Posts Recomendados:

Danicafd    14

Boas.

Ultimamente tenho estado a pensar em adquirir um pedal de efeitos para o meu baixo eléctrico.

Tenho-me inclinado mais para os octavers e depois talvez um de distorção.

Gostava de saber que as vossas opiniões sobre quais os pedais mais relevantes para um baixista.

Para além disso gostaria de saber se alguém tem opiniões ou se já experimentou o MS-60B da Zoom.

Cumps!

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
A.G.E.N.T.E.    135
On 17/03/2019 at 21:01, Danicafd disse:

Boas.

Ultimamente tenho estado a pensar em adquirir um pedal de efeitos para o meu baixo eléctrico.

Tenho-me inclinado mais para os octavers e depois talvez um de distorção.

Gostava de saber que as vossas opiniões sobre quais os pedais mais relevantes para um baixista.

Para além disso gostaria de saber se alguém tem opiniões ou se já experimentou o MS-60B da Zoom.

Cumps!

Quais os pedais mais relevantes? Para mim, são vários... mas isso sou eu que gosto de explorar texturas diferentes e fazer experiências ( muitas delas só resultam em dores de cabeça, mas isso é outra história :P )  

Na minha opinião, se queres criar uma lista de prioridades, isso dependerá do som que procuras, ou se sentes que está a faltar alguma coisa no teu som atual. Eventualmente, também do estilo musical a que se destinam. Queres enquadrar a malta em relação ao contexto em que vais usar estes efeitos?

Em relação a pedalagens, eu comecei por um preamp, que não sendo propriamente um efeito, permite alterar substancialmente o som inicial. Posteriormente adicionei flanger, delay, depois, reverb, mais para a frente vários tipos de drives e só há relativamente pouco tempo é que adicionei um octaver.

Não tenho experiência com o MS-60B, mas  a Zoom tem feito uns multi efeitos bastante interessantes com as B3 e a mais recente a B3n.

 

  • Gosto 2

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Danicafd    14

Ainda bem que falaste em preamps. Pelo que eu tenho visto de demos de pedais não chego a notar quase diferença nenhuma com cenas como preamps e compressores comparado com o som do baixo sem pedais nenhuns. Por isso é que queria comprar um octaver para ter logo uma grande diferença no som.

Os pedais que quero usar no baixo são para um projeto com influências variadas da alternativa e do indie como Ornatos, King Gizzard, Black Keys, King Krule, Mac DeMarco, Sonic Youth... e queria ter um som mais "synth" para aquelas partes mais prog.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
tmo    1731
há 21 horas, Danicafd disse:

Ainda bem que falaste em preamps. Pelo que eu tenho visto de demos de pedais não chego a notar quase diferença nenhuma com cenas como preamps e compressores comparado com o som do baixo sem pedais nenhuns.

Não sentes diferença porque não sabes ao que estar atento quando ouves as duas versões. Tenho a certeza que sentirás diferenças, mas não as saberás verbalizar.

Um preamp é, basicamente, um compressor com equalização associada e gestão de ganho de sinal, e tem como função dar corpo e modelar o timbre do instrumento. Pode também ser origem de uma distorção (não deixando de ter as características anteriores) e pouco mais. As grandes diferenças entre o diversos tipos de Preamps expressam-se na forma como enfatizam estas ou aquelas frequências e se têm ou não distorção incluída nas habilidades.

Um Compressor tem a função de nivelar o som, os clássicos cortam os picos e depois podem fazer um boost ou um cut. Basicamente perdes nas variações de suave e de forte sendo que o resultado é teres um ataque mais rápido e um decay mais presente, longo e mais alto (muito genericamente é mais ou menos isto que se procura com um compressor)... por outras palavras, ajuda a puxar o instrumento para a frente sem ser através do aumento linear do volume. Em single coils funciona muito bem, na minha opinião.

Um bom compressor deverá ser "transparente", ou seja, alterar pouco (porque altera sempre) o timbre original.

O resto é experimentar e comparar.

  • Gosto 1
  • Útil 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
hypermnesium    1184
há 18 horas, Danicafd disse:

Ainda bem que falaste em preamps. Pelo que eu tenho visto de demos de pedais não chego a notar quase diferença nenhuma com cenas como preamps e compressores comparado com o som do baixo sem pedais nenhuns. Por isso é que queria comprar um octaver para ter logo uma grande diferença no som.

Os pedais que quero usar no baixo são para um projeto com influências variadas da alternativa e do indie como Ornatos, King Gizzard, Black Keys, King Krule, Mac DeMarco, Sonic Youth... e queria ter um som mais "synth" para aquelas partes mais prog.

Boas,

Tu esperas grandes diferenças de som com o uso de pedais, o que realmente passa quando usas efeitos específicos (um octaver, delay, phaser, etc), mas quando estamos a falar de um compressor ou um préamp, a coisa já não é assim.

