F.Coelho

Curiosidades sobre Madeiras



Posts Recomendados:

F.Coelho    150

Andei a ver uns kit´s de Telecaster's e num deles encontrei o corpo feito de Basswood.

O termo correspondente em português é: tília. Pois é, quando se fala em tília o que nos ocorre logo é chá.

Do link:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Tilia

lê-se:

"A maior tília existente em Portugal (em Paredes) tem 22 metros de altura e 24 metros de diâmetro de copa e, segundo o seu proprietário a colheita da sua flor ocupa 20 homens durante 3 dias."

e mais curioso ainda, do link:

http://www.reidalespaul.com.br/2012/08/basswood-tilia.html

lê-se:

"O Basswood é uma madeira que na verdade gera um grande mistério na cabeça dos músicos pois é usada tanto para construir modelos bem baratos como também modelos top de linha. Esta característica faz com que as pessoas se perguntem qual é o segredo do Basswood? A Tilia é uma madeira cujo tratamento de secagem e preparação é bem rigoroso e se este processo não for feito adequadamente (principalmente a secagem em estufas) a qualidade da madeira fica bem comprometida, por isso que é comum encontrar esta madeira em instrumentos mais baratos, pois uma vez que ela não passe por este processo de secagem, ou não siga o processo completo a madeira acaba ficando bem mais barata."

Quem diria?:estupefacto:

  • Gosto 4

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
xtech    2774

Gosto de basswood pelo seu tone mais "seco", para metaladas, com picapaus diMarzio Evos. É excelente e saco um tone menos "quente" e menos "dark" que numa LP mas para o metal agradeço isso. Quinca facilmente porque é mais mole, e isso é uma desvantagem, mas por outro lado é mais fácil de trabalhar.

Agora, não me imagino a usar strats/teles/LP em Basswood. As primeiras para mim têm que ser em alder ou ash, as LP em Mogno+Maple. Preconceitos? Provavelmente, sim...

 

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Rui T    1445

A minha JS1000 tem o corpo em basswood e soa-me bem.

  • Gosto 2

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
mpexus    537
há 20 horas, F.Coelho disse:

por isso que é comum encontrar esta madeira em instrumentos mais baratos, pois uma vez que ela não passe por este processo de secagem, ou não siga o processo completo a madeira acaba ficando bem mais barata."

 

É comum pq é uma Madeira muito acessível em toda a Asia (e não só), cresce practicamente em todo o lado e há ao "pontapé", é muito fácil de trabalhar pq é mais suave e tem boa ressonância. 

  • Gosto 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
F.Coelho    150

Boa partilha.

Há poucos dias passei por uma empresa de madeiras aqui na zona de Almada e procurei saber se fariam o corte para um corpo de guitarra em mogno.

Depois de uma longa explicação, o gerente disse que talvez fosse possível, era uma questão de levar as medidas.

Mas foram logo colocadas dificuldades, encargos à hora, o tipo de peça da madeira, dificuldades de corte, pessoal, blá, blá, blá. Não compreendo porque é que as empresas não têm mais dinâmica e se aventurem mais. É sempre a mesquinhez do custo e blá, blá, blá... e banha da cobra. Provavelmente se fosse eu que estivesse no lugar dele diria: "Olhe amigo, traga um molde para corte e não pense em custos, eu ofereço-lhe a peça com a condição de eu ficar dono do molde." E passaria a fazer publicidade na net sobre mais um produto à venda. Se tivesse vendas óptimo, senão paciência, como dizem "Quem não arrisca, não petisca".

Mas fiz um pequeno desvio no assunto. O que queria transmitir é que o mogno que vendiam ainda estava em bruto (com a casca) e tinha África como origem.

E na escolha das madeiras, segundo o que tenho lido, deve-se ter cuidado com o espaço entre os anéis. Se esses espaços forem de dimensões significativas, significa que a madeira veio de uma região de muita chuva. Se não for bem tratada esses espaços, consoante a humidade, serão responsáveis por fortes contracções e expansões e ditarão o destino da guitarra (uma boa selagem também ajuda a minimizar evitar este problema).

Se os espaços forem curtos, a madeira veio de um clima seco. É uma madeira mais densa (cheia de nós) e com qualidades sonoras pouco interessantes.

As madeiras ideais são dos climas temperados, com uma boa estação seca e um inverno com chuvas amenas, como é o caso de Portugal. No entanto, ao que parece não se encontram madeiras do nosso país à venda. Vem tudo de fora.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
mpexus    537

Nada te impede de comprares o Pedaço de Madeira e cortares tu com um Serrote ;)

A Necessidade é a mãe da Invenção, serrar e lixar à mão sempre se fez e ainda se faz.

Deixar secar a Madeira não é necessário maquina nenhuma, demora muito mais tempo mas seca na mesma. 

 

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
tmo    1388

Dependendo dos tamanhos, também se podem colocar no forno da cozinha...

Relativamente às madeiras nacionais, não se encontram porque as matas estão protegidas, as únicas madeiras que se encontram à venda são o eucalipto e o pinho. Carvalhos, Castanheiros e afins... dificilmente. É necessário pedir autorizações especiais para o corte das árvores...

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
F.Coelho    150
há 1 hora, mpexus disse:

Nada te impede de comprares o Pedaço de Madeira e cortares tu com um Serrote

Pois, como já referi neste fórum fiz um corpo com madeira de pinho. O que não referi é que ganhei uma lesão no ombro que tarda em desaparecer.

Lá se foi a bricolage...:sad:

 

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Regista-te ou entra para comentar!

Para deixar um comentário é necessário estar registado. É muito fácil!

Criar uma conta

Regista-te e vem fazer parte desta comunidade! É fácil!

Registar-me

Entrar

Já estás registado? Entra aqui!

Entrar agora