TheGP_GTi

Ação na guitarra



Posts Recomendados:

ncarmona    428

Eu uma vez vi um luthier dizer uma coisa que me deixou a pensar: "a acção deve ser tão alta quanto possível. Páras a partir do momento em que te seja desconfortável tocar". Isto porque teóricamente quanto mais altas estiverem as cordas, mais sustain tens e menos risco de trastejamento (assumindo que o resto do setup está decente). 

Para  tipos como eu que são brutos como portas em termos de palhetada, esta sugestão é ainda mais válida. Para alguns estilos de música uma acção baixa será mais crítica que noutros. Mas em geral este raciocínio parece-me bastante válido. Até porque com a acção baixa, basta uns trastes começarem a desgastar-se mais que outros e rapidamente começamos a ter buzz em algumas zonas da escala.

 

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
tmo    1365

Essa da acção alta só é válida enquanto houver trastejar. Na ausência de trastejar, não há justificação para argumentar tal coisa.

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Antonio    382

Deixo só aqui uma informação que pela leitura rápida e superficial que fiz ao tópico me pareceu faltar:

Acção baixa também limita a gama dinâmica do instrumento. Ou seja se acção estiver muito baixa não se pode "arrefinfar" nas cordas como dever ser que elas facilmente batem nos trastos.  :D

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
tmo    1365

Sem dúvida, daí a importância de um bom nivelamento dos trastes....

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
pgranadas    2129

Na minha óptica, um bom nivelamento/setup e um instrumento de qualidade, permitem ter uma acção bem baixa. Agora em instrumentos de baixo budget, isso torna-se quase impossível, até porque são instrumentos muito mais sensíveis à qualquer mudança de temperatura e humidade.

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
sergio.cunha    286
há 2 horas, pgranadas disse:

Na minha óptica, um bom nivelamento/setup e um instrumento de qualidade, permitem ter uma acção bem baixa. Agora em instrumentos de baixo budget, isso torna-se quase impossível, até porque são instrumentos muito mais sensíveis à qualquer mudança de temperatura e humidade.

Por acaso a minha guitarra com ação mais baixa e que melhor mantém a afinação é uma Squier strat, apenas fiz um refret e mudei os pickups e eletrónica, fora isso está stock.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Antonio    382

Eu por acaso estou com o @ncarmona Quanto mais alta a acção mais "dynamic range". Para quem gosta de malhar com força nas cordas, acção muito baixa não é opção. Infelizmente! Porque assim canso-me muito mais na mão esquerda... Mas é um preço que estou disposto a pagar pela dynamica.  

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
tmo    1365

... e eu reitero o que disse... que a partir do momento em que NÃO HÁ TRASTEJAR, nada substancia essa afirmação. O Não haver trastejar inclui os momentos em que a malta "arrefinfa" nas cordas com maior... emoção... :P

Ora como são os pickups os responsáveis por captar a sonoridade das cordas, a partir de certa altura mais arrefinfanço, menos arrefinfanço  não faz grande diferença. Cabe ao guitarrista ganhar sensibilidade ao arrefinfanço necessário e suficiente para gerir e equilibrar a acção das cordas com o nivelamento dos trastes. Há sim diferença entre pianinho e forte, mas entre forte e fortíssimo a diferença é, do meu ponto de vista, negligenciável, mais ainda se houver compressor na chain. Não havendo necessidade de arrefinfar em fortíssimo, baixa-se a acção das cordas.

Mais, se os trastes estiverem tratados em formato Fall off, uma vez que os mais agudos estão mais pequenos, há menos risco de entrarem em contacto com o arco de vibração das cordas quando excitadas numa expressão forte a fortíssimo, o que permite baixar a acção destas.

O melhor de tudo, para acções baixas, mesmo baixas, é não ter trastes...

 

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Regista-te ou entra para comentar!

Para deixar um comentário é necessário estar registado. É muito fácil!

Criar uma conta

Regista-te e vem fazer parte desta comunidade! É fácil!

Registar-me

Entrar

Já estás registado? Entra aqui!

Entrar agora