Custa-me descrever um pré em termos de funcionalidade,  para mim seria uma traquitana que tem como função realçar determinados aspectos do som do teu baixo e em alguns casos, também atenuar pequenos defeitos do mesmo. Um equalizador que também tem a função de amaciar (ou espevitar) o som do teu instrumento digamos.

Já o compressor deve fazer exactamente o que diz o @tmo e quanto menos colorear o som, melhor. Por exemplo, eu uso o Keeley Bassist, que para mim é um compressor ultra limpo, ou seja, o som (não estou a falar de dinâmicas) é praticamente inalterado pelo pedal. Tive um EBS Multicomp e achava que coloreava demasiado o som por exemplo.

Como tu não sabes exactamente o que queres, o que precisas e o uso que lhe vais dar, eu optaria por uma pedaleira de baixo, que não vai ser nada de especial o resultado que vais conseguir com ela, mas que te permite pelo menos conhecer os efeitos, como e quando os usas e mais tarde podes pensar com mais critério no que realmente precisas e queres comprar.

Eu no meu caso, a minha pedaleira tem Afinador, Compressor, dois drives, phaser, octaver e delay. Como não estou a tocar de momento, a pedaleira está parada, se estivesse no activo, provavelmente ainda lhe adicionaria um segundo delay, um looper (para brincar um bocado) e eventualmente um Chorus se visse que realmente me fazia falta.

  • Gosto 2
  • Útil 1

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
Danicafd    14

Obrigado pelo esclarecimento em relação aos preamps. Quanto aos equalizadores, o meu amplificador de baixo já tem um daqueles que costumam chamar "graphic equalizer" com os faders para cada frequência.

Antes de tocar baixo eu já tocava guitarra. E tenho uma pedaleira para guitarra. Fui experimentar no baixo a mesma pedaleira e senti que cortava nos graves.

De qualquer maneira, a mesma pedaleira na guitarra (que é uma Digitech-RP55) tem um som não lá muito bom, digamos assim... mas serviu para eu ir descobrindo os efeitos, exceto, lá está, para que realmente servia um compressor e essas coisas menos notórias...

Por isso queria experimentar comprar um pedal que só faça uma coisa porque, em princípio, há de fazer essa única coisa bem.

O que eu estava a pensar comprar era o TC Electronic Nether Octaver. Alguém já experimentou? Sabem-me dizer se é um bom começo?

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
hypermnesium    1184

Pensa num amp como dois aparelhos diferentes. Tens por um lado um pré-amp e por outro um power-amp. O primeiro podemos dizer que é o equalizador que dizes que o amp tem (isto é ultra simplificar) e por outro lado tens o power-amp que seria gerido basicamente pelo volume. Na prática não é 100% assim, mas acho que dá para perceberes a ideia.

Agora, voltando aos efeitos, é normal que a pedaleira de guitarra não responda bem ás frequências de baixo. Nem todos os efeitos de guitarra funcionam perfeitamente com o baixo, por exemplo, um overdrive pode comprimir ou dar-lhes um boost a frequências que tu não queres e além disso, dependendo dos gostos, normalmente não tem um mix, ou seja, não te permite misturar som distorcido com som limpo. Eu na minha pedaleira tenho dois OD, um adaptado ao baixo, no fundo um clone de um DOD preamp 250 com mix e um OD de guitarra mas que curiosamente funciona muito bem no baixo.

Dito isto, os phasers, flangers, chorus e essencialmente delays, costumam funcionar perfeitamente com o baixo. Os dois primeiros sim que te vão cortar low end e até volume, mas está-lhes "no sangue", faz parte. O Delay é exactamente isso, um delay, não tem grande ciência, fita e analógicos dão cor ás repetições e aí já entra o factor gosto, os digitais sem emulação de nada, deveriam ser mais limpos. Chorus, é o meu ponto débil, admito que não lhe saco grande utilidade e não gosto especialmente do efeito, sempre que o usei foi com pedais relativamente fracos e para aproveitar as deficiências desses mesmo pedais para conseguir sons mais a puxar para o synth que propriamente chorus.

Agora, quando falamos de Octavers e outros efeitos de pitch, e até mesmo afinadores, aí as coisas tendem a complicar um bocado mais no baixo porque o efeito vai depender de duas coisas, o som que queres tirar dele (não é o mesmo o que sai de um Boss OC-2 que de um OC-3 por exemplo) e o tracking do pedal que sendo melhor, o pedal vai "funcionar melhor" (sempre que o objectivo seja esse) e reagir ás notas mais graves ou se esse tracking é "pior" há mais tendencia a glitches no som, não responder a notas mais graves, etc, etc. Novamente, como todos os efeitos, é um jogo entre o que o equipamento te dá e o que tu precisas dele.

