Rui T

Gibson em falência iminente



Posts Recomendados:

Rui T    1543

Gibson guitar company facing imminent bankruptcy

B.J. Bethel

2:51 p.m Thursday, Feb. 15, 2018 Business

Business

Christie Goodwin LONDON - JULY 25: Randy Bachman of Bachman & Turner performs on stage at High Voltage Festival in Victoria Park on July 25, 2010 in London, UK. He plays a Gibson Les Paul Standard guitar. (Photo by Christie Goodwin/Redferns)

Gibson guitar company, which has been a staple brand among various musical instruments since 1902, is facing bankruptcy.

According to the Nashville Post, Gibson’s chief financial officer, Bill Lawrence, left after six months on the job and just as $375 million in senior secured notes mature and another $145 million in bank loans become due if they aren’t refinanced by July. The departure of Lawrence was seen as a bad sign for a company trying to re-organize.

The company, which generates $1 billion a year in revenues, recently moved out of its Nashville warehouse, where it had operated since the mid 1980s. 

The company owner since then, Henry Juskiewicz, is trying to re-order the company according to the Post but is facing a battle with creditors over bad business decisions. The company recently sold Baldwin piano, and is hoping to see a boost in cash from the various electronics companies it had purchased the last several years.

Gibson began in 1902 in Kalamazoo, Mich., producing various instruments, including acoustic guitars. In 1952 the company brought in famous guitarist Les Paul to sell a guitar based on his own name, which would become one of the most iconic instruments ever made. The Gibson Les Paul began production in 1952, and became a staple of the rock and roll movement since. The company since developed other iconic guitars such as the SG, Firebird, and has sponsored hundreds of musicians. 

The company moved from Kalamazoo to Nashville in the mid 1980s. 

 

http://www.daytondailynews.com/business/gibson-guitar-company-facing-imminent-bankruptcy/UUQESYcO94O9RXfuraMQeJ/?ref=cbTopWidget

  • Útil 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
xtech    2958

A ser verdade o que di a notícia, Julho é o mês da verdade. Refinanciar créditos tendo em conta estas notícias não vai ser fácil.

Até lá vai haver necessariamente novidades: ou vai à falência ou são comprados, não há mais hipóteses!

 

    Partilhar este post


    Link para o post
    Partilhar nas redes sociais
    Puna    54

    espero que alguém compre a empresa e que a ponha  a trabalhar sobre carris. Era triste demais que a Gibson deixasse de existir. Uma marca tão mítica :(

    • Gosto 1

    Partilhar este post


    Link para o post
    Partilhar nas redes sociais
    stratocosta    3685
    há 1 hora, xtech disse:

    A ser verdade o que di a notícia, Julho é o mês da verdade. Refinanciar créditos tendo em conta estas notícias não vai ser fácil.

    Até lá vai haver necessariamente novidades: ou vai à falência ou são comprados, não há mais hipóteses!

     

    edição limitada de 1000 unidades ,    1.000.000 € cada , só para verdadeiros coleccionadores.

    tipo "operação coração"  :rolleyes: 

     

    • Riso 4

    Partilhar este post


    Link para o post
    Partilhar nas redes sociais
    Thomasyoung    593

    Eu acho que a PRS podia e devia comprar a Gibson ia de certeza haver melhores guitarras e a empresa teria condições de sair da banca rota :)

    • Riso 1

    Partilhar este post


    Link para o post
    Partilhar nas redes sociais
    xtech    2958

    A PRS não tem €stofo para comprar a Gibson! 375 milhões de dívida a vencer em Julho não é pêra doce....

    Se calhar vão deixar falir, entretanto os credores vão aproveitar para vender tudo o que a Gibson tem (fábricas, etc) incluindo o branding que é o mais caro e as patentes de design. Aí sim, vem uma PRS ou um chinês qualquer, compram isso e fazem as Gibson como deve ser, sem a dívida às costas.

    O problema disto é que no entretanto se perdem os trabalhadores com experiência e conhecimento, mas segundo consta já não devem ser muitos porque muitos já abandonaram por iniciativa própria...

    • Gosto 2

    Partilhar este post


    Link para o post
    Partilhar nas redes sociais
    stratocosta    3685
    há 11 minutos, xtech disse:

     

    Se calhar vão deixar falir, entretanto os credores vão aproveitar para vender tudo o que a Gibson tem (fábricas, etc) incluindo o branding que é o mais caro e as patentes de design. Aí sim, vem uma PRS ou um chinês qualquer, compram isso e fazem as Gibson como deve ser, sem a dívida às costas.

     

    e as Epiphone com o headstock da Gibson. :rolleyes:

    Não fez mal nenhum as PRS SE usarem o mesmo headstock.

    Não sou especialista em marketing / gestão de empresas mas as vezes parece que os CEO´s das empresas não sabem "ler" o que o mercado quer.

    • Gosto 1

    Partilhar este post


    Link para o post
    Partilhar nas redes sociais
    Rui T    1543

    Ou como dizia alguém no FB, os chineses compram a Gibson e as Gibson chinesas passam a ser legítimas! :D

    • Riso 1

    Partilhar este post


    Link para o post
    Partilhar nas redes sociais

    Regista-te ou entra para comentar!

    Para deixar um comentário é necessário estar registado. É muito fácil!

    Criar uma conta

    Regista-te e vem fazer parte desta comunidade! É fácil!

    Registar-me

    Entrar

    Já estás registado? Entra aqui!

    Entrar agora