempo para "captar a força do directo". Para minha surpresa, chego de manhã ao estúdio e o estúdio está feito num 8, na noite anterior resolveram organizar uma festa e tinham tudo desmontado, sujo e fora do lugar, dos dois técnicos só apareceu um, não havia headphones para todos, não havia amplificador de baixo como me tinham dito que havia e só havia um amp de guitarra. Resultado, saiu tudo uma merda.

Depois disto, fiquei a pensar em deixar a banda mas o vocalista e o baterista lá me convenceram a ficar. Um belo dia, o guitarrista decide que vamos dar um concerto num bar, não estavamos preparados mas ok, lá avançamos. Surpresa das surpresas, tivemos que pagar para tocar nesse dito bar. Isto, a juntar a vários outros problemas ao preparar o concerto, foi a gota de água e ia ter uma conversa para sair da banda mas acabei por não sair.

Quando fomos gravar, apareceu um tipo no estúdio, amigo do guitarrista, baixista, que tinha voltado a Barcelona e andava á procura de banda e tal. Esqueceu-se foi do pequeno detalhe que a comunidade não é assim tão grande e teve a brilhante ideia de colocar um tema que tínhamos gravado num fórum a dizer que era a nova banda dele, isto uns quantos dias depois do concerto. Então, fiz-me de parvo e deixei-me ficar, aguentei até o guitarrista não ter mais alternativas senão abrir o jogo. Depois de hora e meia de conversa e cervejas, com o guitarrista a tentar ver se eu saía da banda voluntariamente e eu a entala-lo, lá se saiu em frente a toda a gente a dizer que não queria que eu continuasse e que já tinha baixista para me substituir. Quando lhe disse que já há semanas que sabia disso e contei o que sabia, o rapaz não sabia onde se meter.

Saí da banda, continuei amigo com todos excepto o guitarrista, o vocalista passado pouco tempo mandou o gajo á merda também e a banda lá continua, sem sair do sítio, a ensaiar os mesmos temas há anos e sem conseguir sair da cepa torta. Karma.

  • Gosto 4

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
stratocosta    3417

bandas, é preciso uma paciência do carvalho, que é coisa que já vai faltando :P 

chumbei na minha primeira audição , realmente não tinha a experiência necessária para o projecto , mas a maneira como me disseram é que 

me lixou um bocado. bastava dizer que não correspondia as expectativas da banda e pronto.

entretanto já se estragaram algumas amizades com entradas e saídas de pessoal.

o pessoal dramatiza coisas que são normais , deve fazer parte da arte :D

  • Gosto 4

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
tmo    645

A minha banda actual até está a correr bem, estou a tocar com o @A.G.E.N.T.E. há coisa de 3 anos e já tivémos 3 bateristas, o primeiro durou uns 2 meses, o segundo um ano e o terceiro tem-se mantido fiel. Qual é o truque? Ser honesto e frontal com as pessoas e as coisas acontecem... pode é demorar mais tempo, mas acontecem.

  • Gosto 1
  • Útil 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
xtech    2299
há 3 horas, tmo disse:

A certa altura, vira-se o moço e diz que vamos acabar porque não sabe como é o futuro.

:D:D:D

Muito bom!! Alguém sabe?

há 4 horas, pgranadas disse:

Pouco tempo depois, acabou a banda.

Não valia a pena chateares-te, tava visto que isso não ia a lado nenhum!

há 1 hora, hypermnesium disse:

O problema veio quando o guitarrista, que tem um feitio fdp, decidiu que era hora de gravar uma demo

Pois, decidir só um pela banda toda não dá... já agora esse méne não dá pelo nome de guerreirobanda2014 aka oxygen?

Edit: esquece.. tu és do norte! Esse é o @tmo que o conhece :D 

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Regista-te ou entra para comentar!

Para deixar um comentário é necessário estar registado. É muito fácil!

Criar uma conta

Regista-te e vem fazer parte desta comunidade! É fácil!

Registar-me

Entrar

Já estás registado? Entra aqui!

Entrar agora