Fui ver reviews a esse pedal que estás interessado. Não me parece mau pedal, também não é nada por ir além, mas pelo preço que tem, é uma opção engraçada. O tracking parece ser razoavel, o som não é nada de especial mas cumpre e parece estar bem construído.

A tua ideia parece-me ser também ir experimentando e aprendendo, porque de base pelos teus comentários, estás um bocado fora deste mundo e corrige-me se estou errado, não tens muita experiência com o instrumento (falta de experiencia não significa tocar mal, longe disso). Dito isto, e estando eu na tua posição (que já estive) eu optaria por uma B3n da Zoom.

https://www.thomann.de/es/zoom_b3n_b_stock.htm

É mais cara que o pedal, obviamente, mas tens bastantes efeitos para aprender como soam, como funcionam e que utilidade lhes podes dar em contexto banda, serve-te como DI, tens emulação de amps, suponho que sirva como interface para o pc para gravar, podes tocar com headphones e não chatear ninguém enquanto praticas em casa, entrada auxiliar e looper.

 

  • Gosto 3

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais
A.G.E.N.T.E.    135
há 5 horas, hypermnesium disse:

Pensa num amp como dois aparelhos diferentes. Tens por um lado um pré-amp e por outro um power-amp. O primeiro podemos dizer que é o equalizador que dizes que o amp tem (isto é ultra simplificar) e por outro lado tens o power-amp que seria gerido basicamente pelo volume. Na prática não é 100% assim, mas acho que dá para perceberes a ideia.

Agora, voltando aos efeitos, é normal que a pedaleira de guitarra não responda bem ás frequências de baixo. Nem todos os efeitos de guitarra funcionam perfeitamente com o baixo, por exemplo, um overdrive pode comprimir ou dar-lhes um boost a frequências que tu não queres e além disso, dependendo dos gostos, normalmente não tem um mix, ou seja, não te permite misturar som distorcido com som limpo. Eu na minha pedaleira tenho dois OD, um adaptado ao baixo, no fundo um clone de um DOD preamp 250 com mix e um OD de guitarra mas que curiosamente funciona muito bem no baixo.

Dito isto, os phasers, flangers, chorus e essencialmente delays, costumam funcionar perfeitamente com o baixo. Os dois primeiros sim que te vão cortar low end e até volume, mas está-lhes "no sangue", faz parte. O Delay é exactamente isso, um delay, não tem grande ciência, fita e analógicos dão cor ás repetições e aí já entra o factor gosto, os digitais sem emulação de nada, deveriam ser mais limpos. Chorus, é o meu ponto débil, admito que não lhe saco grande utilidade e não gosto especialmente do efeito, sempre que o usei foi com pedais relativamente fracos e para aproveitar as deficiências desses mesmo pedais para conseguir sons mais a puxar para o synth que propriamente chorus.

Agora, quando falamos de Octavers e outros efeitos de pitch, e até mesmo afinadores, aí as coisas tendem a complicar um bocado mais no baixo porque o efeito vai depender de duas coisas, o som que queres tirar dele (não é o mesmo o que sai de um Boss OC-2 que de um OC-3 por exemplo) e o tracking do pedal que sendo melhor, o pedal vai "funcionar melhor" (sempre que o objectivo seja esse) e reagir ás notas mais graves ou se esse tracking é "pior" há mais tendencia a glitches no som, não responder a notas mais graves, etc, etc. Novamente, como todos os efeitos, é um jogo entre o que o equipamento te dá e o que tu precisas dele.

Fui ver reviews a esse pedal que estás interessado. Não me parece mau pedal, também não é nada por ir além, mas pelo preço que tem, é uma opção engraçada. O tracking parece ser razoavel, o som não é nada de especial mas cumpre e parece estar bem construído.

A tua ideia parece-me ser também ir experimentando e aprendendo, porque de base pelos teus comentários, estás um bocado fora deste mundo e corrige-me se estou errado, não tens muita experiência com o instrumento (falta de experiencia não significa tocar mal, longe disso). Dito isto, e estando eu na tua posição (que já estive) eu optaria por uma B3n da Zoom.

https://www.thomann.de/es/zoom_b3n_b_stock.htm

É mais cara que o pedal, obviamente, mas tens bastantes efeitos para aprender como soam, como funcionam e que utilidade lhes podes dar em contexto banda, serve-te como DI, tens emulação de amps, suponho que sirva como interface para o pc para gravar, podes tocar com headphones e não chatear ninguém enquanto praticas em casa, entrada auxiliar e looper.

 

Permite-me uma pequena correção :) ... a B3n ão tem DI ao contrário da sua antecessora B3.

Partilhar este post


Link para o post
Partilhar nas redes sociais

Regista-te ou entra para comentar!

Para deixar um comentário é necessário estar registado. É muito fácil!

Criar uma conta

Regista-te e vem fazer parte desta comunidade! É fácil!

Registar-me

Entrar

Já estás registado? Entra aqui!

Entrar agora